revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #83 - Abril 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Tecnologia e seu impacto nos processos de Coaching Executivo e Empresarial

“Em algumas áreas do mundo corporativo,
inclusive a de Coaching Executivo,
existem riscos relacionados
 com o uso da tecnologia de conexão.”
John Mattone (2018)


A tecnologia da comunicação é hoje vital para as interações de trabalho e sua utilização tem crescido exponencialmente no meio corporativo.

O uso de smartphones cada vez mais sofisticados, áudio e vídeo conferências, mensagens instantâneas, comunidades online e demais alternativas para o trabalho colaborativo à distância tornou-se comum.

Equipes virtuais atuam remotamente, reuniões e encontros são realizados à distância, agilizam-se contatos, decisões e iniciativas, eliminam-se viagens, otimiza-se o uso do tempo. A comunicação virtual, quando adequadamente utilizada, tornou-se um fator que tende a elevar a performance das pessoas, das equipes e das organizações como um todo.

No caso específico do Coaching Executivo e Empresarial, (EE) , o uso da tecnologia tem provocado alguns debates que merecem a atenção, tanto dos coaches quanto dos coachees e dos stakeholders  Alguns posicionamentos exaltam as vantagens do uso da tecnologia da comunicação em processos de Coaching EE, enquanto outros alertam para  os  eventuais riscos/limitações.

Ambos os posicionamentos são relevantes, pois contribuem para a análise dos prós e contras da utilização do chamado Coaching Virtual nos processos de Coaching EE.

Entendemos o Coaching Virtual como um processo um-a-um, não presencial, intermediado por recursos tecnológicos que transmitem som e/ou imagem ao vivo e cujo conteúdo é acessível somente a dupla coach/coachee, condição esta que possibilita preservar o sigilo das sessões.

O Coaching Virtual tem sido utilizado por alguns coaches executivos e empresariais desde os seus primórdios. É o caso do telecoaching, uma alternativa frequentemente utilizada para transpor a barreira das distâncias, desde a época que antecedeu as novas alternativas disponibilizados pela atual tecnologia da comunicação.

Coaches tais como Thomas Leonard, fundador do Coachville e da ICF, falecido em 2003 e Marshall Goldsmith (ver Pascal et al, 2015, p. 2), profissional mundialmente conhecido, serviram-se do coaching virtual em seus trabalhos. Clutterbuck e Hussain, (2010) registram que coaching via telefone já era uma prática comum nos USA na primeira década do século XXI.

Entendido desta forma, o coaching virtual poderá, em alguns casos, ser compatibilizado com os objetivos, a prática e os princípios da Ética Profissional que regem o processo do Coaching EE, viabilizando assim sessões à distância.

Entretanto, poucas são as pesquisas sistemáticas disponíveis sobre este procedimento. Existem relatos de natureza informal, com base na prática de inúmeros Coaches EE que indicam que o Coaching Virtual, se conduzido de forma competente e adequada, poderá ser eficaz.

No caso do Coaching EE, existem alguns fatores específicos a considerar, uma vez que envolvem, além do Coach e do Coachee,  os stakeholders, entre os quais o superior imediato e/ou o representante do RH, que gerem as questões relacionadas com as demandas da organização, com o acompanhamento do processo de coaching  e com  as especificidades do contexto organizacional.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O Papel da Pesquisa na Prática do Coaching Executivo e Empresarial

“Se nós coaches nos propomos a oferecer coaching, bem como metodologias que sejam eficazes para nossos clientes, será necessário nos mantermos a par da literatura de coaching e das pesquisas que informam sua prática eficaz.”A.Grant  e S. O’Connor(2019) “Penso que não basta saber na prática que coaching funciona  ou acreditar em alguma explicação de senso comum a... leia mais

20 minutos

Quem é o coach de Equipe Organizacional?

“Como poderemos alterar os processos que acontecem nas nossas equipes para alcançar outras coisas além de melhorar o desempenho do que executamos hoje? David Clutterbuck (2016) Introdução O coach de equipe organizacional tem diante de si desafios diferentes do coach que faz coaching um-a-um /individual nas organizações. E as razões são várias. Inicialmente... leia mais

23 minutos

O Coaching de Equipe e Suas Especificidades

“No trabalho, como na dança do tango, as Equipes dependem de uma profunda confiança mútua e clareza de comunicação”- (M. Wucker, 2018) Jones et al. (2019, p. 1.) num interessante artigo sobre o que distingue o Coaching de Equipe (CEq.) de outras intervenções, ressaltam três aspectos relevantes: 1. “Sendo as equipes parte das organizações efetivas, a... leia mais

20 minutos

O Que É Cultura de Coaching?

"A cultura é o patrimônio mais importante" Ginni Rometty (CEO- IBM) "Você jamais ultrapassará os limites estabelecidos pela cultura no seu trabalho conjunto pois esta, tal como o ar que respiramos, é ubíqua, e tudo afeta." Douglas Riddle, 2016. Introdução Antony Jay {1972), nos relata uma experiência interessante que define e ilustra o conceito de... leia mais

21 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium