revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Busca

Encontrei 109 resultados.

Editorial - Ed. 50

Caro leitor, há tempos que estava programando uma edição para tratar das inter-relações do Coaching e Mentoring com o mundo acadêmico. Na literatura convencional, normalmente encontramos autores que focam sua atuação profissional no mundo organizacional. A literatura primária, esta sim vem da academia, com seu foco em investigações, pesquisas e revisões bibliográficas. É portanto,... leia mais

2 minutos

Editorial - Ed. 35

Caro leitor, nesta edição, um tema que há muito tempo namoramos e estudamos: Supervisão em Coaching. É um tema da maior profundidade que, como previmos, também começa a ser banalizado na grande alegria do Oba Oba da modinha do Coaching. Afinal, o que é supervisão? Esta atividade remonta ao início da prática da psicologia, psiquiatria, psicanálise e serviço social.... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 36

Caro leitor, Trazemos nesta edição a segunda parte do tema - Supervisão em Coaching. Temos cinco artigos muito ricos em nosso dossiê, que somados aos três da edição anterior, somam oito artigos sobre Supervisão, trazendo múltiplas perspectivas sobre o tema. A supervisão está ganhando tamanha importância e respeito que no Reino Unido, é comum que organizações que... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 34

Caro leitor, Será tão simples assim “virar” Coach??? – Parte II ...é, este tema é bem complexo e envolve muitas variáveis. Nossa linha editorial, coerente com nossas crenças, procura trazer consciência e reflexão, ao invés de promover o oba-oba desenfreado que assistimos na internet acerca do Coaching. Nesta segunda parte, falando da jornada para se tornar coach,... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 32

Caro leitor, Será tão simples assim “virar” Coach??? Lembro-me, no final da década de 90, quando deixei o mundo organizacional como empregado e lancei-me na carreira de consultor, que quem perdia seu emprego como executivo ou mesmo escalão menor, fazia um cartão em casa, muito comum naquela época, e colocava “Consultor”. Eu, que planejei um processo de mudança radical,... leia mais

3 minutos