revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Busca

Encontrei 11 resultados.

Você quer cair?

 Ninguém quer cair! Pode ser um tombo, onde vamos de encontro ao chão, ou uma queda psicológica, ficarmos para baixo, caídos, deprimidos. Ninguém quer isto! O Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas (FM/USP) oferece gratuita e periodicamente o curso de Prevenção de Quedas, com exercícios para fortalecimento da musculatura, para reforço do equilíbrio e... leia mais

9 minutos

Quem sou eu?

Conhecer a alma humana é uma busca que existe desde tempos antigos. Na Grécia Antiga, Hipócrates definiu 4 humores básicos: sanguíneo, colérico, melancólico e fleugmático. Jung definiu quatro tipos psicológicos, base de muitas abordagens que visam conhecer características pessoais e profissionais: intuição, sensação, pensamento e sentimento. Existem diversas outras abordagens e... leia mais

9 minutos

Bem-estar dos idosos

O rápido e intenso aumento da expectativa de vida no Brasil tem trazido grandes desafios para a sociedade, para as organizações e para os próprios idosos. Em poucos anos a parcela de idosos terá uma dimensão que não permite mais que eles sejam tratados como obsoletos e um peso para a sociedade. As pessoas querem envelhecer bem. Querem bem-estar. O que é o bem-estar do idoso? Bem-estar... leia mais

9 minutos

O que você tem feito de diferente?

Tarde de segunda-feira. Reunião de idosos, sentados em círculo, compartilhando suas vivências. A Coordenadora do grupo lança a pergunta O que você tem feito de diferente? Um longo silêncio. Momento de expectativa: “O que falarei?” Os participantes estampam em seus rostos expressões de dúvida: “o que virá? O que falarei?” Cada um pensa no que foi rotina e o que tem sido diferente,... leia mais

8 minutos

Para que estou vivendo?

Ao longo da vida somos impulsionados por muitos objetivos que queremos e precisamos alcançar, que refletem a busca por uma vida significativa. Quando crianças, somos estimulados (às vezes mandados) a estudar, para conseguir um bom emprego baseado em bons resultados escolares. Depois, quando jovens, uma boa escola para poder aprender, encontrar parceiros(as), construir relacionamentos, ter uma... leia mais

9 minutos