revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #82 - Março 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Algo mais que faltava: espiritualidade

Como idosos, muitas vezes fica em nós a sensação de que falta algo. Não sabemos bem o que é, mas é um sentimento de ausência, de não estarmos completos, uma saudade de não sei o que. Ao darmos atenção à dimensão espiritual, poderemos encontrar novas formas de perceber a vida, nos sentirmos mais completos, curtir os bons momentos e lidar com sabedoria com as adversidades. Isto também é reconhecer que tudo está bem do jeito que está, que são lições a serem aprendidas.

Todos nós passamos por intensas emoções, gostosas ou ruins, amamos e temos raivas, ficamos alegres e tristes, temos ansiedades e momentos relaxados, passamos por crises de motivação e de desespero, de sucessos e insucessos. Somos humanos, e isto compõe a nossa humanidade, pois não somos deuses. As emoções estão sempre presentes, assim como a espiritualidade, que pode ser definida como uma propensão humana a buscar significado para a vida por meio de conceitos que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio (Wikipedia).

A espiritualidade é a crença que existe algo maior que os aspectos materiais da vida. Existem coisas tangíveis e intangíveis. Segundo Elkins: Espiritualidade, que deriva do latim spiritus, significa “sopro”, em referência ao sopro da vida. Envolve também o sentimento de gratidão pela vida, o desenvolvimento de ver o sagrado nos fatos comuns, de remeter a uma questão universal referente ao significado e ao propósito da vida, de ter fé, de amar, de perdoar, de adorar, de transcender o sofrimento e de refletir sobre o significado da vida.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Motivação em tempos de Coronavírus

Estamos no meio de uma pandemia. O Coronavírus impactou de forma incrivelmente rápida o mundo inteiro, e a crise está aí, afetando a saúde e a economia. As consequências ainda não podem ser totalmente avaliadas. As crises são uma manifestação violenta e repentina de ruptura de equilíbrio e da “normalidade”. É um estado de dúvidas e incertezas, é uma fase difícil e grave, é um... leia mais

9 minutos

Envelhecimento: uma época de perdas?

Envelhecer causa mal-estar em muita gente.  A sociedade, as mídias valorizam muito a juventude, deixando pouco (ou nenhum) espaço para os idosos. Nesta fase da vida os limites físicos são crescentes e às vezes muito assustadores; o tempo parece escorrer pelos dedos, com a consciência de que já se viveu a maior parte das vidas; a identidade vai se modificando; muitos parentes e amigos... leia mais

9 minutos

Apego e desapego no envelhecimento

Há muitos anos o médico americano Dr. Donald Pachuta, disse “todos os meus problemas vêm de meus apegos”. É uma frase forte, com a qual concordo. A palavra apego é muito usada, mas o que realmente significa? Vejam alguns: ·       Sentimento de afeição, de simpatia, que une uma pessoa às pessoas ou coisas de que... leia mais

8 minutos

Você quer cair?

 Ninguém quer cair! Pode ser um tombo, onde vamos de encontro ao chão, ou uma queda psicológica, ficarmos para baixo, caídos, deprimidos. Ninguém quer isto! O Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas (FM/USP) oferece gratuita e periodicamente o curso de Prevenção de Quedas, com exercícios para fortalecimento da musculatura, para reforço do equilíbrio e... leia mais

9 minutos

Quem sou eu?

Conhecer a alma humana é uma busca que existe desde tempos antigos. Na Grécia Antiga, Hipócrates definiu 4 humores básicos: sanguíneo, colérico, melancólico e fleugmático. Jung definiu quatro tipos psicológicos, base de muitas abordagens que visam conhecer características pessoais e profissionais: intuição, sensação, pensamento e sentimento. Existem diversas outras abordagens e... leia mais

9 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium