revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #81 - Fevereiro 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

A EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO

Uma das maiores questões que se apresentam aos modelos de gestão contemporâneos nas empresas hoje é conseguir se livrar de um pensamento exclusivamente voltado para os sistemas de comando e controle desenvolvidos no começo do século 20 para dar conta dos aumentos das demandas e do volume de produção e incluir em seus processos uma lógica que abranja as rápidas dinâmicas da complexidade e da emergência do inesperado que as organizações vivenciam nos cenários atuais. Esse processo de transição não se dá de maneira fácil nem rápida. É preciso, em primeiro lugar, identificar, compreender, se conscientizar e aceitar as origens dos modelos mentais ora vigentes para só em seguida desenvolver possíveis caminhos para a evolução desse modelo na direção de uma lógica capaz de dar respostas mais adequadas aos desafios que se revelam muitas vezes intransponíveis e fatais para as companhias hoje.

Antigamente, os cartógrafos europeus costumavam nomear em seus mapas os territórios ainda inexplorados como Terra Incognita e, no caso dos oceanos, Mare Incognitum. Eles incluíam nesses espaços ainda desconhecidos o aviso de que “Aqui há dragões”, em latim Hic sunt dracones, para alertar os navegadores da possibilidade de encontrar essas criaturas fantásticas nos confins do mundo, ao menos é o que consta em um dos mais antigos mapas-múndi conhecidos: o Globo de Hunt-Lenox, de 1510. A metáfora ainda é válida para os dias de hoje. As organizações que pretendem superar a si mesmas e seus próprios horizontes devem buscar exorcizar os fantasmas e monstros que por vezes imaginam em seu caminho (e que, muitas vezes, vão ter que defrontar para poder exorcizar) para assim navegar sem se afogar nas águas desconhecidas e turbulentas do futuro, sabendo, em especial, que não haverá mais portos-seguros. E que isso não será mais um problema.

Visões de Mundo, visões dos Negócios

Os modelos de gestão desenvolvidos e adotados pelas organizações estão intrinsicamente relacionados a visões de mundo compartilhadas pela sociedade e como estas organizações estão aderentes (ou adaptadas) às bases tecno econômicas predominantes em uma determinada época.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Bem-Estar: Alavancando Talentos para Enfrentar Adversidades

“Nunca estamos tão fortes quanto quando temos em mente nossos êxitos.” Donald O. Clifton, PhD Qual foi a conquista mais importante que você teve no último ano? Como seus talentos contribuíram para esse resultado? Como você se sente em relação a essa experiência? Algo especial acontece quando relembramos nossos sucessos anteriores. O semblante, o tom de voz, a... leia mais

13 minutos

A literatura lusófona – ferramenta de aprendizagem em Coaching

“As ideias têm poder. O insight de muitos dos grandes pensadores e escritores, ao longo dos séculos, ajuda-nos ... a descobrir caminhos importantes à medida que vamos atravessando a nossa existência.”Irvin D. Yalom Ao longo dos anos nós, os coaches, preparamo-nos constantemente para servir os clientes da melhor maneira possível. Seminários, formações, mentoria, supervisão, tudo na... leia mais

13 minutos

Experimentando a Vulnerabilidade na China

“Imagine que, num belo dia, um disco voador o abduzisse e depois o soltasse num local totalmente estranho. Bum! Você cai de dentro da espaçonave, levanta e olha em volta. E o que você vê? Pessoas estranhas, que se vestem de forma estranha; se acocoram para descansar as pernas; usam buracos em vez de privadas; comem cachorro, cobra, escorpião, lagarta; gritam, se empurram, furam fila. Agora... leia mais

13 minutos

Psicoterapia Transpessoal

As psicoterapias se apresentam historicamente para a psicologia e para a sociedade como uma prática de grande relevância como uma ação de cuidado. Independentemente de sua orientação teórica, têm como objetivos principais levar a pessoa ao conhecimento de si, empreender tomadas de decisão e ações que favoreçam o próprio equilíbrio e crescimento do ser humano. É um processo que... leia mais

10 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium