revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #126 - Novembro 2023

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Formas de usar – e não usar – as ferramentas de Assessment

Na minha jornada tenho usado ferramentas de Assessment desde 1992. Conheci muitas: MBTI, TMP, MEP, HOGAN, FACET, IE, Birkman, BARRETT, DISC, e por aí afora. Estudei-as e me certifiquei em várias delas. Apliquei-as aqui e no exterior. Vivenciei muitos projetos onde o assessment foi fundamental para o sucesso, mas também observei muitas vezes o mau uso das ferramentas. Quero compartilhar aqui algumas dessas experiências – o bom e o mau uso.

Um simples objeto de amor identificado

Um problema antigo de várias áreas de gestão de pessoas é procurar uma solução única e definitiva para seus problemas, a famosa busca pelo Holy Grail: o cálice sagrado que trará paz e sapiência à organização. Vendedores e divulgadores de ferramentas de Assessment são muito hábeis em explorar esse desejo e te vender esse “cálice”. O resultado é uma adoção apaixonada pela ferramenta, e o começo de uma evangelização interna na empresa buscando converter os colaboradores em adeptos da nova “religião”. Já presenciei uma organização multinacional onde os funcionários ostentavam as quatro letras da tipologia MBTI no seu crachá, com resultados muitíssimo questionáveis, como, por exemplo, um executivo que foi aconselhado a não seguir na área de marketing por ser “I” (Introvertido).

O mau uso estava associado a uma crença em que a ferramenta era determinística, e de que ela sozinha ditaria as ações a serem feitas.

Em suma, nunca se apaixone pela ferramenta! Ela é apenas isso, uma ferramenta. Pode gostar, apreciar, ser fã, mas...é uma ferramenta.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Competências do PENSAR para atuar em Desafios Complexos

Introdução Estamos em 2024! Quase nove anos se passaram desde a realização de uma das mais marcantes assembleias da ONU. Representantes de 193 países assinaram um pacto global para tratar problemas críticos do mundo, estabelecendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com metas específicas para garantir um desenvolvimento sustentável. Apesar das expectativas iniciais,... leia mais

14 minutos

Um passo Evolutivo para Indivíduos, Organizações e o Mundo

Quando as 17 iniciativas relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS ou Sustainable Development Goals – SDG em inglês foram estabelecidas em setembro de 2015 estávamos, como humanidade, concedendo um nível de importância totalmente insuficiente aos grandes problemas que os ODS intencionavam resolver dentro da Agenda 2030. A evolução obtida nesses últimos anos não... leia mais

11 minutos

Uma Marca que Transcende Você Mesmo

Que emoções evocam os nomes: Ayrton Senna? Madre Teresa de Calcutá? Martin Luther King? Nelson Mandela? Bruce Lee? Mahatma Ghandi? Faço esta provocação porque costumamos pensar em marca pessoal como algo que nos serve apenas como um alavancador de vendas, onde você é o produto e o objetivo é maximizar a sua empregabilidade, ou o volume e valor de vendas de seus produtos e serviços... leia mais

14 minutos

O Papel dos Líderes na Criação de um Ambiente de Trabalho Livre de Assédio

A primeira vez que experimentei um ambiente de trabalho tóxico em minha carreira, foi quando fui promovida, e com isso, transferida para atuar na equipe da matriz da empresa. Quando cheguei ao meu novo local de trabalho, nem todos os colegas vieram dar-me as boas-vindas. Os mesmos colegas com quem eu interagia de forma frequente, ligando desde uma das filiais da empresa, agora me olhavam com... leia mais

12 minutos

Sobre Liderança

Se existe um tema que é super falado, aclamado, festejado, este é o da Liderança. Falar sobre Liderança no mundo atual é constatar que está exatamente aqui uma das maiores carências humanas, liderar equipes, grupos, partidos, cidades, estados e países. A liderança ainda está extremamente associada ao exercício de poder que o cargo traz. Muitas vezes, como dizia minha mãe, esse... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium