revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #97 - Junho 2021

Localize rapidamente o conteúdo desejado

O coaching uma oitava acima

“Quando uma ou mais pessoas estiverem presentes, em meu nome, EU estarei presente”. Esta frase é Crística e, portanto, arquetípica podendo resumir o poder e a magia que surgem nas sessões de coaching, nos momentos em que a conexão acontece e passamos a caminhar junto com o cliente, envoltos por uma clarividência trabalhada em conjunto, numa oitava acima. Esse nível de aprofundamento, que nos remete a uma consciência mais apurada, não é muito usual no dia a dia de profissionais voltados para explorar questões específicas, dentro de contextos bem delineados, mas com certeza sempre se faz presente quando o processo de coaching alinha as instâncias do pensar, sentir e querer e nos oferece um patamar privilegiado de observadores conscientes em posse do seu EU. Cabe aqui compartilhar um verso:

Erra quem confunde o espírito com a alma

Não menos erram aqueles que confundem a alma com o corpo

Da união do espírito com a alma nasce a razão

Da união da alma com o corpo nasce a paixão

Destes três elementos:

A Terra deu o corpo

A Lua deu a alma

E o Sol deu o espírito

através dos quais o homem consciente de todas as coisas é a uma só vez, durante sua vida física, um habitante da terra, da lua e do sol.

Plutarco

Eu diria, um habitante do Universo em perfeito alinhamento corpo, alma e espírito. Ao falar dos sentidos, Rudolf Steiner, menciona que os sentidos humanos não são só 5 e sim 12, sendo este último desenvolvido e presente no ser humano mais evoluído como o sentido do EU. Um estado de desenvolvimento humano em total consciência de si e do mundo. Podemos dizer que o ser humano, neste estágio, está em perfeita autenticidade e totalidade.

Alcançar níveis mais altos de consciência é poder perceber o outro com maior sensibilidade, com a vivência já experimentada anteriormente, que ajuda a reconhecer os temas levantados, mas também com a intuição e percepção aguçadas, fazendo uso de arquétipos, imagens e metáforas que traduzem aquilo que está nas entrelinhas – o que não foi dito, mas deve ser auscultado e que se coloca entre o coach e o cliente quase como um mistério a ser desvendado. É utilizar todos os sinais fornecidos, em meio a esse campo energético diferenciado que foi se configurando no percurso de conhecer o cliente em toda a sua plenitude, onde o temor e sentimentos similares nem sequer foram cogitados. 

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Uma equação como ponte sobre os abismos

Existe uma melhor maneira de viver, de liderar e de criar uma cultura organizacional que verdadeiramente cria valor? Sim, existe. Este artigo vai mostrar o caminho e é um convite para você refletir. Hoje, vivemos num caos constante – externo e interno. Na realidade, caímos num abismo sem ver uma saída. Especialmente, as novas gerações não estão vendo como conseguir construir... leia mais

12 minutos

O Medo na Vida Humana

O maior medo que a maioria das pessoas sofre é o da morte. O medo de perder a existência, de desaparecer da face da terra. Logo, a nossa maior busca inconsciente, é a busca de viver para sempre.  Procuramos uma forma de prolongar a nossa existência. Inclusive nosso corpo tem mecanismos embutidos de autopreservação cada vez que algo não está funcionando de forma normal e equilibrada.... leia mais

16 minutos

Team Coaching: as oportunidades de ampliação do papel do Coach

O mercado de coaching individual está maduro e exigente. Não foi a tecnologia que mudou as empresas – trouxe necessidades de transformações, com certeza; mas foram as pessoas que mudaram as empresas – um processo crescente, contínuo e infinito... Se olharmos para a metáfora da física que nos trouxe o conceito de Homeostase (capacidade de autossustentação do sistema) veremos que com... leia mais

10 minutos

Jogo da Vida

O alarme do celular é o primeiro som que escuto, bem cedo. Algumas “sonecas”, e logo estou curioso para descobrir todas as incríveis novidades que podem ter acontecido enquanto o mundo todo dormia: passo o olho no Face, no Whats e no email. Eventualmente me deparo com um email do chefe, com a mais recente crise no trabalho, e a primeira pontada de dor de cabeça, ainda tímida, se anuncia.... leia mais

13 minutos

Sobre culturas, idealizações e expectativas

Este artigo foi escrito a quatro mãos, por duas pessoas com um sonho em comum: viver e trabalhar na Alemanha. Claro que a palavra sonho já implica em um bocado de fantasia, e a realidade adora puxar seu tapete, de formas variadas. Somos amigos desde 2004 e sempre trocamos nossas impressões sobre as diferenças culturais sentidas entre Brasil e Alemanha, como lidamos com elas, o que achamos... leia mais

16 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium