revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #86 - Julho 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Eco Conversas com a Vulnerabilidade

Com frequência, como Coaches ou Supervisores, notamos que um dos maiores desafios dos nossos clientes está em permanecer conectado com o que realmente importa. O envolvimento com demandas e a pressão por cumprir tende a nos afastar do verdadeiro significado da vida e do trabalho e assim corremos o risco de sermos guiados por ambições e buscas que não são realmente nossas. Com o passar do tempo, esta distância emocional nos afasta do nosso verdadeiro talento e potencial que nos torna únicos e especiais. Sabiamente, David Whyte, expressa em seu poema Working Together:

Nós nos moldamos

para caber no mundo

e pelo mundo

são moldados novamente.

David Whyte

Como a vulnerabilidade nos torna únicos e especiais?

Este artigo aborda a vulnerabilidade como um espaço de aceitação de que há algo que ainda não desvendamos, que está por vir, que de alguma forma negamos pela sensação de desajuste, de tirar do lugar comum ou de nos afastar do que já está confortavelmente convencionado e em concordância com o papel e a imagem que assumimos frente ao outro.

Esta aceitação corajosa da nossa vulnerabilidade passa por um caminho de autocompaixão com relação as nossas incoerências e imperfeições, dúvidas e medos, fragilidades e inconsistências. Se não às tivéssemos, não estaríamos vulneráveis! Talvez por isso negamos e tendemos a nos esconder e fugir, pois como seres humanos, é normal preferirmos o conforto dos caminhos mais seguros. Contudo, somos seres de corpo e alma surpreendidos pelos mistérios da vida. Cabe a cada um de nós a responsabilidade pela vida, o que não é tarefa fácil para ninguém.  

Se optamos por viver intensamente, de forma a nos sentirmos mais completos ou mais amplamente conectados com todo o nosso sistema humano, relacional e ecossistema, certamente receberemos mais convites e sinais que podem inquietar, reacender a nossa capacidade de se indignar e provocar a vibração que move para transformações mais profundas em nós e ao nosso redor.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Linguajeando Autenticamente

A biologia-cultural é uma das disciplinas fundadas por Humberto Maturana, biólogo chileno indicado ao prêmio Nobel de fisiologia a partir de seus estudos sobre a vida e o ser humano. Maturana considera o observador um ser não-estático. O observador é o ato de observar - assim como a onda não é a água e sim sua relação cinética – só podemos falar deste ao observar as dimensões de... leia mais

12 minutos

Responsabilidade Social: Projeto Fortalecer

As tempestades chegam apenas para testar nossas forças Coaching é uma prática que envolve desenvolver e cuidar de pessoas e, a partir desta perpectiva, início este artigo. Participar deste dossiê sobre Responsabilidade Social nesta conceituada revista é uma honra para mim. Fez emergir valores profundos e genuínos, conectados com a minha jornada recente de Liderança... leia mais

12 minutos

Responsabilidade Social: Todos Somos os Outros de Alguém

“Um dia ele chega tão diferente  do seu jeito sempre de chegar olhou-a de um jeito mais quente do que sempre costumava olhar (...)” Valsinha de Chico Buarque Se todos somos os Outros de alguém, vale repensar a máxima do livro: O Menino Maluquinho de Ziraldo que descobriu aos 10 anos que para o Outro você também é o Outro, então quem será o Eu? Para a... leia mais

11 minutos

Liderança Generativa e Propósito de Vida

Após mais de trinta anos de prática como advogado e líder de projetos e equipes em grandes escritórios, resolvi agregar novos desafios à minha vida – sair da famosa “zona de conforto”. Decidi construir uma nova trajetória profissional como mediador (“peace maker”), o que, com o passar dos anos, se tornou para mim uma nova paixão. A mediação, contudo, ainda é uma atividade em... leia mais

14 minutos

Equilíbrio Emocional em Tempos Turbulentos

A pandemia deixou claro como nossos símbolos de valor são frágeis, temos visto tudo desabando rapidamente, mas esse tipo de instabilidade tornou-se parte da nossa rotina. O mundo VUCA foi superado, a discussão é de um mundo BANI, percebido como Frágil (Brittle), Ansioso (Anxious), Não-linear (Nonlinear) e Incompreensível (Incomprehensible). Tentar controlar, interpretar ou evitar a... leia mais

15 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium