revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #77 - Outubro 2019

Localize rapidamente o conteúdo desejado

A popularização, a criminalização e a atividade de coaching no Brasil

A atividade de coach não é recente. Teve seus primórdios no século XIX na Europa e desde então passou por diferentes momentos de amadurecimento e popularização em todo o mundo. 

O avanço da economia e o mundo globalizado, volátil e incerto oferecem a constante oportunidade de aprimoramento, seja por parte dos mercados ou por parte dos profissionais.

De acordo com a pesquisa "Projetando 2030: uma visão dividida do futuro" encomendada pela Dell Technologies ao Institute For The Future, 85% dos trabalhos que existirão em 2030 serão novos. Isso não significa que as profissões como conhecemos serão extintas, mas elas certamente serão transformadas e terão, na parceria homem-máquina, o principal vetor de mudança.

As novas atividades se propagam ao redor do globo e vão, aos poucos, consolidando práticas e valores. Da imensa maioria das novas atividades, espera-se maior eficiência e uma possibilidade de, mais do que nunca, ajudar os humanos a transcender suas limitações, com a tecnologia funcionando como uma extensão das pessoas, ajudando a direcionar e gerenciar melhor atividades cotidianas. 

Esta pesquisa, datada de janeiro de 2019 aborda as novas profissões para 2030. Se considerássemos esta mesma pesquisa há 20 anos atrás, a atividade de coaching seria uma destas profissões do futuro.

Ao longo dos últimos anos, a rápida expansão e a diversidade de profissionais que exercem a atividade no Brasil, despertaram, na sociedade, a dúvida sobre a eficiência e a eficácia do trabalho, a descrença sobre os benefícios, o questionamento sobre a qualificação dos profissionais e a desconfiança quanto às promessas milagrosas prometidas em propagandas de comunicação.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O que aprendi sobre Mindfulness e o poder da presença

“A única coisa que podemos viver são instantes.” Jon Kabat-Zinn Mindfulness ou atenção plena é, cada vez mais, um tema citado e referenciado por diversos profissionais como psicólogos, psiquiatras, coaches, atletas e executivos no mundo organizacional contemporâneo. Neste momento em que a ansiedade, o medo e a insegurança tomam conta dos nossos dias com a pandemia, essa prática... leia mais

9 minutos

Como a CNV pode ajudar você nos momentos de crise.

Vira e mexe nos deparamos com fatos adversos e alguns deles devastadores, como, a queda das Torres Gêmeas no ataque de 11 de setembro de 2001, a crise do Subprime em 2008, a fuga dos refugiados etc. Aqui coloquei apenas alguns exemplos que aconteceram e que impactaram o mundo, deixaram marcas e consequências e que também muito nos sensibilizaram e que ao mesmo tempo parecia algo tão distante... leia mais

8 minutos

O Coach como promotor de aprendizagem organizacional

Não é novidade que o contexto social em que as organizações estão inseridas está mudando numa velocidade grande, está mais complexo do que nunca e mais incerto do que nunca. O Mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo) exige novas capacidades para organizações, líderes e times lidarem com o “novo normal”. Recentemente, me deparei novamente com o conceito de Learning... leia mais

9 minutos

VOCÊ JÁ É UM LÍDER COACH?

O objetivo desse artigo é desafiar e provocar o líder que há dentro de você. Quero fazer um convite para você responder essa pergunta: Você já é um Líder Coach? Existem muitos estudos e pesquisas que enfatizam a importância do gestor da atualidade ser um líder coach. O próprio Jack Welch, um respeitado executivo que tornou a GE o que ela é agora, no seu livro: “Winning”... leia mais

8 minutos

O poder das relações transversais

Começamos uma nova década.  Quais são os desafios que temos neste mundo pós digital que vivemos? O compromisso de colocar as relações acima do resultado e do lucro e garantir uma vida mais saudável, me parece um desafio humano de grande relevância. Por este motivo, é preciso subir um nível da consciência e auto responsabilidade em relação ao papel do Líder no mundo de hoje.... leia mais

9 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium