revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #61 - Junho 2018

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Soft Skills: competências relacionais e pensamento complexo

Nos momentos de crise, como a que temos vivido, as empresas têm sido demandadas para fazerem mais com menos. Principalmente menos gente, cujo custo é um dos mais impactantes nos resultados financeiros das organizações.

O que orbita no universo “pessoas” em uma organização não é somente o valor da folha de pagamento e seus encargos. O custo da gestão e do desenvolvimento das pessoas em sua dimensão mais ampla tem uma complexidade tamanha que não se pode restringir aos custos de folha de pagamento e encargos.

Para cumprir as exigências de eficácia e eficiência das corporações, é necessário que as pessoas estejam capacitadas não apenas tecnicamente, com o que se chama no campo organizacional - que tem sua linguagem própria - de hard skills. É desejável, e de muito valor, que as pessoas tenham habilidades comportamentais e relacionais, que são chamadas de soft skills.

As hard skills fazem com que um engenheiro, por exemplo, faça um bom projeto, um cálculo preciso; que um contador faça lançamentos que atendam aos diversos regulamentos e planilhas compreensíveis para quem faz uso delas. Essas competências têm sido, aos poucos e em grande parte, substituídas por máquinas e pela inteligência artificial.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O caminho sem volta do autodesenvolvimento

Quase tudo que faço está voltado para desenvolvimento e autodesenvolvimento, então escrever sobre o tema “Eu cada vez melhor” parece-me absolutamente em sincronia comigo. Percebi sincronicidade também no momento em que me chamaram para escrever aqui. No mesmo dia do convite, havia trocado mensagens com uma colega querida sobre a intenção de criar um programa para promover as reflexões... leia mais

7 minutos

Seis Graus de Liberdade – 6: (Des)apegado

“Todos os modelos estão errados. Alguns são úteis.” George E. P. Box Olá, Viajante do Tempo! Está sentindo o frescor no ambiente? E o som gostoso da chuva, abafando o canto dos pássaros, que se escondem no limoeiro à nossa frente? Se você tivesse chegado aqui um pouco antes, teria visto um lindo arco-íris entre nós e a Pedra Grande de Atibaia. Ah, o bolo... leia mais

6 minutos

Seis Graus de Liberdade – 5: (Des)atualizado

“As pessoas mais fáceis de manipular são as que acreditam no Livre-Arbítrio, porque pensam que não podem ser manipuladas.” Yuval Noah Harari Olá, Viajante do Tempo! Há quanto tempo! Estamos em 2050, muita coisa aconteceu desde nosso último encontro. A 1ª Pandemia Mundial e o Grande Reset de 2020 foram marcantes para a aceleração de mudanças... leia mais

6 minutos

Seis Graus de Liberdade – 4: (Des)iludido

“Vida é o que lhe acontece, enquanto você está ocupado fazendo outros planos.” John Lennon Olá, Viajante do Tempo! Estamos nos anos 1980, numa noite de domingo. Amanhã tem escola, mas hoje vamos dormir só depois de assistir o novo número de ilusionismo do David Copperfield no Fantástico. A família toda está em frente à TV Mitsubishi de 20 polegadas, não... leia mais

6 minutos

Seis Graus de Liberdade – 3: (Des)cansado

Olá, Viajante do Tempo! Nossa última conversa semana passada foi um grande susto, mas já passou. Faz uma semana desde o infarto e contínuo hospitalizado. Acabo de voltar 12 horas no tempo. Lembro-me de ter acordado às 6 da manhã, tomado um banho e ser levado deitado para o elevador... Fechei os olhos. Ao abri-los, encontrei minha querida Flávia: “Linda, quando será a... leia mais

6 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium