revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #59 - Abril 2018

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Espelho: observador inocente

O ato de olhar a própria imagem refletida será motivo de aflição ou de contentamento. E é comum responsabilizar-se o espelho pelo estado produzido. Engano. É nos olhos de quem vê que reside a causa da alegria ou da tristeza.

Sartre disse: “o que seria da sua beleza se os meus olhos não estivessem aqui?”

Que tal girar esse pensamento para a situação do dono do olho que enxerga o próprio corpo? O que seria da beleza do corpo sem os olhos do dono que o observam? O mundo pode dizer a alguém que ele/ela é irresistível enquanto seus próprios olhos criam tortura por julgamentos autodepreciativos. 

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Conversa de WhatsApp

Entre os mais jovens, geração Z e Millennials, conversar através de mensagens de texto é algo tão corriqueiro como um telefonema para a geração X ou os Baby Boomers. Eles contam coisas, trocam ideias, marcam encontros, contam histórias, fazem fofocas, e o mais interessante, fazem DR por texto. A confusão é inevitável, pelo menos na visão dos mais velhos. Quando conversamos, olho no... leia mais

4 minutos

Empatia para a nova década

Para iniciar o papo rápido de hoje, eu quero dividir com você um pouco da minha história e como ela relaciona-se com o conceito de empatia. Na origem da minha família tem italiano, nordestino, inglês e curitibano e morei em três Estados brasileiros: Paraná, Espírito Santo e Pernambuco. Tenho uma filha curitibana, uma capixaba e um baiano. Apesar de qualquer diferença cultural existente... leia mais

3 minutos

O coaching e seu impacto

Eu preciso dizer que eu não estava tão satisfeita com a forma como eu obtinha o feedback dos meus processos de coaching. Eu realmente estava com a impressão de estar desenvolvendo o mesmo tipo de formulário nos últimos dois anos. Por essa razão fui rever alguns de meus conceitos. E quero compartilhar por aqui, na expectativa de que mais coaches incrementem suas formas de medir o impacto de... leia mais

3 minutos

O que aprendi com as organizações bebê

A primeira vez que ouvi o termo organização bebê foi em uma sessão de supervisão. Eu estava relatando um caso de coaching desafiador, especificamente sobre a falta de entendimento entre o patrocinador e o RH sobre as metas a serem desenvolvidas. O fato é que existe uma enorme diferença entre atender organizações que já investem em desenvolvimento humano e atender organizações que... leia mais

3 minutos

Pausa para uma supervisão

E chegou aquele momento em que eu não sabia mais se aquela história era minha ou se eu tinha “comprado” a história do coachee. Era uma linda e sensível narrativa, com algumas dores e muita vontade de aprender. Um canto da sereia quase irresistível. Até parecia a minha própria história! Que vontade de falar que tudo daria certo, que era necessário coragem e persistência... só que... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium