revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #5 - Outubro 2013

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Vida de coach é repleta de desafios

Na sua opinião, quais são os maiores desafios que o Coach enfrenta atualmente?

( ) conquistar coachees que invistam valores significativos no processo?

( ) dominar plenamente o processo de Coaching?

( ) estabilidade financeira para dedicar-se integralmente à carreira de coach?

( ) sentir-se totalmente à vontade ao comunicar os valores do processo quando vende o Coaching?

( ) destacar-se como sinônimo de excelência entre centenas de coaches que se formam mensalmente no Brasil?

( ) abrir mão "do sonho" de atuar com o Coaching porque sua carreira não decola?

( ) outros desafios que queira acrescentar.


Diariamente escuto coaches apresentando exatamente as questões acima como os maio­res desafios. Como mentora, recebo dezenas de e-mails co­mentando que têm passado por situações “no mínimo” mui­to desalinhadas com as metas e sonhos que tiveram na época que fizeram sua formação.

Afinal o que está acontecen­do? Vemos revistas de expres­são no mercado indicando o crescimento do Coaching no Brasil. Coaches renomados de­claram aos quatro cantos que esta é uma carreira em ampla expansão. Escolas de Coaching afirmam a toda hora que está é uma das profissões que mais cresce no Brasil, que tem as melhores remunerações, além de propiciar tempo livre e qua­lidade de vida. E no entanto, vejo vários coaches desistirem de atuar, se sentindo “obriga­dos” a deixar de lado o sonho de viver de Coaching.

Me permita perguntar: - O que você realmente gostaria que acontecesse em sua carreira? Que cenários descreveria como os ideais?

Tenho um amigo coach muito bem sucedido que costuma di­zer: "- O 'sonho' de todo coach é ter coachees que paguem valores justos pelas sessões." E complementa a frase dizendo: "- O mal do mundo é a falta de saber conquistar clientes."

Pensando no que esse amigo fa­lou, convido você a entrar nesta conversa e avaliar se concorda com as alternativas acima. Uma carreira de coach só pode tor­nar-se realidade se existirem co­achees. Sem coachees pagando, nada feito. Em outras palavras, se não temos clientes, não alcan­çamos nossas metas. Então, ter coachees pagantes é de impor­tância primordial para alcançar nossos objetivos como coach? Sim, isso está muito claro.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Luzes, câmera, ação! – parte 6

1971=>2021 – O que mudou? Parte 4 - Perspectiva dos consumidores/da sociedade Nos dois primeiros artigos, nós saímos do “De manhã ela faz tudo sempre igual” do Chico Buarque para o “Tudo que se vê não é igual ao que a gente viu há um segundo, tudo muda o tempo todo no mundo” do Lulu Santos. No terceiro, quarto e quinto artigos analisamos o que mudou nestes 50 anos na... leia mais

16 minutos

Luzes, câmera, ação! – parte 5

1971=>2021 – O que mudou? Parte 3 - Perspectiva dos liderados. Nos dois primeiros artigos, nós saímos do “De manhã ela faz tudo sempre igual” do Chico Buarque para o “Tudo que se vê não é igual ao que a gente viu há um segundo, tudo muda o tempo todo no mundo” do Lulu Santos. No terceiro e quarto artigos analisamos o que mudou nestes 50 anos na perspectiva das empresas... leia mais

16 minutos

Luzes, câmera, ação! – parte 4

1971=>2021 – O que mudou? Parte 2- Perspectiva das lideranças. Nos dois primeiros artigos, nós saímos do “De manhã ela faz tudo sempre igual” do Chico Buarque para o “Tudo que se vê não é igual ao que a gente viu há um segundo, tudo muda o tempo todo no mundo” do Lulu Santos. No terceiro artigo começamos analisando o que mudou nestes 50 anos na perspectiva das... leia mais

16 minutos

Luzes, câmera, ação! – parte 3

1971=>2021 – O que mudou? Parte 1- Perspectiva das empresas. Nos dois primeiros artigos, nós saímos do “De manhã ela faz tudo sempre igual” do Chico Buarque para o “Tudo que se vê não é igual ao que a gente viu há um segundo, tudo muda o tempo todo no mundo” do Lulu Santos. E como dissemos ao final do segundo capítulo, vamos agora analisar o que mudou nestes 50 anos. ... leia mais

14 minutos

Luzes, câmera, ação! – parte 2

Gravando em 2021 - De volta para o futuro. Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia (Lulu Santos). Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo (Raul Seixas). Com o indispensável auxílio do Guia 4 Rodas, o DeLorean imaginário, nave fantástica que só a ficção literária pode oferecer, deixa o ano de 1971 e, em uma... leia mais

15 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium