revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #37 - Junho 2016

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Mulher Executiva - Entre mamadeiras e reuniões

Mulheres executivas crescem nas empresas do Brasil e preci­sam conciliar a vida profissional com a pessoal.

Estudo apontou que empresas com mulheres em seus con­selhos de administração têm Ebtida 47,6% superior. Ebitda é a sigla em inglês para earnings before interest, taxes, depreciation and amortization, que traduzido lite­ralmente para o português significa: “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização” (Lajida).

As mulheres ocupam somente 5% dos cargos de direção nas grandes empresas latino-americanas, segundo um relatório apresentado em São Paulo pela multinacional britânica ho­landesa Unilever, durante o Fórum “Momento Mulheres”.

As mulheres executivas ganharam no ano passado 27,1% a menos que os homens que ocupam o mesmo cargo, contra 26,3% em 2011, segundo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). As mulheres têm desempenho melhor que os homens na escola, e como têm índice menor de eva­são e repetência, concluem o curso mais que eles. As mulheres escutam melhor que os homens, negociam mais, são estrategistas natas e muito analíticas, porém são menos pragmáticas e mais afáveis. O homem é pragmático, focado, menos disperso, com alto grau de competitividade e resultado, por isto conquista mais visibilidade. Na composição executiva das 345 empresas consul­tadas, somente 8% têm a participação de mulheres.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Ultrapassando as barreiras dos relacionamentos!

Muitas pessoas têm sucesso, poder, status, mas sentem-se, por vezes, vazias, pois não estão alinhadas. É sobre isso que quero falar, sobre o alinhamento na área mais importante da sua vida, os bons relacionamentos, sem os quais, certamente, você sentirá dor! Como diz um conto Zen, a dor é como um punhado de sal. Se colocado num copo com água, ficará intragável, mas, num lago, será... leia mais

13 minutos

Zona de Conforto ou de Segurança?

E se eu te disser que tem mais uma? Lembro que uma de minhas preocupações, quando jovem, era de ter atitudes corretas. Hoje penso que mesmo não conhecendo o significado do que seria, eu já me preocupava; o que me induz a pensar que queria viver apenas na minha “zona de segurança”. É evidente que nos adaptamos ao meio em que vivemos ao mesmo tempo em que testamos nossos limites... leia mais

8 minutos

O que te dói?

Por uma dessas coincidências da vida, estava refletindo sobre um conflito pessoal outro dia, quando recebi uma mensagem de um velho amigo. A mensagem dele era sobre “mudanças”. Nossa, parece até que ele adivinhou que eu precisava perceber que não estava conseguindo mudar uma situação indesejada! Uma situação que estava me incomodando demais, uma situação de dor, e tudo por causa de... leia mais

12 minutos

Em casa de ferreiro, o espeto é de pau?

Fiquei muito feliz quando recebi o convite do Luciano, ainda mais para uma seção com o nome “Para refletir”! É uma grande satisfação compar­tilhar algumas de minhas impres­sões que, espero, provoquem ou­tras mais em vocês também. Coaching é um processo tão rico, tão efetivo, não é mesmo? Seja qual for o estado desejado que se queira, ele é aplicável. Não há... leia mais

10 minutos

Parcerias de um Coach

Cooperação, colaboração e parceria estão na pauta do dia a dia para mim, e tudo indica que permanecerão por um bom tempo. Este tema está presente nos textos direcionados a empreendedores, no ambiente corporativo e na sociedade em geral, pois conecta-se às tendências e mudanças na organização do trabalho e, consequentemente, às relações pessoais que se estabelecem. Algumas dessas... leia mais

9 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium