revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #36 - Maio 2016

Localize rapidamente o conteúdo desejado

TENHO VERGONHA de falar que sou Coach

Dar um passo em direção ao crescimento é um grande passo. Pro­por a si mesmo ser melhor a cada dia significa assumir uma postura de vida cheia de desafios, e com um futuro promissor com frutos chamados prosperidade.

Decidir ser um Coach é optar por ver o mundo de uma forma di­ferente. Olhá-lo por perspectivas de fé e de desenvolvimento as­cendente. Ser um Coach é uma filosofia de transformação. Decidir que, a partir de hoje, fé, esperança, planejamento, ação, postura positiva, participação e responsabilidade são os ingredientes obri­gatórios na sua trajetória.

Mais do que uma nova profis­são. Mais do que as possibili­dades de crescer profissional­mente. Mais do que todos os benefícios que o Coaching trará a você, acredite: a partir deste momento você se torna alguém ainda mais especial para o mun­do. Mestre de si mesmo!

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Conversa de WhatsApp

Entre os mais jovens, geração Z e Millennials, conversar através de mensagens de texto é algo tão corriqueiro como um telefonema para a geração X ou os Baby Boomers. Eles contam coisas, trocam ideias, marcam encontros, contam histórias, fazem fofocas, e o mais interessante, fazem DR por texto. A confusão é inevitável, pelo menos na visão dos mais velhos. Quando conversamos, olho no... leia mais

4 minutos

Empatia para a nova década

Para iniciar o papo rápido de hoje, eu quero dividir com você um pouco da minha história e como ela relaciona-se com o conceito de empatia. Na origem da minha família tem italiano, nordestino, inglês e curitibano e morei em três Estados brasileiros: Paraná, Espírito Santo e Pernambuco. Tenho uma filha curitibana, uma capixaba e um baiano. Apesar de qualquer diferença cultural existente... leia mais

3 minutos

O coaching e seu impacto

Eu preciso dizer que eu não estava tão satisfeita com a forma como eu obtinha o feedback dos meus processos de coaching. Eu realmente estava com a impressão de estar desenvolvendo o mesmo tipo de formulário nos últimos dois anos. Por essa razão fui rever alguns de meus conceitos. E quero compartilhar por aqui, na expectativa de que mais coaches incrementem suas formas de medir o impacto de... leia mais

3 minutos

O que aprendi com as organizações bebê

A primeira vez que ouvi o termo organização bebê foi em uma sessão de supervisão. Eu estava relatando um caso de coaching desafiador, especificamente sobre a falta de entendimento entre o patrocinador e o RH sobre as metas a serem desenvolvidas. O fato é que existe uma enorme diferença entre atender organizações que já investem em desenvolvimento humano e atender organizações que... leia mais

3 minutos

Pausa para uma supervisão

E chegou aquele momento em que eu não sabia mais se aquela história era minha ou se eu tinha “comprado” a história do coachee. Era uma linda e sensível narrativa, com algumas dores e muita vontade de aprender. Um canto da sereia quase irresistível. Até parecia a minha própria história! Que vontade de falar que tudo daria certo, que era necessário coragem e persistência... só que... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium