revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #15 - Agosto 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

E quem disse que seria fácil?

Eu gostaria de compartilhar com você o que foi essencial para o meu sucesso pessoal e profis­sional. O primeiro passo foi ter consciência. Sim! Isso mesmo! Foi saber quem eu era. O segun­do foi ter uma visão de futuro, ou seja, saber onde eu desejava chegar, o que eu desejava alcan­çar, e qual legado deixar.

E você? Você tem se posicio­nado? Você sabe quem é você? Você tem feito uma imagem vencedora de si mesmo? Onde você deseja chegar? Qual a sua missão? Qual o legado que de­seja deixar? Você está satisfeito com a vida que tem hoje? Co­mece a sua jornada refletindo sobre estas questões e então se proponha a mudar.

Mudar requer principalmente coragem, mas depois de ter consciência de si mesmo e de ter visão de futuro. Consequen­temente, o sucesso será ques­tão de planejamento, atitude, comunicação e aprendizado, com humildade e persistência.

O que significa ter consciência? É saber quem realmente você é, pois você é muito mais que os números de identificação, títu­los acadêmicos ou técnicos, e o que aparenta ser. Para come­çar a ter consciência de quem você é, tenha coragem de se olhar no espelho e ver além da imagem refletida. Busque seus valores, suas habilidades, suas competências, suas paixões e suas crenças potencializadoras. Goste do que vê no espelho. Crie uma imagem vencedora de si mesmo. Você sabe o quanto é capaz! Eu tenho certeza que já experimentou, em algum mo­mento da sua vida, o quanto é capaz de realizar com suces­so alguma coisa. Busque nes­ta lembrança o quanto você é forte. Assim você irá começar a se ver como realmente você é, e não como gostaria de ser ou como pensa que as pesso­as gostariam que fosse. Louco isso, não é? Mas é simples. Seja simples! Busque o que te moti­va e o que lhe dá prazer, pois lá está a fonte de sua motivação. Assim você irá se conhecer, e descobrirá aquele seu “eu” que anda adormecido.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Coronavírus e Presença

De todas as muitas reflexões que tenho feito sobre esse período com o Coronavírus que estamos atravessando meu coração me indica uma única palavra: presença. Mais presença! Mas o que é a presença? Para mim, a capacidade consciente de viver o momento presente no exato tempo do aqui e agora. E, como é difícil! Porque viver neste estado de presença implica abrir mão dos mecanismos... leia mais

4 minutos

#COACHINGSIM

Dia 12 de novembro de 2019 foi a data escolhida para o lançamento do  CoachingSim, um movimento criado por coaches, em prol do coaching. A data não foi escolhida ao acaso – ela é reconhecida por ser o dia do Coach em alguns estados como São Paulo e Rio Grande do Sul. E não haveria homenagem melhor do que o início da construção de uma rede de pessoas que acreditam no coaching como... leia mais

4 minutos

Você conhece Coach Ético?

Eu conheço Coaches Éticos e você? Ética. "Palavra substantiva feminina que representa o segmento da filosofia dedicado à análise das razões que ocasionam, alteram ou orientam a maneira de agir do ser humano, geralmente tendo em conta seus valores morais. Por extensão, é uma reunião das normas de valor moral presentes numa pessoa, sociedade ou grupo social, por exemplo: ética... leia mais

10 minutos

Eu também voei do ninho

“1990, foi um ano um tanto curto para tantos acontecimentos; eu completei 19 anos, passei em um concurso publico, me tornei mãe de um menino, me livrei de um casamento de quatro anos em que sofria violência domestica, perdi minha mãe, mudei de cidade e fui morar sozinha”. Esse indômito ano quase me engoliu, tudo estava tão inusitado, e os meus papeis inaugurais, me fizeram travar...... leia mais

12 minutos

As Armadilhas da Reclamação

Você se dá conta de quantas vezes por dia reclama de algo? Até 10 vezes? Em torno de 25? Ou está no time dos que afirmam não reclamar de nada? Recentemente, reli “Pare de Reclamar e Concentre-se nas Coisas Boas”, de Will Bowen e resolvi fazer o desafio que ele propõe: ficar 21 dias sem reclamar. Você já tentou? Eu achei que seria bem fácil, afirmava com convicção que eu não tinha... leia mais

7 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium