revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #134 - Julho 2024

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Desenvolvimento Vertical de Líderes: Construindo o Futuro com os Inner Development Goals

No atual cenário de complexidade e incerteza, o desenvolvimento de liderança precisa ir além da transferência de conhecimentos e habilidades. Este artigo diferencia o desenvolvimento horizontal do vertical, enfatizando como este último amplia a capacidade de liderança transformacional. Apresentamos os Inner Development Goals (IDGs) como modelo para acelerar o desenvolvimento vertical.

COMPLEXIDADE E LIDERANÇA

A sociedade evolui mais rapidamente do que nossa capacidade de adaptação. Buckminster Fuller mostrou que, até 1900, o conhecimento dobrava a cada 100 anos, e, em 1950, já dobrava a cada 25 anos. Hoje, dobra a cada 13 meses e, com tecnologias como a inteligência artificial, pode dobrar a cada 12 horas.

Essa evolução aumenta a complexidade do ambiente de liderança, exigindo novas abordagens. O paradigma dominante de previsibilidade e controle, que explica tudo por relações claras de causa e efeito, é insuficiente na atual era de transformação acelerada. Abordagens lineares, que valorizam segurança e previsibilidade, limitam a inovação devido à resistência às incertezas e à ambiguidade. Mudanças são vistas como perturbações a serem controladas, resultando em sistemas rígidos incapazes de lidar com a impermanência.

A capacidade dos líderes de lidar com a complexidade não acompanha a do ambiente, criando um gap de complexidade. Pesquisadores e praticantes de abordagens como o pensamento sistêmico, teoria da complexidade e teoria integral identificam um crescente descompasso entre a complexidade do ambiente organizacional e as capacidades dos líderes.

IMPLICAÇÕES PRÁTICAS

O gap de complexidade dificulta atender às expectativas à medida que as responsabilidades aumentam, causando ansiedade em um ambiente onde soluções padronizadas frequentemente falham. Sonja Blingnaut sugere transformar essa ansiedade em energia criativa, reinterpretando a realidade e abandonando a liderança baseada apenas em respostas e garantias.

Navegar pelas incertezas e ambiguidades inerentes à complexidade exige reflexão, autoconsciência e curiosidade, e aprendizado contínuo, valorizando mais as perguntas que as respostas. Criar um ambiente de segurança psicológica permite que a inteligência coletiva transforme desafios em oportunidades. Compreender e se adaptar a contextos complexos, promovendo liderança resiliente e inovadora, capaz de forjar culturas com as mesmas qualidades é essencial para o sucesso organizacional. Essa capacidade é alcançada através do desenvolvimento vertical.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Transformar-se para Transformar

O modo como você vive está melhorando as condições de vida para o maior número de seres? Ou você acredita que está separado de alguém ou de alguma forma de vida? É tempo de despertar, de expandir a consciência humana, de sair do casulo e voar livremente. Liberdade é responsabilidade. (Monja Coen) ----------------- Nesses tempos de profundas e aceleradas... leia mais

15 minutos

Ninguém é igual a você e esse é o diferencial da sua marca pessoal

Porque esse tema é importante: Em tempos de redes sociais, e exposição constante de imagem, a pressão por construir uma marca pessoal de sucesso pode gerar um efeito avassalador na nossa saúde mental. Todos os dias somos bombardeados com imagens e histórias de sucesso de pessoas que seguem um padrão ao falar, ao se vestir e até mesmo ao que consumir, e é muito fácil acabar acreditando... leia mais

10 minutos

Eles não veem?

Eram 5 horas da manhã, parecia um dia comum, estacionei meu carro na rua de sempre, caminhei até o ponto de ônibus onde aguardei a chegada do fretado às 5 horas e 30 minutos e às 8 horas chegava ao escritório. No entanto este dia parecia ter mais luz! Estava tomada por um misto de sentimentos e emoções e de um desejo enorme de libertação. Era minha grande oportunidade, pois Ana... leia mais

13 minutos

Tudo que é essencial eu carrego comigo

Olho e vasculho a mochila. É importante perceber o que pode estar nela sobrecarregando meus ombros, minhas pernas, minhas costas, meu coração. Uma peregrina carrega sua mochila por todo o caminho e o que vai dentro desta mochila é um dos grandes desafios para além dos roteiros, horários, refeições, companhias, apoios. O que carregamos faz muita diferença na qualidade da caminhada. É... leia mais

15 minutos

Grupo 1 - Entendendo o Ser Humano

Quem sou Eu, de onde vim, o que estou fazendo aqui e para onde vou? Essas são três questões fundamentais que perturbam o ser humano desde tempos imemoriais. Nesse primeiro grupo selecionei temas que vão da Felicidade até a Espiritualidade, passando por metas, mudanças, bloqueios, burnout e dois dossiês focados na mulher, que estão excelentes. Em um mundo do trabalho tão... leia mais

6 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium