revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #92 - Janeiro 2021

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Tempos Pós-Normais: A Mudança está Mudando

“Existem dois tipos de mudança: a que nos acontece e a que fazemos acontecer.”

Rosa Alegria


Estamos entrando numa nova era da história. Saindo de um modelo que não estava dando certo – entrando num outro que ainda está por mostrar a que veio, nos defrontamos com o mais alto grau de incerteza já vivido, inaugurado pela pandemia covid19. O contato da experiência humana com grandes rupturas como essa sempre definiu marcos históricos pontuados por começos e fins de eras. Navegando no mar das incertezas, se ainda existe um vestígio de certeza, seria essa: a de que dessa vez, temos que acertar nas escolhas, porque deverá ser a última chance que temos de seguir caminhando, mas diferente.

Dez anos antes da pandemia Covid19, o futurista paquistanês-britânico Ziaudin Sardar já tinha acenado em 2010 para um novo enquadramento teórico que define a aceleração dos tempos no artigo “Bem-vindos aos tempos pós-normais”, lastreado em pesquisas científicas desenvolvidas em 1993 pelos matemáticos Silvio Funtowicz e Jerry Ravetz. Nesse artigo, Sardar definiu a estrutura dos tempos que passou a chamar de “pós-normais”, pela observação de três fenômenos: complexidade, caos e contradição. Essa estrutura passou a servir de base científica para estudar, compreender e criar futuros, especialmente a partir de fundamentos do futurismo - disciplina transdisciplinar que estuda as mudanças para se preparar, se antecipar a elas e criar futuros desejáveis - também conhecida por foresight ou prospectiva.

A teoria da pós-normalidade procura compreender a aceleração dos tempos, então definidos como pós-normais, e o que caracteriza esse momento da transição: "um período intermediário em que velhas ortodoxias estão morrendo, novas ainda precisam nascer e muito poucas coisas parecem fazer sentido" como Sardar define.

Uma bifurcação de eras, uma fenda no tempo, uma dobradiça histórica, uma macro transição (Ervin Laszlo, Macroshift), são alguns símbolos dessa mudança sem precedentes que chegou até a ofuscar a urgência das mudanças climáticas as quais vinham ganhando impulso entre as mais importantes preocupações na soc iedade e nas diversas agendas institucionais desde a década de 70.

Nos últimos anos, o número de acontecimentos, imprevistos e crises que fundamentam a teoria dos tempos pós-normais cresceu rapidamente. A atual pandemia é um exemplo perfeito do pós-normal e a confluência dos 3 Cs:

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Feliz Ano Novo? Não tenha esperanças

Como alguém que aprecia uma boa aventura, sempre que penso em Ano Novo, imagino uma viagem para um lugar inédito. Ao mesmo tempo em que meu íntimo é inundado pelo entusiasmo e excitação de logo colocar o pé na estrada, meu senso de responsabilidade me deixa alerta em relação a preparação, procedimentos de segurança e o planejamento. Em toda viagem, seja ela curta ou longa, precisamos... leia mais

11 minutos

Coaching executivo: gestão do relacionamento entre coach, cliente e a organização

(Work – Executive Coaching: Managing relationships between coach, client and organization) Fiquei muito honrada em contribuir para o diálogo sobre coaching na Converge21. Minha apresentação foi sobre os principais relacionamentos presentes em coaching executivo: a relação entre a cliente e a coach; o relacionamento entre a cliente e a organização; e a relação entre a coach e a... leia mais

13 minutos

Futures Studies, a disciplina que estuda futuros

Ao contrário do que parece, o futuro não é um assunto recente.  Governos, empresas e universidades do mundo inteiro usam este conjunto de conceitos e ferramentas para prospectar cenários de futuro há mais de 50 anos. O assunto pertencia prioritariamente ao universo acadêmico e até hoje é pouco conhecido entre a maioria das pessoas e das empresas. Com a conectividade, o tema... leia mais

13 minutos

O poder da autocompaixão: conceitos e ideias errôneas

“Um momento de autocompaixão pode mudar todo o seu dia. Uma série de momentos como esse pode mudar o curso de sua vida.” Christopher Germer Há 5 anos, ouvi pela primeira vez a palavra autocompaixão e pensei: “Eu não sei exatamente o que é isso, mas sinto que preciso de compaixão”. Nesse momento, associei autocompaixão a ser mais bondosa comigo de alguma maneira. Ao longo dos... leia mais

16 minutos

Coaching de Grupos e Equipes

“(...) Olhe, pro futuro confiante, pois a distância posso ver que no século XXI, surge um novo amanhecer (...) “ Viva a Gente - 1969 Segundo o Paradigma Luz, de Borges (1994) – “ A Construção do Ser e do Saber” é de bom tom olhar o antigo para poder entender e lidar com o novo, com a atual necessidade do aqui e agora, mas não apenas olhar, ver, ouvir e escutar para aquilo... leia mais

17 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium