revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #77 - Outubro 2019

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Marketing é um superpoder.

Foi essa conclusão que cheguei quando entendi que fazer marketing era a principal forma de fazer um negócio deslanchar.

Inegavelmente todo mundo precisa de marketing.

Estamos vivendo a revolução digital ao mesmo tempo que estamos despertando para a expansão da consciência e vejo o quanto esses dois universos precisam viver em equilíbrio.

Hoje, esse equilíbrio não existe. Ainda.

Marketing Digital pode ser chato e difícil demais para quem quer fazer sozinho. E pode ser manipulador e repetitivo demais para quem consome.

Depois de estudar inúmeras táticas de marketing digital ensinadas por gurus no mundo inteiro, percebi que elas foram pensadas para funcionar em grandes empresas, com orçamento para investir em agências e campanhas. Utilizando ferramentas de última geração e contratando pessoas que respiram marketing 24 horas por dia, essas empresas obtêm resultados do tamanho de seus altos investimentos - o que é sua prerrogativa. 

Em contrapartida, quando o pequeno empreendedor ou autônomo decide entrar no jogo e divulgar seu trabalho usando o marketing digital, o que acontece na maioria das vezes é um massacre: de vidas, de valores, de orçamentos e de autoestima.

É impressionante o que os profissionais e agências de marketing digital esperam do pequeno empreendedor, aquele que trabalha sozinho e que só quer um fluxo de clientes sustentável para conseguir pagar suas contas. 

O que se vê de solução para eles é uma adaptação grosseira do marketing para grandes empresas, pouco ou nada pensadas para um negócio de uma pessoa só, prometendo resultados rápidos e com pouco esforço, criando uma expectativa ilusória daquilo que realmente acontece.

Só para ilustrar, estou me referindo às fórmulas de lançamento, investimentos em anúncios, em SEO, em email marketing, copywriting e outros. Táticas que são efetivas quando aplicadas em determinados tipos de negócio e que são vendidas para o público como uma solução rápida, milagrosa e universal. 

Por mais que tentemos seguir esses passos “rápidos e milagrosos”, os resultados dificilmente são os prometidos e ficamos com um sentimento negativo em relação ao marketing. 

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O Emaranhado do Processo de Coaching

Decidi aproveitar a oportunidade de escrever esse artigo para abordar a estrutura Cynefin e como ela pode ajudar ao processo de Coaching e, também me aproximar de pessoas fascinantes que, em certa medida, foram meus tutores. Em essência, uma espécie de metajornada de treinamento em Coaching usando a estrutura Cynefin como um mapa e uma ferramenta de navegação. O tempo era uma restrição,... leia mais

16 minutos

Imunidade à mudança e o novo papel da liderança

Atuo, há mais de 30 anos, no campo do desenvolvimento humano voltado para profissionais que ocupam posições de gestão. Nesta trajetória, a prática como coach trouxe à tona os desafios dos clientes para efetivar mudanças. O episódio que quero resgatar remonta ao encontro da International Coach Federation (ICF) de 2014, quando assisti à palestra do professor Robert Kegan sobre a teoria da... leia mais

16 minutos

Espiritualidade e religião

"Nenhuma pessoa é uma ilha!”John Donne (1572-1631) Se você pesquisar a palavra espiritualidade no Google prepare-se para um impacto. Em 16 de setembro de 2020 este site fazia 20 milhões e 100 mil de referências a ela. O impacto se repetirá se a substituir pela palavra religião. Na mesma data havia 42 milhões e 500 mil de... leia mais

12 minutos

Autoconhecimento e aplicações dos talentos na prática

“...mesmo que frequentemente duro, e às vezes assustador, o autoconhecimento empodera as pessoas.” Christopher Contrary em The Value of Self-Knowledge Deixe-me compartilhar uma história pessoal. Não é fácil lembrar daquele tempo da minha vida, mas acredito ser válido dividir com você, caro leitor e colega: No meu quarto ano de carreira corporativa, eu trabalhava em uma... leia mais

12 minutos

Desafios e Oportunidades nos países de Língua Portuguesa em África

É preciso ter esperança, mas ter esperança do verbo esperançar; porque tem gente que tem esperança do verbo esperar. E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. Esperançar é se levantar, esperançar é ir a trás, Esperançar é construir, esperançar é não desistir. Esperançar é levar a diante, Esperançar é juntar-se aos outros Para fazer... leia mais

11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium