revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #60 - Maio 2018

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 60

Caro leitor,

Esta edição traz um tema muito importante, o Isomorfismo. Ele faz parte de uma metodologia muito particular e interessante, sistematizada por brasileiros como Marcos Wunderlich, Renato Klein e Maria Luiza Klein. Este é o Sistema ISOR.

O Isomorfismo tem como base a coerência entre o que somos e nossa manifestação no mundo. Um dos pontos que mais precisam ser trabalhados se relaciona com o desenvolvimento pessoal. A tomada de consciência de quem sou, onde estou, o que estou fazendo aqui e as inter relações entre Eu e o Mundo, Eu e os Outros, Eu e a Sociedade.

Destas reflexões, do questionamento daquilo que parece não estar em sintonia, não fazer sentido, e do que parece estar onde deveria, vem o desenvolvimento de uma consciência muito singular do Eu.

Como diz Marcos em seu texto, “Isomorfismo significa primordialmente entendermos as leis universais e condições que regem a Vida humana, e adotarmos uma visão, condutas, posturas e atitudes que estejam em sintonia, ressonância, congruência ou em harmonia com essas leis”.

A coordenação deste Dossiê ficou a cargo de Marcos Wunderlich, um dos sistematizadores desta metodologia, que reuniu um elenco de muita competência para explicar o que é o Isomorfismo, como se aplica, quais os desdobramentos desta mudança de forma de ver e estar no mundo. Um dos pontos de grande destaque é a capacitação especial e o cuidado no autodesenvolvimento que o coach precisa desenvolver. Tudo começa em um profundo olhar para si.

Que você desfrute e extraia máximo benefício de mais esta edição.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 15/05/2018
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 86

Caros leitores, que tema mais pertinente para o momento que vivemos. Vulnerável!!! O que significa isto? Segundo a etimologia, vulnerável vem do Latim VULNERABILIS, “o que pode ser ferido ou atacado”, de VULNERARE, “ferir”, de VULNUS, “ferida, lesão”, possivelmente de VELLERE, “rasgar, romper”. Assim, estar vulnerável é estar em uma posição desconfortável pois nos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 85

Caros leitores, este ano de 2020, não começou de forma tranquila como todos os outros. Entenda aqui este “tranquila” como aquela “normalidade” que nos permite fazer planos “normais”, como emagrecer, fazer exercícios, aprender inglês, etc. Agitações intensas na política, mudanças de rumo na economia, a escalada de uma intolerância e agressividade sem precedentes na sociedade,... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 84

Caros leitores, ahhhhh, a tal Felicidade. Tão cantada em versos e prosas e que cada vez mais ouvimos falar dela. Talvez as pessoas estejam buscando uma felicidade mais autêntica, legítima, e não apenas compensações momentâneas obtida em prazeres fugazes. Sim, muitos dos prazeres que temos na vida são reais e legítimos e precisamos atentar para não os transformar em elementos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 83

Caros leitores, este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história. Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 82

Caros leitores, Nesta edição trazemos um tema que também pelo qual também tenho grande admiração: Biografia. Já dizia o poeta que somos feitos de histórias, mas normalmente não temos a ideia do quanto. Cada da que vivemos é uma página desta história. Cada fato que nos acontece é um misto de nossas escolhas cruzando com o rio da vida. Cada fato marcante deixa marcas com os... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium