revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #25 - Junho 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

O propósito do orçamento: simplificando a direção

Eu já escrevi sobre a fórmula da saúde financeira em 4 PASSOS, baseada na metodologia DSOP (diagnóstico, sonho, orçamento e poupança), desvendei a ilusão do Crédito, vantagens e desvantagens, e hoje quero propor um desafio: será que você sabe lidar com planilhas, planejamento e orçamento?

Via de regra, as pessoas com formação nas áreas de humanas não gostam, não têm habilidade ou não têm hábitos que promovam os controles exatos, e tudo bem, se você por acaso estiver nessa estatística. Afinal, Howard Gardner (1985) aborda a Teoria das Inteligências Múltiplas, que é a capacidade inata que cada indivíduo tem para desempenhar e solucionar problemas, com maior ou menor habilidade, em qualquer área de atuação. Então! Calma, calma, respire, respire e vamos começar a simplificar?

Estamos em um mundo de rápidas mudanças e de alta complexidade com demandas que causam uma sensação de falta de tempo. Se parar para questionar a realidade do mundo de fora, que influencia na construção do nosso mundo interior, é esse descompasso gerado pelas experiências que muitas vezes impedem de criar novas formas de olhar e ver outras perspectivas. Normalmente as pessoas que buscam os processos de Coaching financeiro querem mudar sua realidade de como lidam o dinheiro, no entanto, há uma certa tendência para evitar novos hábitos, além da resistência para implementar métodos que auxiliem no controle do chamado ORÇAMENTO PESSOAL, este é o principal aliado para salvar seu Dinheiro. Fomos ensinados a ganhar, e poucos tiveram a educação para saber gastar, poupar e controlar. Acredito que não importa quanto se ganha e sim como se gasta.

Quais as consequências e os riscos, de se caminhar com olhos vendados? As armadilhas são decorrentes de diversos fatores, entre eles cito as questões emocionais, o comportamento de não adotar nenhuma ferramenta para administrar os recursos financeiros e a atitude de ignorar os perigos, o fato que está por trás da situação, pode levar à falsa sensação de controle. Ou seja, “como eu não vejo e eu penso que posso”.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

A máquina de fazer dinheiro

Já parou para pensar como e onde viveria e o que estaria fazendo se tivesse dinheiro infinito em suas mãos? Não estou falando de ganhar na loteria ou receber uma grande herança. É muito mais que tudo isso. É dinheiro que não acaba mais. Quando o dinheiro é abundante, porém limitado, as ideias de onde gastar parecem mais tangíveis. Além disso, se não souber o que fazer com muito... leia mais

8 minutos

O poder da escolha!

Há extensa literatura, palestrantes, autores renomados e até frases de efeito que abordam o tema do poder da escolha. Muitos trazem à atenção o individualismo deste poder - só depende de nós mesmos - bem como à reflexão das consequências de nossas escolhas. Lemos e ouvimos tudo isso, mas nem sempre conseguimos assumir este poder e aceitar suas consequências. Medo, ansiedade,... leia mais

8 minutos

Eu decido o que fazer com meu dinheiro. E você?

Início de ano não tem como esquecer da famosa lista de resoluções e promessas pessoais. Cuidar da saúde, perder peso, começar a academia e quem sabe ler um livro por mês. Estas talvez sejam as promessas mais comuns ultimamente, mas não param aí. Tem de tudo e para todos os gostos. E é claro que eu também já fiz algumas promessas nas viradas de ano, mas devo confessar que não só... leia mais

9 minutos

Como está o nível do seu reservatório Cantareira?

O ano de 2014 foi marcado para os moradores da cidade de São Paulo pela crise da Cantareira. A maior cidade do Brasil entrou em estado de alerta quando um dos principais reservatórios que abastece a cidade chegou em seu mais baixo nível de volume de água. Foram cerca de 9 milhões de pessoas impactadas. Uma crise que voltou para as manchetes em 2021 pois o volume de água atingiu novamente... leia mais

8 minutos

Não sei se caso ou compro uma bicicleta.

Esta é uma expressão muito usada quando temos dúvidas em relação a escolhas importantes na vida. Dúvidas algumas vezes simples. Outras vezes mais complexas, gerando grandes mudanças na trajetória de vida planejada. É difícil, contudo, que esta frase seja usada para expressar a dúvida real entre pagar por um casamento ou comprar uma bicicleta. Difícil, mas não impossível. Existe o... leia mais

8 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium