revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #21 - Fevereiro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Um outro olhar - Ed. 21

Na edição 20, nosso coach João nos trouxe a seguinte questão:
Atendi um cliente com problemas em seu casamento, que declarou que sua meta seria separar-se da esposa. Há alguns anos vivi um difícil processo da minha própria separação e precisei fazer terapia para me ajudar. Devo encaminhar esse cliente para um terapeuta?

Na edição anterior da Revista Co­aching Brasil (Edição 20), fiz uma pequena introdução e abordei um dos muitos prismas que entendo que essa questão traz em si, que foi a questão de nós, coaches, nos depararmos com clientes que tra­zem questões semelhantes à que já vivemos ou estamos vivendo no momento dos encontros.

Nesta edição, quero abordar ou­tros pontos da mesma questão e começo propondo que pensemos sobre nossa área de atuação. Seria o coaching restrito ao que chama­mos de “questões profissionais”? Ou melhor, é preciso fazer a distinção, como temos visto tão rotineira­mente, entre um coach executivo ou de carreira e um life coach?

Não penso que questões como essas possam ser respondidas pre­maturamente pois ainda não sa­bemos o papel que a profissão de coach terá no futuro. O que pos­so agora é expor reflexivamente mais dúvidas do que certezas.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Um outro olhar - Ed. 79

Nossa Coach Maria nos relata o seguinte: Estou atendendo um cliente que tem grande dificuldade de fazer abstrações e imaginar cenários. Ele me lembra aqueles jogos de jornais antigos de ligar os pontos numerados para construir uma figura. Não há possibilidade de mudar a ordem na qual os pontos são ligados, e todos precisam estar muito próximos um do outro. Impossível pensar em planos de... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 78

Nosso Coach João nos envia o seguinte relato: Estou atualmente com um cliente de coaching, que é um jovem recém promovido a posição de Diretor por sua competência em alcançar os resultados na função anterior. Em meu primeiro encontro com seu gestor para definir os objetivos e indicadores para a o processo de coaching, o mesmo, comentou que está havendo um acúmulo de ações, pois,... leia mais

7 minutos

Um outro olhar - Ed. 77

Nosso Coach João nos envia o seguinte relato: Estou com um novo cliente e já estamos no terceiro encontro. Confesso que não estou conseguindo focar e contribuir mais efetivamente com ele pois seu negativismo e vitimismo me irritam profundamente, a ponto de querer quase bater nele. Isto faz com minha conexão e empatia acabem. Pessoas negativas e reclamonas sempre me afetaram e me tiram do... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 76

Nossa Coach Maria nos envia o seguinte relato: Estou vivendo uma situação atípica em meus trabalhos como coach. Estou com um novo cliente que me deixa animada por atendê-lo, pois, é uma pessoa fora de meu círculo de relações, isto é, alguém fora da comunidade que convivo. Entretanto, na transição da primeira para a segunda sessão, me surgiu um dilema se desejo ou não... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 75

Nosso Coach João nos envia o seguinte relato: Estou atualmente com 4 clientes de coaching, sendo que a maioria em torno da quinta sessão. Até a terceira sessão, cujo foco era autoconhecimento, estava me sentindo bem com os atendimentos, sentindo que eu estava bem presente, conectada com o cliente, ouvindo mais do que perguntando/falando, e que as sessões estavam indo bem. Nas duas últimas... leia mais

7 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium