revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #85 - Junho 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Contribuições da AIT para o Coaching de Vida

O Coaching tem crescido vertiginosamente nos últimos anos, tanto no Brasil como mundialmente, sendo ferramenta eficaz nos processos de aprendizado, liderança, desenvolvimento humano e organizacional. O mesmo fenômeno está acontecendo com a Psicologia Transpessoal (PT) e com a Abordagem Integrativa Transpessoal (AIT).

O objetivo do Coaching de vida é fazer com que o cliente equilibre todas as áreas de sua vida e se torne a melhor pessoa que ele pode ser, a partir das seguintes estratégias: a) Focar no presente, ajudando a gerenciar a sua vida para construir o futuro que deseja; b) Auxiliar no desenvolvimento de estratégias e planos de ação para realizar metas e sonhos; c) Ajudar a superar seus limites ou crenças limitantes, vencendo obstáculos e desafios em todas as áreas da vida; d) Potencializar e desenvolver seus talentos e competências; e) Reforçar sua autoestima e motivação através de técnicas e questionamentos efetivos que o levem ao empowerment e à ação.

Lages e O’Connor (2004) propõem um modelo de transição, que utilizo em meus processos de Coaching.

A AIT foi sistematizada por Saldanha (2008), destinando-se as áreas da saúde, educação e instituições.

No Coaching de vida a partir dos referenciais da AIT, o coach trabalha e estimula no cliente diferente estados de consciência a partir de vários procedimentos técnicos, para acessar conteúdos de diferentes cartografias da consciência.

1 - Na AIT, o Aspecto Dinâmico se refere ao Eixo Experiencial, que é constituído por quatro funções psíquicas e do desenvolvimento humano, a saber: razão, emoção, intuição e sensação (REIS); que quando integradas ativam o Eixo Evolutivo, que evidencia o sentido da experiência, ascendente ou descendente.

2 - A aplicação da AIT, em Coaching, dá-se por meio dos procedimentos técnicos que ativam e integram o REIS. Esses procedimentos técnicos são classificados em cinco grandes grupos:

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Desafio da imunidade à mudança em uma equipe

Como coaches, somos convidados em diversas situações para “resolver o problema da equipe por definitivo” ou para “motivar colaboradores”. Esses convites sempre criaram em mim alguns desconfortos, até que adotei – tanto por hábito e baseada na minha ética profissional –  a prática de esclarecer e reforçar junto a esses clientes que naquelas situações era preciso lidar com... leia mais

20 minutos

Nossos próprios recursos estimulam a Espiritualidade

“Não somos seres humanos passando por experiências espirituais, somos seres espirituais passando por uma experiência humana” Pierre Teillard de Chardin O momento atual em que vivemos, nos traz sentimentos de expectativa, apreensão e também de medo. E é exatamente nesses momentos que desconfiamos de nossas capacidades, talentos e propósitos. ... leia mais

12 minutos

Desenvolvendo Líderes e Times Baseados em Pontos Fortes

“Uma abordagem baseada em pontos fortes aumenta sua confiança, seu direcionamento, sua esperança e sua gentileza em relação a outras pessoas.” Tom Rath A atuação de um profissional evolui quando ele reconhece, aprecia e passa a aplicar seus pontos fortes diariamente. Um gestor, ao identificar os pontos fortes de sua equipe, começa a valorizar cada membro e a organizar... leia mais

13 minutos

A Interculturalidade do Coaching

(...) “Ainda que eu falasse a língua dos homens. E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.(...) ” São Paulo na Carta aos Coríntios. Toda vez, que eu Dulce, penso sobre este tema, várias coisas emergem em minha cabeça: ICF, coaching, diferenças, formas de pensar, agir, sentir, cultura, mudança, processo de aprendizagem, olhar, perceber, escutar, aprender, novo,... leia mais

13 minutos

A Liderança nos Países de Língua Portuguesa em África

Às casas, às nossas lavras às praias, aos nossos campos havemos de voltar Às nossas terras vermelhas do café brancas de algodão verdes dos milharais havemos de voltar   Trechos do poema de Agostinho Neto (Havemos de Voltar) Cá em África, a nossa esperança não é o nosso petróleo, são os nossos jovens Será África um continente pobre ou rico? ... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium