revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #83 - Abril 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Valores, para quê?

Desde que conheci a abordagem de Richard Barrett, reconhecido internacionalmente como um dos mais influentes pensadores nos temas de liderança e evolução dos valores humanos nos negócios e na sociedade, me vejo questionando o que são valores e como eles se manifestam a nossa volta. A princípio acreditei que eram somente palavras e ações, mas depois, com um olhar mais atento, compreendi que são inúmeras as maneiras com que eles conectam e exercem seu poder sobre nós.    

Em seu site(1) dedicado à evolução da consciência humana, Barrett define os valores com algo “muito mais do que importante” para nós. Eles são os condutores energéticos de nossas aspirações e intenções; a fonte de todas as motivações e decisões humanas.

Por serem decisivos em nossas escolhas, comportamentos e ações, os valores são uma das principais reflexões da humanidade e devem ser também objeto de constante diálogo. Barrett, em alguns de seus livros(2), utiliza conceitos que apoiam este entendimento.

Os valores são universais e um método simplificado de descrever – em uma palavra ou frase curta – o que é importante para o indivíduo ou coletividade. Não são fixos e podem ser positivos ou potencialmente limitantes, reflexo das necessidades que estamos experimentando. Segundo Barrett os valores podem nascer do coração, gerar conexão e ajudar a construir relacionamentos e contribuir para o mundo, ou nascer dos medos e gerar separação, já que estão voltados às necessidades de curto prazo.

Crenças e valores

Na visão de Barrett, as crenças são contextuais. Originam-se essencialmente no nível cultural, mas sempre pertencem ao indivíduo. Provavelmente possuímos crenças muito diferentes, pois vivenciamos experiências em situações específicas e que se aplicam ao cenário que as aprendemos. Já os valores, que podem ser semelhantes, superam os contextos, porque sua origem está na experiência de ser humano, que é comum a todos.

É incrível quando Barrett menciona que crenças dividem e valores unem, afinal só essa citação demonstra a importância do que estamos falando.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Mindfulness & Inteligência Emocional

“O termo Saúde Mental está relacionado à forma como uma pessoa reage às exigências, desafios e mudanças da vida e ao modo como harmoniza suas ideias e emoções” (www.einstein.br/saudemental). Mindfulness & Saúde Mental Após duas décadas de trabalho com a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) junto a pessoas que sofriam de ansiedade, depressão, comportamentos compulsivos dentre... leia mais

14 minutos

Liderar líderes voluntários: um aprendizado para a vida

“Admiro as pessoas que brilham como as estrelas, mas aprendi a admirar, o brilho maior, muitas vezes invisível, dos produtores de estrelas”. Luiz Carlos Campos Com muito prazer aceitei o convite de escrever este artigo sobre as minhas práticas e vivências na liderança voluntária. Não poderia começar sem mencionar o quanto aprendi com duas pessoas que marcaram a... leia mais

13 minutos

De “Fazedora” a Líder – Uma Jornada Generativa

Esta jornada que convido vocês a navegarem comigo começa no seminário “Foundations of Generative Leadership” (Fundamentos da Liderança Generativa), que assisti com Bob Dunham. Neste seminário, ele fez uma pergunta tão simples e poderosa como essa: “What do you care about?” (Com o que você se importa? O que lhe importa cuidar?). Abro aqui espaço para um contexto. Eu sempre fui... leia mais

13 minutos

Transformação Digital, complexidade, pessoas e futuro

Falar de transformação digital é falar de gente, nunca de tecnologias, é falar sobre como as tecnologias exponenciais combinadas entre si podem mudar a feição da própria sociedade e sobre os benefícios que elas trazem às pessoas. Tecnologias nunca foram uma finalidade em si, elas se esgotam, são meios pelos quais buscamos a melhoria da qualidade da vida humana, porém ao longo do... leia mais

18 minutos

Visão a partir de um exemplo no Design

Talvez a tarefa mais complexa de um designer seja deixar clara a visão de um projeto de design. Este desafio compreende saber aonde se quer chegar com o projeto. Por exemplo, em um projeto de identidade visual se concentra toda a essência de um produto, empresa ou instituição, e é de se esperar que a visão desses segmentos esteja clara, cabendo ao designer a missão de desenvolvê-la por... leia mais

12 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium