revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #83 - Abril 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Valores, para quê?

Desde que conheci a abordagem de Richard Barrett, reconhecido internacionalmente como um dos mais influentes pensadores nos temas de liderança e evolução dos valores humanos nos negócios e na sociedade, me vejo questionando o que são valores e como eles se manifestam a nossa volta. A princípio acreditei que eram somente palavras e ações, mas depois, com um olhar mais atento, compreendi que são inúmeras as maneiras com que eles conectam e exercem seu poder sobre nós.    

Em seu site(1) dedicado à evolução da consciência humana, Barrett define os valores com algo “muito mais do que importante” para nós. Eles são os condutores energéticos de nossas aspirações e intenções; a fonte de todas as motivações e decisões humanas.

Por serem decisivos em nossas escolhas, comportamentos e ações, os valores são uma das principais reflexões da humanidade e devem ser também objeto de constante diálogo. Barrett, em alguns de seus livros(2), utiliza conceitos que apoiam este entendimento.

Os valores são universais e um método simplificado de descrever – em uma palavra ou frase curta – o que é importante para o indivíduo ou coletividade. Não são fixos e podem ser positivos ou potencialmente limitantes, reflexo das necessidades que estamos experimentando. Segundo Barrett os valores podem nascer do coração, gerar conexão e ajudar a construir relacionamentos e contribuir para o mundo, ou nascer dos medos e gerar separação, já que estão voltados às necessidades de curto prazo.

Crenças e valores

Na visão de Barrett, as crenças são contextuais. Originam-se essencialmente no nível cultural, mas sempre pertencem ao indivíduo. Provavelmente possuímos crenças muito diferentes, pois vivenciamos experiências em situações específicas e que se aplicam ao cenário que as aprendemos. Já os valores, que podem ser semelhantes, superam os contextos, porque sua origem está na experiência de ser humano, que é comum a todos.

É incrível quando Barrett menciona que crenças dividem e valores unem, afinal só essa citação demonstra a importância do que estamos falando.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O potencial transformador do Coaching aplicado à educação executiva

Cada vez mais observamos executivos bastante pressionados, buscando resultado para suas operações que competem com novos modelos de negócio, com novas demandas de ESG e inovação, precisando desenvolver competências relacionadas à indústria 4.0, tomar decisões num mundo VUCA/BANI e liderar pessoas de diversas gerações no mesmo ambiente de trabalho. Portanto, profissionais expostos a... leia mais

12 minutos

O tempo é agora: dê o passo em direção à sua felicidade

O ano era 2015 e eu estava a pleno vapor me dividindo entre 3 atividades profissionais, uma nova graduação, além da jornada de mãe de 3 filhas e dona de casa solo. Me sentia energizada, num ritmo frenético que fazia sentir-me viva e super bem. A enxaqueca me pegava sempre, mas isso era herança genética, nada que uma alta dose de analgésicos não resolvesse. Havia também uma certa... leia mais

9 minutos

Diversidade cultural: o que nos torna verdadeiramente ricos

Neste mundo globalizado, ser diferente é o que nos torna únicos, mas também semelhantes. E quando falamos de diferenças estamos praticamente falando de diferenças culturais. Mas o que exatamente é cultura? E a que nos referimos com o termo "diversidade cultural"? Nós italianos, também, pelas mesmas razões, vivemos em um país extremamente heterogêneo: no Norte, no Centro e no Sul... leia mais

10 minutos

Liderança e Segurança Psicológica – uma jornada com final feliz!

Foi num domingo de manhã que acessei o LinkedIn e surgiu aquele post convidando à formação da primeira turma em Segurança Psicológica de Times. Mais um pouco e me convidou a clicar em “saiba mais”. Pois é, hoje estou aqui irremediavelmente apaixonada pelo tema, escrevendo para vocês. Quando me aproximei de fato do conceito, vi que tudo aquilo que sempre imaginei como liderança tinha... leia mais

12 minutos

Escuta, amor em prática!

“Quando eu falo de amor, não estou falando de uma reação sentimental  e fraca. Estou falando daquela força que todas as grandes religiões veem como supremo princípio unificador da vida. O amor, de alguma forma, é a chave que abre a porta que leva à última realidade. Essa crença hindu-muçulmana-cristã-judaico-budista é lindamente resumida em amemos- uns aos outros” Martin... leia mais

11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium