revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #80 - Janeiro 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Situações complexas em coaching executivo relativas ao coachee

Apresentado no Converge por Ana Pliopas

O nome da conferência da ICF, converge, pode ser visto como a convergência entre ciência e prática em coaching. Apresentar o resultado de pesquisa acadêmica no converge amplia o diálogo entre temas que pesquisadores aprofundam em seus estudos e assuntos instigantes com os quais coaches se deparam na prática. Tenho um interesse particular por situações complexas em coaching executivo, ou como diria uma autora querida, a Dima Louis (2015), coaching executivo além do óbvio.

Coaching executivo tem uma configuração intrigante: o trabalho de coaching é realizado entre o coachee e o coach e a relação de confiança entre ambos é fundamental para propiciar reflexão e transformação do coachee. Ao mesmo tempo, o fato da organização credenciar os coaches que irão trabalhar junto a executivos, e remunerar o coach cria uma relação entre a empresa e o coach que pode influenciar o processo de coaching. Além disso, a organização pode ser vista como o contexto no qual coaching se desenvolve, e sendo assim, a cultura da empresa, ou seja, o clima organizacional e a maneira que as relações se estabelecem, também influenciam o processo de coaching.

As instituições que zelam pela qualidade de coaching, tais como a própria ICF e o European Mentoring & Coaching Council (EMCC) explicitam que o cliente do processo de coaching é o executivo, e nomeiam a empresa como patrocinadora do coaching. Dessa maneira, a responsabilidade do coach é preservar os interesses do coachee, buscando ao mesmo tempo o apoio da empresa para que proporcione o desenvolvimento de seu executivo que participa do processo de coaching. Esse é um ótimo começo, porém, a experiência mostra que muitas vezes nem o coachee nem as pessoas que representam a organização estão conscientes de tais designações e de seus papeis. Embora nós coaches expliquemos os papeis e responsabilidades das pessoas envolvidas em coaching executivo, nem sempre tais papeis ficam claros ou são compreendidos de forma integral.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

A Interculturalidade do Coaching

(...) “Ainda que eu falasse a língua dos homens. E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.(...) ” São Paulo na Carta aos Coríntios. Toda vez, que eu Dulce, penso sobre este tema, várias coisas emergem em minha cabeça: ICF, coaching, diferenças, formas de pensar, agir, sentir, cultura, mudança, processo de aprendizagem, olhar, perceber, escutar, aprender, novo,... leia mais

13 minutos

A Liderança nos Países de Língua Portuguesa em África

Às casas, às nossas lavras às praias, aos nossos campos havemos de voltar Às nossas terras vermelhas do café brancas de algodão verdes dos milharais havemos de voltar   Trechos do poema de Agostinho Neto (Havemos de Voltar) Cá em África, a nossa esperança não é o nosso petróleo, são os nossos jovens Será África um continente pobre ou rico? África... leia mais

13 minutos

Eco Conversas com a Vulnerabilidade

Com frequência, como Coaches ou Supervisores, notamos que um dos maiores desafios dos nossos clientes está em permanecer conectado com o que realmente importa. O envolvimento com demandas e a pressão por cumprir tende a nos afastar do verdadeiro significado da vida e do trabalho e assim corremos o risco de sermos guiados por ambições e buscas que não são realmente nossas. Com o passar do... leia mais

12 minutos

Contribuições da AIT para o Coaching de Vida

O Coaching tem crescido vertiginosamente nos últimos anos, tanto no Brasil como mundialmente, sendo ferramenta eficaz nos processos de aprendizado, liderança, desenvolvimento humano e organizacional. O mesmo fenômeno está acontecendo com a Psicologia Transpessoal (PT) e com a Abordagem Integrativa Transpessoal (AIT). O objetivo do Coaching de vida é fazer com que o cliente equilibre todas... leia mais

13 minutos

A mudança de moralidade já aconteceu

Quando escrevi os Movimentos Humanos em 2014, o primeiro deles, A Desestruturação – movimento que aponta a quebra de estruturas que sustentam o status quo consolidado –, foi o mais óbvio a ser notado e explicado. De lá para cá, já andamos fortemente e retrocedemos rapidamente em diversos pontos. Ora ficava feliz ao perceber que estávamos escolhendo um novo status quo que se mostrava... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium