revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #79 - Dezembro 2019

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Contribuições das Constelações ao Coaching Executivo

Acaso você imaginaria um CEO de uma grande empresa, MBA em Harvard, fazendo uma constelação como passo inicial de um processo de coaching?  Isso aconteceu, e nos economizou algumas sessões, ou, se preferir, tornaram o processo de coaching mais cirúrgico.

O CEO em questão chega ao meu escritório para uma entrevista inicial para um processo de coaching. Contexto: Ele é jovem, ocupa a cadeira há mais ou menos quatro anos, sendo os três primeiros, parte de um processo de preparação para essa posição, período em que estava muito próximo de seu antecessor. Até aqui, tudo parece bem. No seu quarto ano de mandato, a empresa passa por um processo de fusão que a torna líder em seu segmento. O board de acionistas mais que dobra de tamanho, seu time executivo aumenta significativamente, numa cultura que surge meio espontaneamente, tal como uma planta que surge numa rachadura do asfalto, e ele nem sabe dizer que plantinha é essa. De um lado, pressão vinda dos acionistas para cumprir a promessa e os números que criaram sinergia e sentido para o movimento de fusão. De outro lado, um time executivo que não se conhecia bem, ou melhor dizendo, até a fusão eram arquirrivais. Mais um pouco abaixo, os colaboradores querendo mais luz e entendimento do que era essa nova empresa.

Passados cerca de 10 meses após a oficialização da fusão, estávamos sentados em meu escritório para contratar um processo de coaching para esse CEO. A complexidade do contexto desse CEO preencheu todos os espaços, usou todas as palavras e todos os silêncios disponíveis na nossa conversa. E pedia mais. Pensei em utilizar a constelação individual como um primeiro passo, e ao mesmo tempo me vinha a imagem do quanto uma constelação com representantes o ajudaria muito mais. Expliquei as diferenças de resultado se optássemos por uma via ou por outra. Não nego que fiquei muito contente quando ele optou pela constelação com representantes.

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Linguajeando Autenticamente

A biologia-cultural é uma das disciplinas fundadas por Humberto Maturana, biólogo chileno indicado ao prêmio Nobel de fisiologia a partir de seus estudos sobre a vida e o ser humano. Maturana considera o observador um ser não-estático. O observador é o ato de observar - assim como a onda não é a água e sim sua relação cinética – só podemos falar deste ao observar as dimensões de... leia mais

12 minutos

Responsabilidade Social: Projeto Fortalecer

As tempestades chegam apenas para testar nossas forças Coaching é uma prática que envolve desenvolver e cuidar de pessoas e, a partir desta perpectiva, início este artigo. Participar deste dossiê sobre Responsabilidade Social nesta conceituada revista é uma honra para mim. Fez emergir valores profundos e genuínos, conectados com a minha jornada recente de Liderança... leia mais

12 minutos

Responsabilidade Social: Todos Somos os Outros de Alguém

“Um dia ele chega tão diferente  do seu jeito sempre de chegar olhou-a de um jeito mais quente do que sempre costumava olhar (...)” Valsinha de Chico Buarque Se todos somos os Outros de alguém, vale repensar a máxima do livro: O Menino Maluquinho de Ziraldo que descobriu aos 10 anos que para o Outro você também é o Outro, então quem será o Eu? Para a... leia mais

11 minutos

Liderança Generativa e Propósito de Vida

Após mais de trinta anos de prática como advogado e líder de projetos e equipes em grandes escritórios, resolvi agregar novos desafios à minha vida – sair da famosa “zona de conforto”. Decidi construir uma nova trajetória profissional como mediador (“peace maker”), o que, com o passar dos anos, se tornou para mim uma nova paixão. A mediação, contudo, ainda é uma atividade em... leia mais

14 minutos

Equilíbrio Emocional em Tempos Turbulentos

A pandemia deixou claro como nossos símbolos de valor são frágeis, temos visto tudo desabando rapidamente, mas esse tipo de instabilidade tornou-se parte da nossa rotina. O mundo VUCA foi superado, a discussão é de um mundo BANI, percebido como Frágil (Brittle), Ansioso (Anxious), Não-linear (Nonlinear) e Incompreensível (Incomprehensible). Tentar controlar, interpretar ou evitar a... leia mais

15 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium