revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #73 - Junho 2019

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 73

Caros leitores,

tenho duas alegrias para compartilhar com todos vocês. A primeira é que a Revista Coaching Brasil completou 6 anos. São 73 edições normais mais uma edição especial feita para a ICF-Brasil. É uma marca muito significativa e expressiva em um mercado tão conturbado, atacado e disputado. Nos orgulhamos de ter conquistado a confiança de todos os grupos sérios que trabalham com o Coaching, como a ICF, a ABRH e o GEC do CRA-SP. Muitos dos nomes mais relevantes do mercado tem sido parceiros constantes, e encontram na revista um veículo confiável e digno de que invistam seu tempo para compartilhar seus saberes e sabores.

A segunda alegria tem a ver com o tema desta edição. Há algum tempo que estamos trazendo para nossas páginas, abordagens metodológicas específicas, para trazer mais luz aos nossos leitores sobre as diversas abordagens que existem no mercado, e como que podemos identificar aquelas que ecoam dentro de nós, e que por consequência, teremos muito conforto e prazer em utilizar.

Desta vez, trazemos uma que representa um marco no que é conhecido como Coaching moderno: o Inner Game, pensado e sistematizado por Tim Gallwey. Em nossa edição de número 1, em junho de 2013 fiz o primeiro contato com Renato Ricci, que representa o Inner Game no Brasil, para conseguir um material sobre Tim Gallwey. O resultado foi um perfil muito interessante do Tim, que pode ser lido em nosso site. Minha relação com Renato se estreitou, fiz a formação do Inner Game, e Renato participou com outros artigos no decorrer destes anos.

Agora, chegava a vez de aprofundar, de mostrar para nossos leitores a essência do tal “Jogo Interior”. Convidei Renato para coordenar este dossiê, e ele trouxe um time de estudiosos, difusores e principalmente praticantes desta, que mais que uma ferramenta, é uma forma de ver a si próprio e a própria vida, dentre eles o próprio Tim.

Como o próprio Renato diz, “o The Inner Game - O Jogo Interior - é uma filosofia baseada em pilares simples, porém profundos. É simples mas não simplória. O Jogo Interior é jogado a cada minuto, por todos nós. Entendermos seu mecanismo nos leva a uma outra dimensão de desenvolvimento.”

Acima de tudo, esta metodologia fala sobre o aprender.

Nas palavras de Tim, “Coaching é um processo de aprendizagem por experiências que deveria ser focado em gerar mobilidade nas pessoas.”

Neste enfoque, Tim gosta de chamar o coachee de “tomador de decisões”. Assim o papel do Coach passa a ser facilitar a mobilidade do “tomador de decisões”.

Fico muito feliz em ter o Tim na primeira edição e comemorando nosso sexto aniversário com um dossiê especial para ele e para nós.

Tenha uma excelente leitura.

Luciano Lannes

Editor

Artigo publicado em 03/06/2019
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 86

Caros leitores, que tema mais pertinente para o momento que vivemos. Vulnerável!!! O que significa isto? Segundo a etimologia, vulnerável vem do Latim VULNERABILIS, “o que pode ser ferido ou atacado”, de VULNERARE, “ferir”, de VULNUS, “ferida, lesão”, possivelmente de VELLERE, “rasgar, romper”. Assim, estar vulnerável é estar em uma posição desconfortável pois nos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 85

Caros leitores, este ano de 2020, não começou de forma tranquila como todos os outros. Entenda aqui este “tranquila” como aquela “normalidade” que nos permite fazer planos “normais”, como emagrecer, fazer exercícios, aprender inglês, etc. Agitações intensas na política, mudanças de rumo na economia, a escalada de uma intolerância e agressividade sem precedentes na sociedade,... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 84

Caros leitores, ahhhhh, a tal Felicidade. Tão cantada em versos e prosas e que cada vez mais ouvimos falar dela. Talvez as pessoas estejam buscando uma felicidade mais autêntica, legítima, e não apenas compensações momentâneas obtida em prazeres fugazes. Sim, muitos dos prazeres que temos na vida são reais e legítimos e precisamos atentar para não os transformar em elementos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 83

Caros leitores, este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história. Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 82

Caros leitores, Nesta edição trazemos um tema que também pelo qual também tenho grande admiração: Biografia. Já dizia o poeta que somos feitos de histórias, mas normalmente não temos a ideia do quanto. Cada da que vivemos é uma página desta história. Cada fato que nos acontece é um misto de nossas escolhas cruzando com o rio da vida. Cada fato marcante deixa marcas com os... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium