revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #63 - Agosto 2018

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 63

Caro leitor,

após uma edição sobre vendas em Coaching, um tema delicado e que foi tratado com muita maturidade no dossiê coordenado por Simone Kramer, sentimos a necessidade de dar um passo a mais no sentido de aprofundar a discussão sobre as questões éticas que envolvem a divulgação, as ofertas, o processo de venda e o pós venda.

O tema Coaching está desgastado no mercado exatamente porque aqueles que o vêem como uma mercadoria, o “coisificam” e, assim, ocorre uma distorção em todo o foco do processo. Em seu texto “Coaching não é mercadoria”, Robson Santarém alerta para o processo de mercantilização do Coaching. Utilizando as mídias digitais como principal canal de comunicação, alguns oportunistas e outros acreditando fazer o que precisa ser feito, elaboram chamadas cada vez mais provocativas para chamar a atenção dos internautas.

Supostos mentores de coaches convocam recém formados a lotar suas agendas e a fazer uma primeira sessão inesquecível. Nestas atitudes vemos o foco colocado no Coaching enquanto produto e não como processo que é. De acordo com a ICF, “Coaching é um processo de acompanhamento reflexivo e criativo feito em parceria com os clientes, objetivando inspirá-los a maximizar o seu potencial pessoal e profissional”. Quando é feito um planejamento inicial de primeira sessão “inesquecível” para “fisgar” o cliente, retira-se o foco do coachee, de um primeiro encontro de pura prospecção, conhecimento, exploração e o foco passa ao coach, que precisa impressionar de alguma forma seu futuro cliente. É muito ego envolvido.

Eva Hirsch, em seu texto “Sua reputação é seu maior argumento de vendas”, fala sobre a equação da confiança desenvolvida por Green & Howe:

CONFIANÇA = Credibilidade+Confiabilidade+Proximidade/Auto-interesse

O “auto-interesse” é quanto a pessoa objeto da confiança coloca o foco em si própria ou no cliente. Quanto mais ela colocar o foco em si, em suas habilidades maravilhosas, suas formações fantásticas, etc, menor será a confiança, pois o cliente percebe que a pessoa está mais interessada nela própria do que efetivamente no cliente.

Enfim, todos estes aspectos merecem um olhar crítico e esta edição premia este questionar ético sobre como encarar um processo de abordagem, venda e pós venda em Coaching.

Tenha uma excelente leitura.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 31/08/2018
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 131 - Assédio

Olá, nessa edição trazemos um tema muito importante e, longe de ser novo, tem ganhado espaço na mídia e nas postagens do Linkedin. Trata-se do Assédio na organização. Assédio, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) configura-se assédio moral o “processo contínuo e reiterado de condutas abusivas que, independentemente de intencionalidade, atentem contra a integridade,... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 130 - Sobre o Essencial

Olá, como você que nos acompanha já deve ter percebido, nossos dossiês vão aprofundando questões importantes sobre Ser Humano, e nossa temporária jornada nesse planeta. Estamos a três meses falando sobre o “Essencial”, sob diferentes abordagens. Ficou claro como consideramos isso importante? À medida que o tempo vai passando e vamos envelhecendo, é recomendável... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 129 - Essencial - parte 2

Olá, nessa parte 2 falando sobre leituras essenciais para quem se dedica a pesquisa e descoberta do mundo maravilhoso do desenvolvimento humano, fiz a seleção por temas de edições. Confesso que revisitar cada edição foi uma viagem no tempo, lembrando como cada edição foi concebida, quem e porque foi convidado a escrever, como as conversas se desenrolaram, a primeira leitura... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 128

Olá, Esse início de ano resolvi inovar. Sim, fazer diferente, ouvir as emoções, os acontecimentos, o entorno e o mercado. 2023 foi um ano muito desafiador para a revista, com as mudanças políticas, crises internacionais e muitas empresas fazendo cortes, reestruturações, e buscando novas fórmulas para o “fazer mais com menos”. Em novembro tivemos nossas contas do Instagram... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 127 - Confiança

Olá, Nessa edição trazemos a reflexão sobre a importância de um valor tão essencial para a vida humana: Confiança. Se pensarmos em família, relacionamentos amorosos e amizades, fica claro que a confiança é um valor que precisa estar presente para que estas relações, de fato existam. Muitas vezes, famílias relações amorosas e amizades são destruídas porque a confiança foi... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium