revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #102 - Novembro 2021

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Um outro olhar - Ed. 102

Nosso coach João nos traz o seguinte caso: iniciei um processo de coaching com um executivo de uma empresa do setor financeiro. Estou surpreso com a falta de repertório sobre sentimentos do meu cliente: ele é muito introvertido e consegue basicamente distinguir dois estados: triste ou feliz. Quando pergunto o que ele sente ou sentiu frente a qualquer situação, ele faz descrições racionais do que aconteceu. Parece que sentimentos e emoções não fazem parte de seu universo e sinto que é difícil me conectar com ele. Como posso apoiar meu cliente?

João, quando falamos de emoções e sentimentos, é útil distinguir a diferença entre os dois termos, porque essa diferenciação pode ajudar a entender como as pessoas agem. Pamela McLean (2019) esclarece que emoção é uma experiência fisiológica que nos fornece dados sobre nosso mundo e sentimento diz respeito a nossa consciência sobre a emoção. A autora esclarece que dessa maneira, quando somos capazes de identificar pistas fisiológicas de uma emoção trazendo um sentimento à consciência, isso nos permite nomear o sentimento e, finalmente, fazer escolhas sobre como queremos agir em relação ao sentimento.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Um outro olhar - Ed. 111

Nossa coach Maria nos traz o seguinte caso: estou facilitando 4 grupos de coaching de grupos em uma empresa e tomei bastante cuidado para que líderes e liderados não estejam no mesmo grupo. Todos os participantes concordaram que tudo o que é compartilhado no grupo é tratado como informação privilegiada e as pessoas se comprometeram em manter o sigilo do conteúdo das sessões de coaching de... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 110

Nosso coach João nos traz o seguinte caso: estou conduzindo processos de coaching de grupo em uma empresa e fiquei muito indignado! Recebi uma mensagem da coordenadora de RH dizendo que queria ter uma conversa comigo para saber qual o andamento dos grupos. É inacreditável que a própria pessoa de RH, que inclusive participa de um dos grupos e sabe que o conteúdo das sessões é confidencial,... leia mais

5 minutos

Um outro olhar - Ed. 109

Nossa coach Maria nos traz o seguinte caso: estou incomodada com o término de processos de coaching executivo. Em geral contrato com a organização que patrocina o processo um número de sessões de coaching específico e esse conjunto é adequado para trabalhar junto ao cliente os temas pertinentes. Porém, algumas vezes sinto que o cliente poderia se beneficiar de mais algumas sessões.... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 108

Nosso coach João nos traz o seguinte caso: estou me sentindo frustrado quanto a minha atividade como coach. Levo minha atuação muito a sério: sempre tenho em mente que a agenda é do cliente, me seguro para não dar qualquer conselho e fico concentrado em fazer perguntas poderosas. Mantenho uma lista de perguntas à mão para sempre estar preparado. Entretanto, algumas vezes me sinto mal,... leia mais

6 minutos

Um outro olhar - Ed. 107

Nossa coach Maria nos traz o seguinte caso: uma cliente me procurou para um processo de coaching de carreira. Ela havia sido demitida e queria investir tempo e energia para repensar sua carreira. Na reunião de empatia acordamos 7 encontros, com ferramentas definidas, periodicidade das sessões, e expectativa de resultados frente ao processo. Depois de 4 sessões de coaching ela decidiu aceitar... leia mais

5 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium