revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #98 - Julho 2021

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Métodos de Grupos e suas diferenças para ativar a Inteligência Coletiva

‘A colaboração é o ato físico de fazer conexões novas e inéditas. Quando duas ou mais pessoas trabalham juntas por um objetivo compartilhado, o resultado do trabalho é diferente da soma das contribuições.” Benjamin Hardy

Existem muitos métodos de trabalho em grupo que têm como objetivo estimular a troca de saberes, a colaboração e a inteligência coletiva a partir de diálogos.  Muitas pessoas me perguntam quais são as principais diferenças especialmente em relação a dois deles: o Action Learning e o Codesevolvimento. Acredito que um dos motivos desses questionamentos vem do fato de que o Action Learning foi uma fonte de inspiração para Adrian Payette e Claude Champagne, criadores do Codesenvolvimento, e, portanto, com muitas similaridades.

Como ponto de partida para falarmos sobre isso vamos olhar com mais detalhes as próprias definições de cada abordagem:

Segundo a WIAL (World Institute of Action Learning), Action Learning é “um método para resolução de problemas complexos, importantes e urgentes e envolve um pequeno grupo de pessoas que reflete e aprofunda o entendimento de um problema real até suas raízes. A partir do consenso sobre esse problema ou desafio essas pessoas criam um plano de ação.” 

Para os criadores do Codesenvolvimento, Adrien Payette e Claude Champagne, “O grupo de codesenvolvimento profissional consiste em uma abordagem de grupo aberta, colaborativa e apreciativa para reflexão sobre ação. O objetivo é construir uma comunidade profissional de prática em torno de um pequeno número de pessoas que desejam dedicar tempo e recursos para se apoiarem mutuamente e aprenderem juntos, a fim de se tornarem mais eficazes. Essas pessoas têm um projeto comum para articular suas melhores práticas e aconselharem-se mutuamente ampliando seu entendimento e estratégias de ação sobre suas preocupações, problemas e projetos; eles também podem realizar ações que tenham um impacto em sua comunidade.”

Para ler este artigo completo...
é necessário, pelo menos, criar seu conta gratuita.
Faça seu login Crie sua conta gratuita ou Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Empatia Eficaz: a chave para o coaching transformacional

(Practice – Accurate Empathy: the key to masterful coaching) A palestra aconteceu em um tom de conversa informal, com muita maestria pessoal e toques de emoção genuína por parte do Dr. D Ivan Young. Algumas ideias centrais merecem estar neste texto, não por serem novas, mas por trazerem profundidade no tema e desafios gigantes para os coaches que desejam fazer a diferença na... leia mais

14 minutos

O que significa ser “alfabetizado em futuros”?

Ser alfabetizado no futuro significa compreender que existem diferentes sistemas de antecipação. São diferentes maneiras de imaginarmos o futuro e diferentes razões para imaginar o futuro. A proposição básica é que o futuro só́ pode ser imaginário. Precisamos entender por que e como nossa imaginação criou imagens do futuro, baseando-se em suposições ou molduras. Portanto, para... leia mais

8 minutos

Pais imperfeitos, filhos resilientes: o poder da autocompaixão

Apesar de conhecido como fundador da psicologia positiva, meu professor de mestrado, Martin Seligman, construiu a carreira estudando depressão. E como um bom pesquisador, nos incentivava a refletir sobre perguntas para as quais ele ainda não havia encontrado respostas. Uma das mais recorrentes era: por que estamos deprimindo cada vez mais? Por mais que o mundo tenha muito espaço para mudanças... leia mais

15 minutos

Há (muita) vida após a Burnout

Eu vi o chão sumir debaixo dos meus pés. Perdi a direção. Perdi o ânimo. Perdi a confiança em mim mesma e nas pessoas. Foram cinco anos de dor, de exaustão, de promessas mágicas de cura, de destruição da minha autoestima, de traumas e de lutos. Luto por quem eu achava que era, luto pelo ambiente que me adoeceu, luto pela cultura que glorifica o excesso de trabalho e... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium