revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #93 - Fevereiro 2021

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 93

Caros leitores,

Trazer temas novos, inovadores, antigos ou pouco explorados tem sido nosso desafio, e o fazemos com empenho e amor.

Conversando com Marta Magnus, no final de novembro de 2020, ela sugeriu uma edição sobre Liderança Generativa. Em meados de dezembro já estávamos combinando que seria a edição 93 de fevereiro de 2021. Assim foi. Super animada, Marta já conversou com o “Papa”, no caso Bob Dunham, que vem estudando e sistematizando a disciplina da Liderança Generativa desde 1981. Bob assina um dos artigos de nosso dossiê.

Além de Bob, Marta também trouxe Maribell González Encinales, Daniel Silva, Franciele Ropelato e Ricardo D. C. Barcellos para completarem o time.

Falar sobre Liderança Generativa, é falar sobre uma nova forma de ver e interpretar o mundo. É rever toda nossa forma de interagir, conversar, ouvir e principalmente agir.

Protagonismo e ação consciente são pontos de destaque nesta metodologia, que podemos melhor chamar de filosofia de vida. Aliás, o leitor vem notando que a maior parte do que o mercado toma como técnicas e ferramentas, na verdade requerem assimilação e ação consciente por parte de quem pratica e aplica. Assim, deixa de ter um uso utilitário, focado em resultados e performance, para tornar-se parte coerente do jeito de ser e agir no mundo. Como diz Bob, “São as conversas para novas possibilidades que produzem os resultados que mais importam”.

Marta diz na apresentação do dossiê: “O discurso generativo não é uma ferramenta, muito menos mágica. É a possibilidade concreta de desenvolvermos um observador capaz de ver o que não víamos antes, e poder atuar de forma coerente a isso. Ainda, é capaz de nos convidar a fazermos isso com outros. Este discurso nos devolve dimensões humanas que estão adormecidas em nós: a criatividade, a autonomia, a colaboração, a inspiração, a liderança, a liberdade, a felicidade, o protagonismo, o poder de realizar”.

Espero que neste tempo “maluco” no qual vivemos neste início de 2021, onde temos a oportunidade de revisitar valores, propósito e ações, este dossiê, junto com tantos outros, anteriores e futuros, possam te ajudar a formar a tua colcha de retalhos de significados e sentidos da vida, dos relacionamentos e o que realmente importa nutrirmos e fazemos aqui.

Aprecie nossas outras colunas que trazem também muita informação, reflexão e propostas.

Lembro que seu apoio na divulgação da Revista Coaching Brasil é fundamental. 85% de nossos assinantes vem através de indicações. Compartilhe nossas postagens com pessoas queridas e afinadas com um conteúdo relevante e de qualidade.

Tenha uma excelente leitura.

Luciano Lannes Editor

Artigo publicado em 30/01/2021
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 96

Caros leitores, em seu artigo, Carolina Messias e Michelle Prazeres citam o sociólogo francês Philippe Zarifian, que conceitua o termo “comunicação autêntica” como: “um processo pelo qual se instaura uma compreensão recíproca e se forma um sentido compartilhado, resultando em um entendimento sobre as ações que os sujeitos envolvidos são levados a assumir juntos ou de maneira... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 95

“As pessoas são contratadas pelas suas competências técnicas e são demitidas pelas suas incompetências comportamentais”. Esta frase é muito conhecida pela maioria daqueles que trabalham com pessoas, principalmente no meio organizacional. Os manuais sobre o sucesso não se cansam de frisar que muito mais importante do que o seu QI, sua capacidade cognitiva, especialmente no que... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 94

Caros leitores, “– A minha vida está nesta floresta, meu ninho e tudo que eu construí, assim como todos vocês. Não quero que ela seja destruída, e partiria meu coração saber que não fiz nada para tentar salvá-la. Então, eu estou fazendo o que posso para tentar combater esse fogo e salvar o que é importante para mim.” Esta foi a resposta do Beija-Flor quando perguntado sobre sua... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 92

Caros leitores, o ano de 2020 já é uma marca, não só na vida de cada um de nós que o vivemos, mas na história da humanidade. Até então, falávamos que vivíamos em um mundo VUCA, volátil, incerto, complexo e ambíguo. Sim, era verdade, mas não tínhamos ideia de como poderia ser potencialmente mais volátil, incerto, complexo e ambíguo. Creio que o momento não pode ser mais adequado... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 91

Olá caros leitores,mais uma edição para lá de especial. Falar sobre Visão de Mundo, é um desafio e uma provocação para que cada pessoa questione, pesquise, cutuque e desvende sua própria visão de mundo. Cada um de nós enxerga o mundo de uma forma diferente. A forma como o vemos e, principalmente como o interpretamos e atribuímos significado, tem muito a ver como nossos pais,... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium