revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #89 - Outubro 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Nossos próprios recursos estimulam a Espiritualidade

“Não somos seres humanos passando por experiências espirituais, somos seres espirituais passando por uma experiência humana”
Pierre Teillard de Chardin


O momento atual em que vivemos, nos traz sentimentos de expectativa, apreensão e também de medo. E é exatamente nesses momentos que desconfiamos de nossas capacidades, talentos e propósitos.

Nos esquecemos de nossas metas, nossa resiliência e nossas capacidades. E é exatamente nesses momentos que podemos usar nossas “ferramentas”. Esquecemos que temos muitas saídas que estão adormecidas por não estarem sendo usadas. Esperamos que venha de fora alguma ajuda, algum milagre possa acontecer para sairmos desse aprisionamento de nós mesmos.

Costumo chamar da “malhação do espírito”, precisamos exercitar nosso cérebro, assim como se exercita o nosso corpo. Para isso temos que focar no presente, e procurar várias maneiras de estarmos em relaxamento, fora da tensão.

Não ficar repetindo mentalmente as mesmas conversas que aconteceram ou nunca acontecerão, a conversa que nunca existiu dura por muito em nossos pensamentos. Nossas respostas não foram dadas adequadamente no passado, e no futuro, provavelmente teremos uma atitude sem reatividade.

A meditação é outro elemento para nos faz centrar no momento, e nos aliviar a tensão momentânea. Ao contrário do que se diz, não é preciso meditar por horas, ou estar em algum monastério do Tibet para sairmos do que nos aflige. Nem achar que estaremos pensando em algo, ao contrário, estaremos não tendo pensamento algum. Nem como aquela piada: “Venha Paz Interior, eu não tenho o dia todo”. É comprovada a eficácia da Meditação no nosso físico, como aumentar a imunidade e reequilibrar o sistema nervoso. Lembrar que a melhor meditação é a que você consegue fazer e se sentir bem. Não importam os minutos, para começar, basta a disciplina da prática. Todos os dias, em determinado horário. O silenciar nossos pensamentos desordenados, nos faz já nos sentirmos bem. Ela estimula a nossa atenção, nosso autocontrole e a empatia com nosso semelhante.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Desafio da imunidade à mudança em uma equipe

Como coaches, somos convidados em diversas situações para “resolver o problema da equipe por definitivo” ou para “motivar colaboradores”. Esses convites sempre criaram em mim alguns desconfortos, até que adotei – tanto por hábito e baseada na minha ética profissional –  a prática de esclarecer e reforçar junto a esses clientes que naquelas situações era preciso lidar com... leia mais

20 minutos

Desenvolvendo Líderes e Times Baseados em Pontos Fortes

“Uma abordagem baseada em pontos fortes aumenta sua confiança, seu direcionamento, sua esperança e sua gentileza em relação a outras pessoas.” Tom Rath A atuação de um profissional evolui quando ele reconhece, aprecia e passa a aplicar seus pontos fortes diariamente. Um gestor, ao identificar os pontos fortes de sua equipe, começa a valorizar cada membro e a organizar... leia mais

13 minutos

A Interculturalidade do Coaching

(...) “Ainda que eu falasse a língua dos homens. E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.(...) ” São Paulo na Carta aos Coríntios. Toda vez, que eu Dulce, penso sobre este tema, várias coisas emergem em minha cabeça: ICF, coaching, diferenças, formas de pensar, agir, sentir, cultura, mudança, processo de aprendizagem, olhar, perceber, escutar, aprender, novo,... leia mais

13 minutos

A Liderança nos Países de Língua Portuguesa em África

Às casas, às nossas lavras às praias, aos nossos campos havemos de voltar Às nossas terras vermelhas do café brancas de algodão verdes dos milharais havemos de voltar   Trechos do poema de Agostinho Neto (Havemos de Voltar) Cá em África, a nossa esperança não é o nosso petróleo, são os nossos jovens Será África um continente pobre ou rico? ... leia mais

13 minutos

Eco Conversas com a Vulnerabilidade

Com frequência, como Coaches ou Supervisores, notamos que um dos maiores desafios dos nossos clientes está em permanecer conectado com o que realmente importa. O envolvimento com demandas e a pressão por cumprir tende a nos afastar do verdadeiro significado da vida e do trabalho e assim corremos o risco de sermos guiados por ambições e buscas que não são realmente nossas. Com o passar do... leia mais

12 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium