revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #86 - Julho 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Pen It!: Fazendo amizade com nossas vulnerabilidades.......em uma página

{"Escrevo inteiramente para encontrar o que estou pensando, o que estou vendo, o que vejo e o que isso significa, o que quero e o que temo"}

Joan Didion [1]

Ficar cara a cara com a nossa própria vulnerabilidade faz parte da jornada de cada pessoa ao logo da vida. O que fazemos quando estamos nesses pontos sensíveis tem sido o material para grandes poesias, filmes, músicas e histórias ao longo da história. Cada conto de um herói inclui enfrentar uma grande provação pessoal ou uma série de provações. Isso é verdade para nós e para nossos clientes. A vulnerabilidade está sempre presente em qualquer vida humana e a única escolha que temos é como escolhemos abraçar ou resistir a seus dons requintados - especialmente agora que a pandemia global nos lembra novamente a fragilidade inata, a preciosidade e as vulnerabilidades de nossas vidas, as pessoas que amamos e as comunidades que servimos. Nosso trabalho está nos convidando a sentar e prestar testemunho compassivo das perguntas de nossos clientes, que, em um processo paralelo, também estamos enfrentando em nossas próprias vidas.

Um cliente traz algo que os leva até um limiar de sua competência, histórias que eles possam ter sobre si mesmos ou sobre seu nível de conforto sobre o que precisa mudar. Como coach ou supervisor, podemos ficar surpresos quando nossas próprias histórias sobre quem pensamos que somos, as expectativas e suposições que temos reacendem à medida que trabalhamos nos problemas e desafios que nossos clientes trazem. Quando trabalhamos sob supervisão, percebemos que pode ser muito fácil querer mudar rapidamente para um território mais confortável ou positivo. No entanto, quando estamos dispostos a pausar e trabalhar com a vulnerabilidade, testamos nossa própria capacidade de estar realmente presente para nós mesmos e estar em plena presença relacional com o nosso cliente, para que tenhamos a banda larga necessária para o ouro transformador que existe dentro dele.

Descobrimos que a escrita reflexiva criativa pode nos fornecer uma âncora consistente, uma base e um recurso rico para nos ajudar a superar essas dificuldades e estar com o que é sem medo de fugir, lutar ou congelar. Descobrimos que, quando pegamos uma caneta e começamos a registrar um diário, criamos uma bolha na qual estamos conosco de uma maneira diferente. Podemos até ter uma voz diferente que aparece na folha em branco enquanto escrevemos. Este artigo explora um pouco da teoria por trás da escrita reflexiva. Em seguida, oferecemos três práticas reflexivas de redação, que temos trabalhado e que você pode experimentar por si mesmo.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Coaching Baseado em Pontos Fortes

A abordagem do coaching de Pontos Fortes vem sendo desenvolvida pela Gallup há décadas, baseada no sonho de Don Clifton de que pudéssemos olhar cada ser humano a partir do que tem de melhor. E tal abordagem vem revolucionando a forma como as pessoas pensam sobre desenvolvimento humano, profissional e empresarial. Talentos e Pontos Fortes O coaching orientado pelos pontos fortes dos... leia mais

13 minutos

O Trabalho do Terapeuta Organizacional com base na AIT

Você acha que é possível se permitir sentir quando está trabalhando? Esta pergunta pode parecer ter uma resposta óbvia, e esta resposta vinda de sua mente poderá ser: “sim”. O que fico aqui me perguntando é que se isso parece tão óbvio, para muitos de nós, por que majoritariamente o ambiente organizacional tem se mostrado um contexto frio, insensível, composto de pessoas usando... leia mais

12 minutos

Os caminhos para uma cultura de felicidade nas organizações

A pressão pelo sucesso profissional e a forma como gerimos as prioridades em nossas vidas parece não estar funcionando muito bem, acelera a necessidade de “ter” e “fazer” e com isso, a maioria das pessoas não expõe suas vulnerabilidades, não se expressam com autenticidade, convivem com lideranças tóxicas e acabam se decepcionando com sua escolha de carreira. Afinal, não há... leia mais

11 minutos

O Coaching Evolutivo no momento atual da Humanidade

Vou começar esse artigo com 3 frases que me ajudaram a entender de forma mais profunda o universo das ideias sobre valores, níveis de desenvolvimento e consciência estruturados por Richard Barrett, que é na minha visão, uma das maiores autoridades sobre cultura e valores.  Nos últimos anos ele escreveu uma série de livros falando sobre o tema desse artigo e sobre novas formas de... leia mais

15 minutos

As etapas do trabalho biográfico e as artes plásticas como linguagem do processo

1-Visão panorâmica da própria biografia  Ao passar por um processo biográfico a pessoa revê passo a passo, a trajetória de sua vida, os impulsos, sentimentos e anseios que permearam as suas experiências, desde a lembrança mais remota até o momento atual. Ela tem, ao final desta retrospectiva, uma visão panorâmica de sua própria vida. Esta vivência é diferente da mera... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium