revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #83 - Abril 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 83

Caros leitores,

este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história.

Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais fundamentais, pois estruturam a forma como interpretamos a própria vida e nos posicionamos frente aos desafios que surgem.

Conhecer o Marcell, assim como seu sócio e amigo Alexandre Marques, que coordenou a edição 81, foi um dos grandes presentes de fechamento do ano de 2019. Naquele momento em nossa conversa veio a ideia de uma edição sobre “valores” e Marcell aceitou o desafio de coordená-la. Aprofundou-se em seus estudos, pesquisou, conversou, contatou sua rede e trouxe pessoas excepcionais para nos fazer pensar mais sobre “valores”, o que não poderia ser em melhor hora.

Na apresentação do dossiê, Marcell nos traz uma frase de Richard Barrett, que não poderia ser mais simbólica e oportuna. Em seu texto Marcell diz: “Sou um admirador de Richard Barrett, um nome que você vai ler muito nos artigos e talvez conhecer mais. Ele tem uma frase que resume o que pode ser nosso grande passo nesse momento: “No século XXI a corrida pelo lucro será substituída pela corrida por valores”. Que vençamos todos, juntos!”

Esta edição traz também a estreia de uma nova coluna: “Observatório do Coaching” que será conduzida por Rosa Krausz. Até esta edição, Rosa já soma 18 artigos publicados, sendo que o primeiro foi em nossa primeira edição. No primeiro artigo desta coluna, Rosa traz uma reflexão sobre o impacto das tecnologias sobre o Coaching.

Com o sincero pensamento de que nossa humanidade possa despertar para aspectos mais essenciais e profundos, e que esta seja uma revolução positiva que recalibre a hierarquia do que o ser humano busca e valoriza, espero que todos tenham uma excelente leitura.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 07/04/2020
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 95

“As pessoas são contratadas pelas suas competências técnicas e são demitidas pelas suas incompetências comportamentais”. Esta frase é muito conhecida pela maioria daqueles que trabalham com pessoas, principalmente no meio organizacional. Os manuais sobre o sucesso não se cansam de frisar que muito mais importante do que o seu QI, sua capacidade cognitiva, especialmente no que... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 94

Caros leitores, “– A minha vida está nesta floresta, meu ninho e tudo que eu construí, assim como todos vocês. Não quero que ela seja destruída, e partiria meu coração saber que não fiz nada para tentar salvá-la. Então, eu estou fazendo o que posso para tentar combater esse fogo e salvar o que é importante para mim.” Esta foi a resposta do Beija-Flor quando perguntado sobre sua... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 93

Caros leitores, Trazer temas novos, inovadores, antigos ou pouco explorados tem sido nosso desafio, e o fazemos com empenho e amor. Conversando com Marta Magnus, no final de novembro de 2020, ela sugeriu uma edição sobre Liderança Generativa. Em meados de dezembro já estávamos combinando que seria a edição 93 de fevereiro de 2021. Assim foi. Super animada, Marta já conversou com o... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 92

Caros leitores, o ano de 2020 já é uma marca, não só na vida de cada um de nós que o vivemos, mas na história da humanidade. Até então, falávamos que vivíamos em um mundo VUCA, volátil, incerto, complexo e ambíguo. Sim, era verdade, mas não tínhamos ideia de como poderia ser potencialmente mais volátil, incerto, complexo e ambíguo. Creio que o momento não pode ser mais adequado... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 91

Olá caros leitores,mais uma edição para lá de especial. Falar sobre Visão de Mundo, é um desafio e uma provocação para que cada pessoa questione, pesquise, cutuque e desvende sua própria visão de mundo. Cada um de nós enxerga o mundo de uma forma diferente. A forma como o vemos e, principalmente como o interpretamos e atribuímos significado, tem muito a ver como nossos pais,... leia mais

4 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium