revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #83 - Abril 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 83

Caros leitores,

este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história.

Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais fundamentais, pois estruturam a forma como interpretamos a própria vida e nos posicionamos frente aos desafios que surgem.

Conhecer o Marcell, assim como seu sócio e amigo Alexandre Marques, que coordenou a edição 81, foi um dos grandes presentes de fechamento do ano de 2019. Naquele momento em nossa conversa veio a ideia de uma edição sobre “valores” e Marcell aceitou o desafio de coordená-la. Aprofundou-se em seus estudos, pesquisou, conversou, contatou sua rede e trouxe pessoas excepcionais para nos fazer pensar mais sobre “valores”, o que não poderia ser em melhor hora.

Na apresentação do dossiê, Marcell nos traz uma frase de Richard Barrett, que não poderia ser mais simbólica e oportuna. Em seu texto Marcell diz: “Sou um admirador de Richard Barrett, um nome que você vai ler muito nos artigos e talvez conhecer mais. Ele tem uma frase que resume o que pode ser nosso grande passo nesse momento: “No século XXI a corrida pelo lucro será substituída pela corrida por valores”. Que vençamos todos, juntos!”

Esta edição traz também a estreia de uma nova coluna: “Observatório do Coaching” que será conduzida por Rosa Krausz. Até esta edição, Rosa já soma 18 artigos publicados, sendo que o primeiro foi em nossa primeira edição. No primeiro artigo desta coluna, Rosa traz uma reflexão sobre o impacto das tecnologias sobre o Coaching.

Com o sincero pensamento de que nossa humanidade possa despertar para aspectos mais essenciais e profundos, e que esta seja uma revolução positiva que recalibre a hierarquia do que o ser humano busca e valoriza, espero que todos tenham uma excelente leitura.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 07/04/2020
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 100

Caros leitores, tenho tanto a compartilhar, falar, comentar, e ao mesmo tempo, um cansaço me invade a alma. Vivemos em uma sociedade que cultua a felicidade fácil, eterna, incondicional, que até originou o termo felicidade tóxica. Vivemos os tempos do empreendedorismo rumo ao sucesso, onde em vídeos e textos, experiências fantásticas são compartilhadas, do zero aos múltiplos... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 99

Caros leitores, falar sobre Burnout é muito importante, ainda mais em tempos de confinamento, isolamento social e uma sobrecarga de trabalho cada vez mais relatada e comentada. Quando defino um tema para o dossiê, o primeiro passo é eleger quem fará a coordenação, função mais que fundamental, pois esta figura, além de notório saber sobre o assunto, necessariamente precisa possuir... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 98

Caros leitores, foi no dia 26 de fevereiro de 2021 que Christine Bona De Napoli, em uma conversa que tivemos no WhatsApp, me propõe um dossiê sobre Codesenvolvimento. Começamos a papear,  e ela, apaixonadamente, começa a falar sobre a metodologia, origem, fundadores e as possibilidades que esta abordagem pode trazer para o mundo do Coaching e de quem trabalha com Desenvolvimento Humano... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 97

Caros leitores, esta é uma edição especial e comemorativa. Ela marca os oito anos desta caminhada, iniciada em uma viagem que fiz a Canela, no Rio Grande do Sul, para participar de uma formação em Storytelling, que também já foi tema de um dossiê. Naquela ocasião, já com minha consultoria há 5 anos, pensava em minha vida e carreira, e sentia que havia um espaço a ser... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 96

Caros leitores, em seu artigo, Carolina Messias e Michelle Prazeres citam o sociólogo francês Philippe Zarifian, que conceitua o termo “comunicação autêntica” como: “um processo pelo qual se instaura uma compreensão recíproca e se forma um sentido compartilhado, resultando em um entendimento sobre as ações que os sujeitos envolvidos são levados a assumir juntos ou de maneira... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium