revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #82 - Março 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

As etapas do trabalho biográfico e as artes plásticas como linguagem do processo

1-Visão panorâmica da própria biografia

 Ao passar por um processo biográfico a pessoa revê passo a passo, a trajetória de sua vida, os impulsos, sentimentos e anseios que permearam as suas experiências, desde a lembrança mais remota até o momento atual. Ela tem, ao final desta retrospectiva, uma visão panorâmica de sua própria vida. Esta vivência é diferente da mera recordação. O processo biográfico é de tal natureza que a pessoa enxerga o caminho que percorreu estender-se no horizonte do seu pensar como se ela contemplasse uma paisagem viva. A visão panorâmica da própria vida situa-se no campo da vivência imaginativa, através da qual as nossas recordações se organizam em uma única imagem.

Os fatos biográficos ocorrem no plano da existência física, do espaço e tempo: “isto ocorreu de fato”. Através da retrospectiva biográfica ordenamos, cronologicamente, as recordações dos fatos e vivências que se encontram amontoados na memória. A ordenação das memórias intensifica o potencial das forças vitais que permeiam a nossa vida anímica e são portadoras de recursos infinitos para o nosso crescimento pessoal. Ocorre uma intensificação da autoconsciência através da experiência direta de “quem eu sou ”. Ao final da retrospectiva biográfica, atingimos um estado de consciência em que percebemos o dinamismo da própria existência, nos vivenciamos como um ser em evolução e transformação contínua. Esta experiência, originada no íntimo, ativa as forças do pensar, sentir e querer, fazendo brotar entusiasmo e possibilidades em relação ao futuro. A pessoa, geralmente, sente-se ao final de um processo biográfico motivada e reintegrada à vida. Este sentimento de euforia equivale a um novo florescer; é uma lei inerente aos processos de síntese. Esta intensificação da autoconsciência é o primeiro passo para o autoconhecimento e, consequentemente, para um autodesenvolvimento consistente.

Artes Plásticas como linguagem do processo biográfico

A arte faz a ponte entre a biografia externa e a biografia interna. Ela torna-se mediadora entre a realidade dos fatos e a realidade subjetiva. Aquarela, desenho, modelagem são algumas das formas de investigação da vida interior e um meio eficiente para expressar a dinâmica entre as forças anímicas e a consciência.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Coaching Baseado em Pontos Fortes

A abordagem do coaching de Pontos Fortes vem sendo desenvolvida pela Gallup há décadas, baseada no sonho de Don Clifton de que pudéssemos olhar cada ser humano a partir do que tem de melhor. E tal abordagem vem revolucionando a forma como as pessoas pensam sobre desenvolvimento humano, profissional e empresarial. Talentos e Pontos Fortes O coaching orientado pelos pontos fortes dos... leia mais

13 minutos

Pen It!: Fazendo amizade com nossas vulnerabilidades.......em uma página

{"Escrevo inteiramente para encontrar o que estou pensando, o que estou vendo, o que vejo e o que isso significa, o que quero e o que temo"} Joan Didion [1] Ficar cara a cara com a nossa própria vulnerabilidade faz parte da jornada de cada pessoa ao logo da vida. O que fazemos quando estamos nesses pontos sensíveis tem sido o material para grandes poesias, filmes, músicas e histórias ao... leia mais

13 minutos

O Trabalho do Terapeuta Organizacional com base na AIT

Você acha que é possível se permitir sentir quando está trabalhando? Esta pergunta pode parecer ter uma resposta óbvia, e esta resposta vinda de sua mente poderá ser: “sim”. O que fico aqui me perguntando é que se isso parece tão óbvio, para muitos de nós, por que majoritariamente o ambiente organizacional tem se mostrado um contexto frio, insensível, composto de pessoas usando... leia mais

12 minutos

Os caminhos para uma cultura de felicidade nas organizações

A pressão pelo sucesso profissional e a forma como gerimos as prioridades em nossas vidas parece não estar funcionando muito bem, acelera a necessidade de “ter” e “fazer” e com isso, a maioria das pessoas não expõe suas vulnerabilidades, não se expressam com autenticidade, convivem com lideranças tóxicas e acabam se decepcionando com sua escolha de carreira. Afinal, não há... leia mais

11 minutos

O Coaching Evolutivo no momento atual da Humanidade

Vou começar esse artigo com 3 frases que me ajudaram a entender de forma mais profunda o universo das ideias sobre valores, níveis de desenvolvimento e consciência estruturados por Richard Barrett, que é na minha visão, uma das maiores autoridades sobre cultura e valores.  Nos últimos anos ele escreveu uma série de livros falando sobre o tema desse artigo e sobre novas formas de... leia mais

15 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium