revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #82 - Março 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

As etapas do trabalho biográfico e as artes plásticas como linguagem do processo

1-Visão panorâmica da própria biografia

 Ao passar por um processo biográfico a pessoa revê passo a passo, a trajetória de sua vida, os impulsos, sentimentos e anseios que permearam as suas experiências, desde a lembrança mais remota até o momento atual. Ela tem, ao final desta retrospectiva, uma visão panorâmica de sua própria vida. Esta vivência é diferente da mera recordação. O processo biográfico é de tal natureza que a pessoa enxerga o caminho que percorreu estender-se no horizonte do seu pensar como se ela contemplasse uma paisagem viva. A visão panorâmica da própria vida situa-se no campo da vivência imaginativa, através da qual as nossas recordações se organizam em uma única imagem.

Os fatos biográficos ocorrem no plano da existência física, do espaço e tempo: “isto ocorreu de fato”. Através da retrospectiva biográfica ordenamos, cronologicamente, as recordações dos fatos e vivências que se encontram amontoados na memória. A ordenação das memórias intensifica o potencial das forças vitais que permeiam a nossa vida anímica e são portadoras de recursos infinitos para o nosso crescimento pessoal. Ocorre uma intensificação da autoconsciência através da experiência direta de “quem eu sou ”. Ao final da retrospectiva biográfica, atingimos um estado de consciência em que percebemos o dinamismo da própria existência, nos vivenciamos como um ser em evolução e transformação contínua. Esta experiência, originada no íntimo, ativa as forças do pensar, sentir e querer, fazendo brotar entusiasmo e possibilidades em relação ao futuro. A pessoa, geralmente, sente-se ao final de um processo biográfico motivada e reintegrada à vida. Este sentimento de euforia equivale a um novo florescer; é uma lei inerente aos processos de síntese. Esta intensificação da autoconsciência é o primeiro passo para o autoconhecimento e, consequentemente, para um autodesenvolvimento consistente.

Artes Plásticas como linguagem do processo biográfico

A arte faz a ponte entre a biografia externa e a biografia interna. Ela torna-se mediadora entre a realidade dos fatos e a realidade subjetiva. Aquarela, desenho, modelagem são algumas das formas de investigação da vida interior e um meio eficiente para expressar a dinâmica entre as forças anímicas e a consciência.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Os caminhos para uma cultura de felicidade nas organizações

A pressão pelo sucesso profissional e a forma como gerimos as prioridades em nossas vidas parece não estar funcionando muito bem, acelera a necessidade de “ter” e “fazer” e com isso, a maioria das pessoas não expõe suas vulnerabilidades, não se expressam com autenticidade, convivem com lideranças tóxicas e acabam se decepcionando com sua escolha de carreira. Afinal, não há... leia mais

11 minutos

O Coaching Evolutivo no momento atual da Humanidade

Vou começar esse artigo com 3 frases que me ajudaram a entender de forma mais profunda o universo das ideias sobre valores, níveis de desenvolvimento e consciência estruturados por Richard Barrett, que é na minha visão, uma das maiores autoridades sobre cultura e valores.  Nos últimos anos ele escreveu uma série de livros falando sobre o tema desse artigo e sobre novas formas de... leia mais

15 minutos

A Teoria Integral e o uso de Quadrantes em Coaching

Eu tinha uma experiência profissional mais voltada ao desenvolvimento de times e organizações, quando fui fazer uma formação com um biólogo chileno chamando Humberto Maturana. Quando concluí essa formação, tomei uma decisão de colocar o meu propósito também à serviço dos indivíduos. No entanto, sentia falta de estrutura, tanto para dar suporte a minha decisão por fazer coaching,... leia mais

8 minutos

Fazendo uma avaliação valer a pena usando uma abordagem do coaching

Apresentado no Converge por Claire Pedrick - MCC Participar do CONVERGE sempre nos surpreende. Essa é a 2ª. vez que participo e é maravilhoso poder confirmar, esclarecer, conhecer, compartilhar e entender ideias. Algumas vezes não só a novidade que surpreende, mas uma nova forma de ver e fazer algo que já fazemos, de uma forma diferente; enxergar uma nova perspectiva. Eu quero... leia mais

7 minutos

Constelações Familiares e Sistêmicas: O Método, o Facilitador, o Cliente e os Participantes

Uma abordagem que tem sido a cada dia mais notória na área terapêutica das famílias ou nas organizações. Esse artigo tem como referencial teórico, fontes bibliográficas de Bert Hellinger, autor que fundamentou as constelações familiares e sistêmicas. A Constelação Familiar e Sistêmica, é uma abordagem que pode ser aplicada de forma individual ou em grupo; refere-se ao... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium