revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #81 - Fevereiro 2020

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Comportamento de Manada!

O Comportamento de Manada pode ser descrito de diversas formas, tais como, psicologia das massas, conformidade social, efeito adesão, ou até mesmo pelo bom e velho “Maria vai com as outras”.

Em 1982, Sylvia Orthof lançou o livro infantil chamado “Maria-vai-com-as-outras”:

“Se as outras ovelhas fossem ao polo sul, Maria ia, mesmo com frio. Se fossem para o deserto, Maria ia mesmo sentindo calor. Se fossem comer jiló, Maria comia, mesmo sem gostar. Um dia Maria passou a pensar por si e não seguiu mais as furadas das outras”.

Infelizmente a mensagem que Sylvia Orthof quis ensinar em seu livro não foi completamente aprendida por nós, que desde a infância fazemos escolhas impulsionados pelas opções dos outros.

Apesar de originalmente ser um termo que se referia ao comportamento animal, podemos por analogia aplicá-lo ao comportamento humano, no qual as pessoas agem conforme a maioria, independente da sua vontade individual.

Antes este viés estava associado a pessoas solitárias, sem opinião própria ou que não conseguiam tomar decisões individuais. Mas estudos revelam que este efeito de adesão está muito mais presente na sociedade, que anseia por um senso de comunidade, de pertencer a algo e não perder sozinho.

Esta busca pela inclusão, pertencimento ou por perseguir o que a maioria faz é natural e algumas vezes pode até ser saudável, como por exemplo, ao procurar por um hotel na internet você se identifica com aquele mais visitado, onde a maioria dos comentários refletem a experiência que você está buscando no local. Pronto, é lá que irá se hospedar, onde o maior grupo de pessoas foi e gostou.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O que é Status Quo e como ele pode afetar nossas Finanças Pessoais?

Olá, continuando a série de artigos sobre Finanças Pessoais, trago mais uma reflexão sobre o nosso comportamento quando se trata das nossas finanças. O Status Quo é um viés que nos coloca em um estado de inércia em que simplesmente as pessoas são levadas a permanecerem como estão, a não fazerem nada para que aconteça algum tipo de mudança. Este comportamento enviesado da... leia mais

8 minutos

O que é Excesso de Confiança e como pode afetar nossas Finanças Pessoais?

Olá, continuando a série de artigos sobre Finanças Pessoais, trago mais uma reflexão sobre o nosso comportamento quando se trata das nossas finanças. O Excesso de Confiança é um viés que induz as pessoas a confiarem de maneira exacerbada em suas opiniões e conhecimento, o que ocasiona muitos exageros nas suas tomadas de decisão. Desta forma, sempre acreditam que estão totalmente... leia mais

9 minutos

Cuidado com os cálculos mentais!

Neste artigo chamamos a atenção para um viés de finanças comportamentais muito comum e sempre presente em nosso dia a dia: a contabilidade mental. Mas antes de entender como a contabilidade mental funciona, precisamos lembrar que estudos recentes, como do economista norte-americano que recebeu o prêmio Nobel de Economia em 2017 – Richard Thaler – mostram que tomadas de decisões... leia mais

9 minutos

Como nossas emoções influenciam nossas escolhas financeiras!

Olá, estamos iniciando uma série de artigos sobre Finanças Pessoais com o objetivo de trazer reflexões sobre o nosso comportamento quando se trata das nossas finanças. A Educação Financeira tem sido considerada como um fator importante para o desenvolvimento da população brasileira, tão carente deste tipo de informação, a ponto do Governo, instituições de ensino, instituições... leia mais

9 minutos

Transforme seus tabus sobre o dinheiro

Ao longo desta série de artigos, busquei es­truturar os temas que provocassem refle­xões mais profundas sobre a forma de pen­sar, sentir, e ainda demonstrar os compor­tamentos que levam a maioria das pessoas a ter uma relação inadequada com o dinhei­ro, consequentemente uma vida financeira sem equilíbrio e de poucos resultados. Imagine que as práticas de subsistência do homem foram... leia mais

11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium