revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #8 - Janeiro 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

O ponto de vista de cada um

Quantas vezes você se viu numa dis­cussão em que a outra pessoa não o compreendia? Ela contra-argumentava e você tinha dificuldade de entender? Quem será que estava com a razão?

Provavelmente os dois! Apenas esta­vam olhando a questão por perspec­tivas distintas, talvez por possuírem perfis psicológicos diferentes. Essas diferenças foram identificadas por Carl G. Jung (1875 – 1961), psiquiatra suíço, no livro “Tipos Psicológicos”, onde define que as pessoas podem ter formas muito distintas de perce­ber e julgar o que ocorre ao seu redor.

A compreensão do perfil psicológico pode ser muito rica, pois podemos ti­rar proveito das suas particularidades, potencializar o que tem de melhor, e valorizar as diferenças! Esse entendimento também pode nos ajudar a direcionar a carreira, enten­der o que nos motiva e, inclusive, me­lhorar nossos relacionamentos.

Isso é música para seus ouvidos? Então vamos aos conceitos dos “tipos psico­lógicos” para que você entenda melhor os benefícios desse conhecimento.

Primeiramente, Jung identifi­cou uma diferença relativa à direção da energia da pessoa. Se a energia está dirigida às coisas ao redor, às outras pes­soas, ao que ocorre no mundo exterior, esta pessoa é carac­terizada como “extrovertida” e representada pela letra (E). Se, por outro lado, a energia está voltada para as próprias ideias, reflexões sobre o que ocorre no mundo interior essa pessoa é “introvertida” (I).

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Luzes, câmera, ação! – parte 2

Gravando em 2021 - De volta para o futuro. Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia (Lulu Santos). Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo (Raul Seixas). Com o indispensável auxílio do Guia 4 Rodas, o DeLorean imaginário, nave fantástica que só a ficção literária pode oferecer, deixa o ano de 1971 e, em uma... leia mais

15 minutos

Luzes, câmera, ação!

Gravando em 1971 - Em algum lugar do passado. Tudo se passa, como se nada se passasse (Oswaldino Teixeira, que foi meu “filósofo” colega de trabalho). O ano de1971 começou em uma sexta-feira, embora pelo calendário brasileiro se diga que foi no dia 24 de fevereiro, quarta-feira de cinzas, após o meio dia. Foi o ano em que Pelé fez a sua última partida pela seleção, a Apollo 14... leia mais

9 minutos

Coronavírus e Presença

De todas as muitas reflexões que tenho feito sobre esse período com o Coronavírus que estamos atravessando meu coração me indica uma única palavra: presença. Mais presença! Mas o que é a presença? Para mim, a capacidade consciente de viver o momento presente no exato tempo do aqui e agora. E, como é difícil! Porque viver neste estado de presença implica abrir mão dos mecanismos... leia mais

4 minutos

#COACHINGSIM

Dia 12 de novembro de 2019 foi a data escolhida para o lançamento do  CoachingSim, um movimento criado por coaches, em prol do coaching. A data não foi escolhida ao acaso – ela é reconhecida por ser o dia do Coach em alguns estados como São Paulo e Rio Grande do Sul. E não haveria homenagem melhor do que o início da construção de uma rede de pessoas que acreditam no coaching como... leia mais

4 minutos

Você conhece Coach Ético?

Eu conheço Coaches Éticos e você? Ética. "Palavra substantiva feminina que representa o segmento da filosofia dedicado à análise das razões que ocasionam, alteram ou orientam a maneira de agir do ser humano, geralmente tendo em conta seus valores morais. Por extensão, é uma reunião das normas de valor moral presentes numa pessoa, sociedade ou grupo social, por exemplo: ética... leia mais

10 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium