revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #8 - Janeiro 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Coaching: uma oitava acima, muito além do aqui e agora

Esforço, tempo e paciência su­miram da pauta do dia a dia da vida moderna, que estimula e incentiva cada vez mais a bus­carmos conforto, rapidez e a obtermos prontidão em tudo o que fazemos. Tenho visto com frequência anúncios que pro­metem resultados fascinantes, mas capacidades e habilidades não podem ser compradas sem o esforço e o querer de quem se habilita, principalmente quando estamos nos referindo a coisas que requerem experi­ência, sabedoria, e um tempo de maturação para o desenvol­vimento de aptidões que vão na contramão do consumismo e do oportunismo. Aprender sobre Coaching pode parecer fácil, especialmente na era do mundo Google, mas ser coach é muito diferente. Embora esse tipo de intervenção seja muito apropriado para a vida atual, e cada vez mais considerado no meio empresarial e organiza­cional, ser coach não é algo que pode ser adquirido na pratelei­ra de uma livraria; não dá para nos tornamos coaches da noite para o dia, o que significa que o tempo, além da vontade e vocação, é fundamental para a formação de um bom coach.

É de suma importância lembrar que estamos lidando com seres humanos que buscam transfor­mações em suas vidas, e que esse deve ser o ponto de parti­da e também o grande alvo do nosso trabalho, uma vez que ética e responsabilidade e, so­bretudo, respeito com o outro, devem pautar a nossa atuação; daí o porquê de devermos conside­rar uma série de competências que requerem um investimento de energia, tempo, dedicação e principalmente disponibilidade para o auto-desenvolvimento – essas sim, condições sine qua non para uma sólida formação.

Para estarmos à altura de ouvir o outro criteriosamente, e po­dermos acompanhá-lo em sua jornada de transformação, as­segurando que ele percorra o seu próprio caminho de cresci­mento, precisamos de experiên­cia; no mínimo ter passado por caminhos semelhantes que pro­piciaram uma bagagem de auto­conhecimento, o que também não se encontra facilmente em qualquer curso de final de sema­na ou em apostilas. Trata-se de alcançar uma maturidade que é fruto de uma vivência rotinei­ra, na qual o coach amplia a sua percepção para colocar-se a ser­viço de seu cliente, em sua tota­lidade, contando com um amplo repertório que o respalde da maneira mais conscienciosa pos­sível. Apesar do processo de Co­aching acontecer num período determinado e ter um foco pre­ciso no que diz respeito aos seus objetivos, é necessário construir uma relação de confiança, pois somente dessa forma o cliente se sentirá seguro para entregar­-se às suas questões e, ao lado do coach, encontrar as mudan­ças que necessita e anseia.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Aproveitar o poder do instinto e do eu espiritual no trabalho

(Work – Harness the power of instinct & human spirit at work) Este artigo está baseado na palestra proferida durante o Converge21 pelas coaches Flame Schoeder, MCC e Donna King, ACC. Uma reflexão Quando fui convidado por Cândida Semensato, presidente da ICF Brasil Chapter, para escrever um artigo para esta importante Revista Coaching Brasil, eu não fazia ideia de qual tema... leia mais

13 minutos

O futuro através dos futuristas profissionais

Os futuristas consideram alternativas de futuro, positivas e negativas, e ajudam pessoas e a sociedade a se prepararem para todos os cenários. Nosso futuro poderá ser luminoso ou sombrio, e depende muito das decisões que tomamos hoje como humanidade. Os pilares sociais do futuro precisam de atenção e de investimento. Certamente, será através deles que sairemos do buraco em que estamos.... leia mais

12 minutos

Autocompaixão e autocuidado para quem cuida

Você já parou para pensar quanto do seu tempo é dedicado ao cuidar? Se pensarmos bem, o cuidado permeia toda a nossa vida e os nossos relacionamentos, seja no contexto pessoal, familiar, social ou profissional. Ora estamos cuidando de alguém ou de nós mesmos, ora precisamos ser cuidados, noutras vezes, todas estas se intersectam. No entanto, é muito importante compreendermos  que cada... leia mais

14 minutos

Visão Ampliada sobre Indivíduos, Grupos e Times

Crescemos como indivíduos à medida que refletimos sobre nossas experiências e vivências e seus impactos sobre as outras pessoas. E ao interagirmos com outros indivíduos lidamos com situações de confronto ou mesmo de cooperação, defrontarmo-nos com nossos limites, capacidades e necessidades. Nessas interações emergem múltiplas de possibilidades e, a mais impactante é a compreensão de... leia mais

14 minutos

Burnout e stress são sinônimos?

Burnout descreve sintomas decorrentes basicamente de stress ocupacional, ligado a situações de trabalho. Como agora é reconhecido como uma doença ocupacional, as empresas estão mais atentas a sua incidência e fatores precipitadores do burnout.  Seus sintomas característicos se enquadram em três categorias que são:  • Sensação de exaustão emocional, • Redução de... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium