revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #8 - Janeiro 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Coaching: uma oitava acima, muito além do aqui e agora

Esforço, tempo e paciência su­miram da pauta do dia a dia da vida moderna, que estimula e incentiva cada vez mais a bus­carmos conforto, rapidez e a obtermos prontidão em tudo o que fazemos. Tenho visto com frequência anúncios que pro­metem resultados fascinantes, mas capacidades e habilidades não podem ser compradas sem o esforço e o querer de quem se habilita, principalmente quando estamos nos referindo a coisas que requerem experi­ência, sabedoria, e um tempo de maturação para o desenvol­vimento de aptidões que vão na contramão do consumismo e do oportunismo. Aprender sobre Coaching pode parecer fácil, especialmente na era do mundo Google, mas ser coach é muito diferente. Embora esse tipo de intervenção seja muito apropriado para a vida atual, e cada vez mais considerado no meio empresarial e organiza­cional, ser coach não é algo que pode ser adquirido na pratelei­ra de uma livraria; não dá para nos tornamos coaches da noite para o dia, o que significa que o tempo, além da vontade e vocação, é fundamental para a formação de um bom coach.

É de suma importância lembrar que estamos lidando com seres humanos que buscam transfor­mações em suas vidas, e que esse deve ser o ponto de parti­da e também o grande alvo do nosso trabalho, uma vez que ética e responsabilidade e, so­bretudo, respeito com o outro, devem pautar a nossa atuação; daí o porquê de devermos conside­rar uma série de competências que requerem um investimento de energia, tempo, dedicação e principalmente disponibilidade para o auto-desenvolvimento – essas sim, condições sine qua non para uma sólida formação.

Para estarmos à altura de ouvir o outro criteriosamente, e po­dermos acompanhá-lo em sua jornada de transformação, as­segurando que ele percorra o seu próprio caminho de cresci­mento, precisamos de experiên­cia; no mínimo ter passado por caminhos semelhantes que pro­piciaram uma bagagem de auto­conhecimento, o que também não se encontra facilmente em qualquer curso de final de sema­na ou em apostilas. Trata-se de alcançar uma maturidade que é fruto de uma vivência rotinei­ra, na qual o coach amplia a sua percepção para colocar-se a ser­viço de seu cliente, em sua tota­lidade, contando com um amplo repertório que o respalde da maneira mais conscienciosa pos­sível. Apesar do processo de Co­aching acontecer num período determinado e ter um foco pre­ciso no que diz respeito aos seus objetivos, é necessário construir uma relação de confiança, pois somente dessa forma o cliente se sentirá seguro para entregar­-se às suas questões e, ao lado do coach, encontrar as mudan­ças que necessita e anseia.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Segurança Psicológica para Coaches

Como criamos segurança psicológica em equipes que trabalham virtualmente?  Essa pergunta brota no meu trabalho e tem sido a pergunta de muitos dos meus clientes de coaching - equipes, líderes e organizações.  Como ajudar as pessoas em equipes distribuídas a estarem presentes e se envolverem no meio do COVID-19, com todos os problemas presentes: trabalhar em casa, instabilidade... leia mais

13 minutos

A aspiração à Transcendência no Yoga e a Psicologia Transpessoal

Segundo George Feuerstein (1998) o desejo, a aspiração por transcender a si mesmo e ir além da consciência comum, de encontrar um lugar interior que supere a própria dimensão da individualidade é algo tão antigo quanto a própria humanidade. Ao longo da nossa história em diversas civilizações, foram encontrados registros dessa aspiração humana nas pinturas rupestres, túmulos... leia mais

14 minutos

Modelo HERO - Organizações Saudáveis e Resilientes

A paralisação da atividade produzida pelo COVID-19 implica grandes mudanças na estrutura econômica global, e ao mesmo tempo derruba o ambiente social. Para sobreviver e prosperar nesse contexto de mudança permanente, com as crises sanitárias, econômicas e sociais, as organizações e os trabalhadores precisam ser motivados e "psicologicamente saudáveis". Para enfrentar esse ambiente... leia mais

13 minutos

Valores, para quê?

Desde que conheci a abordagem de Richard Barrett, reconhecido internacionalmente como um dos mais influentes pensadores nos temas de liderança e evolução dos valores humanos nos negócios e na sociedade, me vejo questionando o que são valores e como eles se manifestam a nossa volta. A princípio acreditei que eram somente palavras e ações, mas depois, com um olhar mais atento, compreendi... leia mais

13 minutos

Biográfico para Executivos - Desenvolvendo Indivíduos e Acelerando a Transformação Social

Influencie uma pessoa comum e você estará impactando um grupo de pessoas. Influencie um líder e estará impactando toda uma comunidade. Um executivo é como um atleta de elite que precisa estar muito mais equilibrado do que o público geral para suportar o alto grau de demanda ao qual é submetido. Assim, trabalhar com estes líderes de forma profunda e com foco no autoconhecimento os... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium