revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #52 - Setembro 2017

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 52

Caro leitor,

com a proliferação das tecnologias a serviço da comunicação, processos que ocorriam somente de forma presencial passam, também, a acontecer de maneira remota, através de voz, ou voz e vídeo. O Coaching à distância foi uma das disciplinas que passou a contar com as possibilidades que as novas ferramentas oferecem, e a viver, na prática, as doçuras e amarguras que uma nova forma de trabalhar trazem.

Em um extremo, há aqueles ávidos por mudanças e que gostam de experimentar coisas novas. São os primeiros a experimentar novos APPs, tecnologias inovadoras, e acham que o próximo passo sempre será mais emocionante. Mais do que evolutivos, são disruptivos. Abandonam com facilidade modelos consagrados para abraçar o novo.

No outro extremo, aqueles que, de cara, rejeitam tudo que seja novo e colocam mil objeções a qualquer experimento. Testar? Jamais, pois seria uma heresia frente às suas crenças tão cristalizadas. Adotarão o novo, quando este passar com absoluto êxito por todas as validações necessárias.

No meio, há aqueles que observam tudo, analisam, ponderam e querem mais segurança antes de experimentar. Esperam por um sinal positivo de que “sim, funciona”, e então farão seus próprios experimentos com entusiasmo.

Estes três tipos têm lugar essencial na construção e evolução da humanidade.

Da mesma forma como os correios revolucionaram a comunicação, que só ocorria de forma presencial e oral, o telefone foi outro rompimento na forma de nos relacionarmos. A internet veio abrir uma nova porta que ainda exploramos. Uma rede estável nos possibilita, hoje, conversar com qualquer pessoa no planeta sem custo. Compartilhar documentos, voz e vídeo, tudo em tempo real.  

Frente a tudo isto, construímos duas edições para tratar deste tema, e nossa opção foi por trazermos a experiência prática de quem faz, ao invés de modelos e teorias.

Fizemos uma escolha acertada, pois a prontidão com a qual as pessoas aceitaram nosso convite para escrever nos mostrou como estavam ávidas por partilhar suas experiências.

Que você possa também ampliar sua visão sobre as possibilidades do Coaching à Distância.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 28/09/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 88

Caros leitores, Quando analisamos a base de conhecimento que desenvolvemos sobre o nosso funcionamento, é muito interessante notar que estamos apenas beliscando a casca do ovo desta sabedoria. Teóricos e pesquisadores estão produzindo novos modelos que nos auxiliam a compreender melhor como funcionamos e de que forma podemos diminuir nossas limitações para realçar os potenciais. No... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 86

Caros leitores, que tema mais pertinente para o momento que vivemos. Vulnerável!!! O que significa isto? Segundo a etimologia, vulnerável vem do Latim VULNERABILIS, “o que pode ser ferido ou atacado”, de VULNERARE, “ferir”, de VULNUS, “ferida, lesão”, possivelmente de VELLERE, “rasgar, romper”. Assim, estar vulnerável é estar em uma posição desconfortável pois nos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 85

Caros leitores, este ano de 2020, não começou de forma tranquila como todos os outros. Entenda aqui este “tranquila” como aquela “normalidade” que nos permite fazer planos “normais”, como emagrecer, fazer exercícios, aprender inglês, etc. Agitações intensas na política, mudanças de rumo na economia, a escalada de uma intolerância e agressividade sem precedentes na sociedade,... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 84

Caros leitores, ahhhhh, a tal Felicidade. Tão cantada em versos e prosas e que cada vez mais ouvimos falar dela. Talvez as pessoas estejam buscando uma felicidade mais autêntica, legítima, e não apenas compensações momentâneas obtida em prazeres fugazes. Sim, muitos dos prazeres que temos na vida são reais e legítimos e precisamos atentar para não os transformar em elementos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 83

Caros leitores, este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história. Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium