revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #45 - Fevereiro 2017

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Sobre Dickens, enzimas, viscosidade e o tempo

O momento mais difícil ao tentar descrever uma experiência é como elaborar o início do texto. Sei que não con­seguirei imprimir a curiosidade deflagrada por Dickens ao iniciar seu Conto de Duas Cidades: “Era o melhor dos tempos, era o pior dos tempos... um período de luz e um período de trevas...”. Momentos de grandes transforma­ções pessoais e profissionais sempre trazem esta ambiguidade, mencionada logo ao início do livro, como parte do cenário. Mas, apesar do efeito transformador do processo ter seu paralelo ao que a Revolução Francesa trouxe ao mundo (e às duas cidades do conto), a linha tênue entre a aplicação proposital da hipérbole e o disparate da descomedida comparação, fez-me refutar o uso simples da citação, que poderia levar a uma comparação direta do escopo de impacto de ambas as transformações. Fico então com a opção mais simples para o começo deste texto: tentarei resumir aqui como um momento de desafio pessoal e profissional foi auxiliado por um processo, corpora­tivo e estruturado, de crescimento, dos que vivenciavam o desafio inerente à liderança de pessoas.

Um dos meus desafios na carreira exe­cutiva foi não ter tido educação aca­dêmica formal quanto aos processos envolvidos na gestão de pessoas. Mas dado o desafio, acredito que todos que o enfrentam seguem em uma jornada empírica baseada não só no aprendiza­do a cada etapa, mas também na busca ativa de modelos, exemplos e reflexões que auxiliem na missão de correspon­der ao que esperam aqueles que te escolheram para liderar, como também ao que merecem aqueles que estão sob sua liderança. Felizmente, sinto que me beneficiei de um período no qual as corporações já tinham percebido que novos tempos exigem adaptações frequentes e que, entre investir em projetos de novos produtos/serviços e investir no desenvolvimento dos gesto­res de pessoas, não há oposição e sim congruência.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

O potencial transformador do Coaching aplicado à educação executiva

Cada vez mais observamos executivos bastante pressionados, buscando resultado para suas operações que competem com novos modelos de negócio, com novas demandas de ESG e inovação, precisando desenvolver competências relacionadas à indústria 4.0, tomar decisões num mundo VUCA/BANI e liderar pessoas de diversas gerações no mesmo ambiente de trabalho. Portanto, profissionais expostos a... leia mais

12 minutos

O tempo é agora: dê o passo em direção à sua felicidade

O ano era 2015 e eu estava a pleno vapor me dividindo entre 3 atividades profissionais, uma nova graduação, além da jornada de mãe de 3 filhas e dona de casa solo. Me sentia energizada, num ritmo frenético que fazia sentir-me viva e super bem. A enxaqueca me pegava sempre, mas isso era herança genética, nada que uma alta dose de analgésicos não resolvesse. Havia também uma certa... leia mais

9 minutos

Diversidade cultural: o que nos torna verdadeiramente ricos

Neste mundo globalizado, ser diferente é o que nos torna únicos, mas também semelhantes. E quando falamos de diferenças estamos praticamente falando de diferenças culturais. Mas o que exatamente é cultura? E a que nos referimos com o termo "diversidade cultural"? Nós italianos, também, pelas mesmas razões, vivemos em um país extremamente heterogêneo: no Norte, no Centro e no Sul... leia mais

10 minutos

Liderança e Segurança Psicológica – uma jornada com final feliz!

Foi num domingo de manhã que acessei o LinkedIn e surgiu aquele post convidando à formação da primeira turma em Segurança Psicológica de Times. Mais um pouco e me convidou a clicar em “saiba mais”. Pois é, hoje estou aqui irremediavelmente apaixonada pelo tema, escrevendo para vocês. Quando me aproximei de fato do conceito, vi que tudo aquilo que sempre imaginei como liderança tinha... leia mais

12 minutos

Escuta, amor em prática!

“Quando eu falo de amor, não estou falando de uma reação sentimental  e fraca. Estou falando daquela força que todas as grandes religiões veem como supremo princípio unificador da vida. O amor, de alguma forma, é a chave que abre a porta que leva à última realidade. Essa crença hindu-muçulmana-cristã-judaico-budista é lindamente resumida em amemos- uns aos outros” Martin... leia mais

11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium