revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #44 - Janeiro 2017

Localize rapidamente o conteúdo desejado

O Poder da Potencialização e da Transcendência - Posturas Prestadias

Este é o quarto artigo - de uma série de seis - que escrevo nesta coluna, atendendo ao gentil convite do editor, Luciano Lannes. Já escrevi O Poder do Dimensionamento, O Poder da Regulação e O Poder da Interação, abordando cada um deles como um campo sistêmico, ou seja, um campo de energia próprio formado por vários componentes harmônicos e vitais, integrados e interconectados entre si. Cada campo tem uma frequência própria e que corresponde à diferentes aspectos da vida humana, ou mesmo diferentes regiões mentais.

Rememorando, o dimensionamento corresponde ao nosso preparo e condição para uma ação que nos dará grau de sucesso ou realização que poderemos alcançar; a regulação – com seus diferentes componentes e ferramentas está principalmente ligado à nossa capacidade de ajuste situacional, de condução harmônica e centramento pessoal; a interação fala da nossa capacidade de harmonia relacional, um dos maiores desafios humanos.

Esta abordagem de campo é bem mais ampla e mais efetiva do que focar em apenas uma determinada ferramenta ou buscar soluções em aspectos mais parciais ou particulares.

Para que possamos usar e ativar estes campos, precisamos despertar e ativar potencialidades interiores que criem campos isomórficos, que permitam atividades centradas e coerentes, em sintonia com a vida e com as leis universais. O que realmente desejamos é ativar potencialidades mais profundas, ou mesmo intactas da mente.

Assim teremos maior assertividade, com posturas mais focadas e conduzidas no dia a dia pessoal e profissional, onde possamos nos dimensionar, regular e interagir com sabedoria e coerência conosco mesmos, nossos relacionamentos e no mundo. É uma abordagem inovadora e complexa, numa tentativa de superarmos as visões mecanicistas, reducionistas e fragmentadas que ainda estamos acostumados a usar.

O Campo ou o Poder da Potencialização está conectado e faz interface com os outros poderes que já descrevi. Deve ser aplicado, praticado ou exercido quando estamos em fase de fechamento e finalização do ciclo, seja um ciclo rápido ou um ciclo mais longo, ou mesmo um ciclo com ações mais simples ou mais complexas. 

Entenda-se aqui que um ciclo pode se referir a atividades como almoçar, tomar um cafezinho, fazer uma viagem, ou então a ciclos mais longos como cursar uma faculdade, ter um emprego ou uma empresa, viver um casamento.

A Potencialização – explicação prévia

A Potencialização, na realidade, é uma atitude interior que decorre ou inicia primeiramente das experiências e atividades em cada ciclo, o que irá gerar uma Aprendizagem correspondente; esta, por sua vez, deverá ser incorporada para que possa se transformar numa nova potencialidade à nossa disposição.

Assim, ao longo da vida e das experiências vividas, poderemos aprofundar nossa Aprendizagem e criar uma capacidade potencial de mudanças e aprimoramento.

Vejamos agora um modelo explicativo do conjunto que compõe o Campo da Potencialização, que é composto por vários passos, como podemos visualizar na figura.

Embora no quadro o processo tenha sido desenhado de forma linear como um “passo a passo”, podemos também entender que todas etapas podem acontecer simultaneamente, ou seja, ao mesmo tempo, como um raio que percorre e ilumina a escuridão por um único instante.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Integralmente Melhor

Se você é assinante, me encontrou nesta coluna nas últimas cinco edições. Se não for e “caiu” nesta seção por acaso, saiba que nos artigos anteriores, propus olhar para o título “Eu cada vez melhor” como um convite ao autodesenvolvimento das diversas dimensões humanas. Escolhi partir da definição de inteligência espiritual de Cindy Wiglesworth (capacidade de se comportar com... leia mais

6 minutos

​ Para ser cada vez melhor, antes de partir

Nas últimas quatro edições dessa coluna venho refletindo sobre como desenvolver as diversas dimensões humanas para ser cada vez melhor. Divaguei sobre o desenvolvimento da dimensão física, da cognitiva e da emocional para nesta edição refletir sobre a dimensão espiritual, como ser cada vez melhor espiritualmente? Espiritual vem do latim “spiritus” que significa respiração ou... leia mais

7 minutos

Desenvolva-se de corpo inteiro

O título dessa coluna “Eu cada vez melhor” é um convite para refletir sobre autodesenvolvimento. Existem vários caminhos possíveis para fazer esse tipo de reflexão e escolhi convidar você, leitor, para seguir comigo numa trilha que use a imagem da pirâmide de inteligências múltiplas (Física, Cognitiva, Emocional e Espiritual) proposta por Cindy Wigglesworth no livro SQ21 The... leia mais

7 minutos

O caminho sem volta do autodesenvolvimento

Quase tudo que faço está voltado para desenvolvimento e autodesenvolvimento, então escrever sobre o tema “Eu cada vez melhor” parece-me absolutamente em sincronia comigo. Percebi sincronicidade também no momento em que me chamaram para escrever aqui. No mesmo dia do convite, havia trocado mensagens com uma colega querida sobre a intenção de criar um programa para promover as reflexões... leia mais

7 minutos

Seis Graus de Liberdade – 6: (Des)apegado

“Todos os modelos estão errados. Alguns são úteis.” George E. P. Box Olá, Viajante do Tempo! Está sentindo o frescor no ambiente? E o som gostoso da chuva, abafando o canto dos pássaros, que se escondem no limoeiro à nossa frente? Se você tivesse chegado aqui um pouco antes, teria visto um lindo arco-íris entre nós e a Pedra Grande de Atibaia. Ah, o bolo... leia mais

6 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium