revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #38 - Julho 2016

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 38

Caro leitor,

com a proposta de explorar os mais diversos caminhos e possibilidades que o Coaching envolve e abarca, vamos agora falar sobre “Ferramentas”.

Base de metodologia para muitos, item opcional para alguns e algo completamente desnecessário para outros, as ferramentas no Coaching podem, como tudo, ser boas ou ruins, prover luz ou deixar nas trevas. Então, a grande questão está em quem as utiliza.

Certas coisas podem ser muito simples ou tremendamente complicadas. Veja o exemplo de Phillipus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim. Alquimista suíço que viveu no século XVI, tornou-se conhecido como Paracelso. De uma de suas famosas frases, deriva esta:

“Todas as substâncias são venenos; não existe uma que não seja veneno. A dose certa diferencia um veneno de um remédio”.

Assim, as ferramentas podem ser um belo remédio ou um grande veneno, caso não sejam aplicadas no momento correto, da forma oportuna, com foco no cliente, e não no ego do Coach.

Nossa edição passada falou sobre o Coach Picareta. Via de regra, o Coach Picareta se apoia no uso intensivo de ferramentas, formulários, testes, por não ter a senioridade e bagagem de formação para conectar com seu Coachee em um nível profundo. Até do instrumento mais nobre do Coaching, a pergunta, ele traz em seu “arsenal” um manual impresso de perguntas poderosas. Para tal, é quem está à frente do Coachee que fará a diferença e não precisa de mais nada. Apenas estar lá, inteiro, presente, conectando seu Eu com o Eu do outro, sem formulários.

Para construir esta edição, tratando a matéria com a seriedade e profundidade que merece, convocamos uma seleção de profissionais que respeito muito e cada qual, com sua visão, seus pressupostos e experiências, irão nos ajudar a ampliar nossa visão e a provocar nossa reflexão sobre o que estamos fazendo, e o que podemos vir a fazer melhor.

Tenha uma excelente leitura,

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 08/08/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 80

Caros leitores, Esta edição de janeiro traz uma pequena mostra do que foi o “CONVERGE 2019”, evento promovido pela ICF e desta vez realizado em Praga entre 23 e 26 de outubro de 2019. Uma delegação brasileira composta por 17 membros da ICF Brasil esteve presente ao evento, sendo que Ana Pliopas, que muito já contribuiu em nossas páginas, apresentou um trabalho no evento. ... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 79

Caros leitores, Ahhh o Universo Sistêmico. Quem diria que iria chegar no mundo organizacional. Se chegou é sinal que foi validado por resultados. O mundo organizacional não é fã de aventuras ou ligado em excentricidades, ou teorias ou metodologias que não se possa pegar, apalpar, cheirar e obter dados para colocar na planilha. Convidei Claudia Miranda Gonçalves para a... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 78

Caros leitores, Conflitos, ahhh os conflitos. São tantos, de tantas cores, nuances, tamanhos e intensidades. Como despertam emoções, como por vezes nos tiram do eixo, turvam a visão, a racionalidade, bloqueiam a audição, intensificam posições, cristalizam crenças. Aprender a lidar com eles é a disciplina de uma vida. Pelo menos para mim foi e é assim. Comecei neste caminho há... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 77

Caros leitores, LIBERTADOR....... esta foi minha sensação pessoal ao conhecer o Slow Marketing. Trabalhando com consultoria há 20 anos e com a Revista Coaching Brasil há 6 anos, conheço muito bem os desafios de trabalhar a exposição de um produto ou serviço, e os conflitos éticos que nos assolam quando somos instados a implantar as fórmulas mágicas do Marketing Digital, que... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 76

Caros leitores, A cada edição avançamos em descobrir pessoas, metodologias e abordagens encantadoras, instigantes, simples e muito funcionais para complementar nossa atuação como coaches ou mentores. É sempre bom lembrar, que não cabe a nenhuma das metodologias aqui apresentadas, o simples uso utilitarista como técnica ou ferramenta, mas cada uma delas passa por um “ecoar na... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium