revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #30 - Novembro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 30

Caro leitor, 

Quem comanda sua vida e suas decisões? 

Razão? Emoção? Meio a meio? Mais para cá ou mais para lá? Depende do momento? 

Muitas são as nossas respostas e esta dicotomia nos acompanha desde pequenos.

De fato, o mundo dual no qual crescemos é apenas um modelo no qual precisamos escolher um lado, o de cima, o de baixo, o certo, o errado, o alto, o baixo, enfim, tomar um partido. Podemos escolher um caminho a seguir, comparar opções e optar por uma ou outra. Mas não podemos escolher o que sentimos. O sentimento apenas vem, brota sabemos lá de onde. Amamos algumas pessoas e outras não. Não escolhemos quem queremos amar ou deixar de amar. 

O que alguns filósofos nos convidam a pensar é que toda razão é construída sobre uma emoção e, sendo assim, está emaranhado em seus laços de alguma forma. Nesta edição convidamos você a refletir sobre isto.

Paul Ekman, que desvendou as emoções básicas dá algumas dicas sobre as vantagens de se conhecer melhor suas emoções e como elas nos afetam:

• Tornar-se mais consciente do momento em que você está ficando emocionado...
• Escolher como você se comporta quando se emociona....
• Tornar-se mais sensível em relação à maneira como os outros estão se sentindo...
• Usar cuidadosamente as informações que você adquire a respeito dos sentimentos dos outros ...

Conhecer-se melhor é a primeira disciplina elencada por Peter Senge, o Domínio Pessoal. Assim, discernir com mais clareza sobre a relação e os relacionamentos da razão com a emoção torna-se fundamental.

Depois de tudo isto, parece bem razoável o famoso caminho do meio. Para conhecê-lo, precisamos ter visitado os extremos.

Tenha uma excelente leitura,

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 18/07/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 100

Caros leitores, tenho tanto a compartilhar, falar, comentar, e ao mesmo tempo, um cansaço me invade a alma. Vivemos em uma sociedade que cultua a felicidade fácil, eterna, incondicional, que até originou o termo felicidade tóxica. Vivemos os tempos do empreendedorismo rumo ao sucesso, onde em vídeos e textos, experiências fantásticas são compartilhadas, do zero aos múltiplos... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 99

Caros leitores, falar sobre Burnout é muito importante, ainda mais em tempos de confinamento, isolamento social e uma sobrecarga de trabalho cada vez mais relatada e comentada. Quando defino um tema para o dossiê, o primeiro passo é eleger quem fará a coordenação, função mais que fundamental, pois esta figura, além de notório saber sobre o assunto, necessariamente precisa possuir... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 98

Caros leitores, foi no dia 26 de fevereiro de 2021 que Christine Bona De Napoli, em uma conversa que tivemos no WhatsApp, me propõe um dossiê sobre Codesenvolvimento. Começamos a papear,  e ela, apaixonadamente, começa a falar sobre a metodologia, origem, fundadores e as possibilidades que esta abordagem pode trazer para o mundo do Coaching e de quem trabalha com Desenvolvimento Humano... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 97

Caros leitores, esta é uma edição especial e comemorativa. Ela marca os oito anos desta caminhada, iniciada em uma viagem que fiz a Canela, no Rio Grande do Sul, para participar de uma formação em Storytelling, que também já foi tema de um dossiê. Naquela ocasião, já com minha consultoria há 5 anos, pensava em minha vida e carreira, e sentia que havia um espaço a ser... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 96

Caros leitores, em seu artigo, Carolina Messias e Michelle Prazeres citam o sociólogo francês Philippe Zarifian, que conceitua o termo “comunicação autêntica” como: “um processo pelo qual se instaura uma compreensão recíproca e se forma um sentido compartilhado, resultando em um entendimento sobre as ações que os sujeitos envolvidos são levados a assumir juntos ou de maneira... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium