revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #29 - Outubro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

CRISE: Somos todos responsáveis

Crise, crise, crise. A palavra do momento.

Notícias alarmantes transbordam na televisão e em todos os meios de comunicação todos os dias. O medo e a insegurança invadem nossa sala e nos colocam em estado de alerta. Difícil não se deixar afetar. Só de ouvirmos ficamos arrepiados e com medo. Acreditamos que essa é mais uma turbulência a atravessar e que logo vai passar. Situações como essas tendem a mobilizar sen­timentos. Nossas limitações são amplificadas nestes momentos, mais do que nossos talentos.

Por que essa palavra tem esse poder?

Simplesmente porque atribuímos a ela o sen­tido mais negativo, o significado de que algo ruim irá acontecer, de que mudanças estão sur­gindo e, junto, um futuro incerto. E a TV não nos deixa esquecer.

Por que não atribuímos o signifi­cado de oportunidade, do novo, da mudança e do crescimento? O desenvolvimento da humanidade passou por inúmeras crises. Saí­mos delas mais fortalecidos, mais conscientes, mais experientes e prontos para o futuro.

Foi sempre assim!

Ampliando a nossa percepção, sem dúvida, estamos diante de enor­mes problemas: guerras, êxodo, terrorismo de estado, intolerância, exageros de grupos fundamen­talistas, descaso com a natureza, fome, poluição e muitos outros. Estamos diante de um colapso da economia mundial e da necessida­de de um modelo econômico mais sustentável.

Vivemos um mundo cada dia mais complexo e essa complexidade é determinada pela diversidade, co­nectividade e interdependência dos inúmeros e variados compo­nentes. Complexidade, por vezes, é sinônimo de incerteza, ambiguida­de, desorganização.

Crise tem resultado não determi­nado, portanto é natural sentir­mos receio, medo e insegurança – é absolutamente normal nos de­pararmos com esses sentimentos. Mas se é improvável um ambiente isento de crises, a questão então passa a ser: como ressignificamos a crise. Essa escolha determinará nossa energia e o resultado. Se acre­ditarmos que ela nos ameaça, nos retrairemos, nos isolaremos e nos protegeremos. Se tratarmos como uma chance de fazer diferente e ino­var, bingo! Teremos muitas chances de avançar e descobrir coisas novas.

Sejam bem-vindos ao mundo das constantes transformações e mu­danças!

Vamos pensar na seguinte situa­ção: em um belo dia, estamos ca­minhando e uma tempestade se aproxima. O que fazemos? A maio­ria das pessoas corre, se esconde e procura um abrigo para se pro­teger, evitamos nos molharmos e ficamos torcendo e rezando para que a chuva vá embora logo. Mui­tos de nós nunca estamos prepara­dos. Quando a chuva se vai, saímos do nosso abrigo e continuamos ca­minhando na mesma direção, indo ao encontro do objetivo que tínha­mos em mente no minuto anterior ao da chegada da tempestade.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

07 Segredos para construir um Programa de Coaching inesquecível

Apresentado no Converge pela Dra. Sherry Yellin – Acc Participar do Converge 2019 foi muito impactante para mim. Foram muitas conexões e aprendizados que me motivaram a permanecer estudando e compartilhando conhecimento. Há alguns anos, quando eu ainda era uma adolescente, meu pai me dizia uma frase que levo como lema de vida: “conhecimento é a única coisa que ninguém tira de... leia mais

9 minutos

A jornada sistêmica do coaching: constelações familiares, organizacionais e estruturais.

O mundo do coaching experimentou uma expansão notável com a incorporação da perspectiva sistêmica nele. As constelações, que tem interesse nos nós e emaranhados sistêmicos, abriram as portas a dinâmicas diferentes no trabalho do coach. Da mesma maneira que no coaching distingue-se Life Coaching e Coaching Executivo, o mundo das constelações estabeleceu diferenças entre as familiares... leia mais

13 minutos

Líder mediador – Um modelo precioso para resultados mais sustentáveis

Em tempos de transição, faz-se urgente rever os modelos de relação com o mundo, com as pessoas e consigo mesmo. Por isso, é preciso reconsiderar um formato linear de pensamento e privilegiar abordagens mais sistêmicas e abrangentes para lidar com situações rotineiras, o que também se aplica à gestão de conflitos nas organizações. Além de constituírem parte inerente à experiência... leia mais

14 minutos

Points of You®: Corrente do Bem!

Esse é o breve relato contando a história da Points of You®, uma experiência incrível e transformadora que atinge hoje milhares de pessoas no mundo. Efrat Shani, diretora de teatro e terapeuta, por volta de 2004 decidiu se matricular numa das primeiras turmas de formação de Coach que aparecia em Tel Aviv. Na mesma turma estava Yaron Golan um profissional de vendas que assim com a Efrat... leia mais

13 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium