revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #28 - Setembro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Transforme seus tabus sobre o dinheiro

Ao longo desta série de artigos, busquei es­truturar os temas que provocassem refle­xões mais profundas sobre a forma de pen­sar, sentir, e ainda demonstrar os compor­tamentos que levam a maioria das pessoas a ter uma relação inadequada com o dinhei­ro, consequentemente uma vida financeira sem equilíbrio e de poucos resultados.

Imagine que as práticas de subsistência do homem foram se transformando através dos séculos, do escambo à invenção do di­nheiro e todas as coisas passaram aos pou­cos a custar algum valor predeterminado. Recursos naturais, que antes não tinham dono, passaram a ter, e hoje a realidade é que até a água que bebemos custa algum dinheiro, então, você pode estar preocu­pado com as questões de sobrevivência para atender as necessidades básicas? Vive de alguma forma com medo de per­der a segurança que conquistou? Angus­tiado com as pressões sociais para ter o carro do ano, a casa num local sofistica­do, e o seu estilo de vida está alinhado com suas expectativas? Partindo dos pressupostos acima e da minha experi­ência de lidar com pessoas que passam por desafios para mudar os hábitos da relação com o dinheiro, vamos conver­sar sobre os tabus que foram instalados no inconsciente coletivo da população?

Você sabia?
Que há uma pesquisa que mostra que 80% dos brasileiros não dão a mínima para educação financeira; em outra pesquisa recente do banco Wells Fargo, nos EUA, descobriu-se que para a maioria dos americanos (44%), o dinheiro é o tema que propõe a conversa mais difícil na família, ou seja, um tabu maior que a morte (38%), a política (35%) e a religião (32%). Simplesmente perceba nos encontros familiares, nos papos com amigos, estamos dispostos a falar de quase tudo, menos de di­nheiro, talvez entre uma brincadei­ra e outra, falamos dos ricaços que gastam seu dinheiro com bobeiras, ou ainda raramente pensamos. "Ah, se eu ganhasse na megasena!"

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

A máquina de fazer dinheiro

Já parou para pensar como e onde viveria e o que estaria fazendo se tivesse dinheiro infinito em suas mãos? Não estou falando de ganhar na loteria ou receber uma grande herança. É muito mais que tudo isso. É dinheiro que não acaba mais. Quando o dinheiro é abundante, porém limitado, as ideias de onde gastar parecem mais tangíveis. Além disso, se não souber o que fazer com muito... leia mais

8 minutos

O poder da escolha!

Há extensa literatura, palestrantes, autores renomados e até frases de efeito que abordam o tema do poder da escolha. Muitos trazem à atenção o individualismo deste poder - só depende de nós mesmos - bem como à reflexão das consequências de nossas escolhas. Lemos e ouvimos tudo isso, mas nem sempre conseguimos assumir este poder e aceitar suas consequências. Medo, ansiedade,... leia mais

8 minutos

Eu decido o que fazer com meu dinheiro. E você?

Início de ano não tem como esquecer da famosa lista de resoluções e promessas pessoais. Cuidar da saúde, perder peso, começar a academia e quem sabe ler um livro por mês. Estas talvez sejam as promessas mais comuns ultimamente, mas não param aí. Tem de tudo e para todos os gostos. E é claro que eu também já fiz algumas promessas nas viradas de ano, mas devo confessar que não só... leia mais

9 minutos

Como está o nível do seu reservatório Cantareira?

O ano de 2014 foi marcado para os moradores da cidade de São Paulo pela crise da Cantareira. A maior cidade do Brasil entrou em estado de alerta quando um dos principais reservatórios que abastece a cidade chegou em seu mais baixo nível de volume de água. Foram cerca de 9 milhões de pessoas impactadas. Uma crise que voltou para as manchetes em 2021 pois o volume de água atingiu novamente... leia mais

8 minutos

Não sei se caso ou compro uma bicicleta.

Esta é uma expressão muito usada quando temos dúvidas em relação a escolhas importantes na vida. Dúvidas algumas vezes simples. Outras vezes mais complexas, gerando grandes mudanças na trajetória de vida planejada. É difícil, contudo, que esta frase seja usada para expressar a dúvida real entre pagar por um casamento ou comprar uma bicicleta. Difícil, mas não impossível. Existe o... leia mais

8 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium