revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #22 - Março 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 22

Caro leitor,

Você sente MEDO?

Aquele que apavora, que perturba, que paralisa, que incomoda, que faz suar, que inibe, que impede, que atravanca e que não te permite ser quem quer ser ou ter o que quer ter?

Pois é, bem vindo ao clube dos humanos!

Somos a única espécie no planeta que se pergunta: “Qual o sentido da minha vida?” e “Qual a vida que vale a pena ser vivida?”.

Assim, nos deparamos com um mar de possibilidades de atuação, de papéis a serem desempenhados, de opções de ser e estar. Para cada uma destas possibilidades, vamos enfrentar desafios, novos mares, desconhecidos, e que nossa mente, bem imaginativa, pode povoar com lindas figuras míticas, um pôr do sol tranquilo ao lado da pessoa amada, ou rechear de monstros, os mais apavorantes possíveis. E o mais interessante de tudo é que toda esta cena se passa exclusivamente dentro de nossas mentes.

Pode-se dizer então, que por detrás de toda limitação existe um medo?

Creio que sim.

O medo pode alertar para um risco eminente que nos compromete a integridade, sendo nosso melhor amigo. Também pode se tornar nosso maior limitador caso deleguemos a ele mais poder e autoridade do que deve ter. Visto assim, parece muito simples então. Re-alocamos o poder interno, colocamos o medo no seu devido lugar e viveremos uma vida plena.

Bom seria...

Existe uma frase muito famosa que diz “A ação cura o medo”. Será mesmo?

Para discutir e trazer mais luz sobre esta questão convidamos um belo time. Mônica Teixeira, Renato Ricci, Carlla D’ Zanna e Silvana Rangel. Eles analisam as múltiplas facetas do medo e o que acontece com ele quando começamos a agir, quando saímos da paralisia na qual o medo nos atira.

Venha também conhecer Epicuro, um fantástico filósofo que dizia que a vida é boa quando é prazerosa. Falando nisto, como está sua vida?

Tenha uma excelente leitura,

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 28/06/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 88

Caros leitores, Quando analisamos a base de conhecimento que desenvolvemos sobre o nosso funcionamento, é muito interessante notar que estamos apenas beliscando a casca do ovo desta sabedoria. Teóricos e pesquisadores estão produzindo novos modelos que nos auxiliam a compreender melhor como funcionamos e de que forma podemos diminuir nossas limitações para realçar os potenciais. No... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 86

Caros leitores, que tema mais pertinente para o momento que vivemos. Vulnerável!!! O que significa isto? Segundo a etimologia, vulnerável vem do Latim VULNERABILIS, “o que pode ser ferido ou atacado”, de VULNERARE, “ferir”, de VULNUS, “ferida, lesão”, possivelmente de VELLERE, “rasgar, romper”. Assim, estar vulnerável é estar em uma posição desconfortável pois nos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 85

Caros leitores, este ano de 2020, não começou de forma tranquila como todos os outros. Entenda aqui este “tranquila” como aquela “normalidade” que nos permite fazer planos “normais”, como emagrecer, fazer exercícios, aprender inglês, etc. Agitações intensas na política, mudanças de rumo na economia, a escalada de uma intolerância e agressividade sem precedentes na sociedade,... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 84

Caros leitores, ahhhhh, a tal Felicidade. Tão cantada em versos e prosas e que cada vez mais ouvimos falar dela. Talvez as pessoas estejam buscando uma felicidade mais autêntica, legítima, e não apenas compensações momentâneas obtida em prazeres fugazes. Sim, muitos dos prazeres que temos na vida são reais e legítimos e precisamos atentar para não os transformar em elementos... leia mais

3 minutos

Editorial - Ed. 83

Caros leitores, este tema chega em um momento muito especial, não somente para nós, coaches, mas para a própria humanidade que vive um divisor de águas em sua história. Há muitos anos que pesquiso a questão dos “valores” como um ponto fundamental da estruturação de uma cultura. Com o aprofundamento da pesquisa sobre o autodesenvolvimento, os valores se mostraram ainda mais... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium