revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #21 - Fevereiro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Bloqueios: o Desafio do Coach

“O futuro não é um lugar onde estamos indo, mas um lugar que estamos criando. O caminho para ele não é encontrado, mas construído; e o ato de fazê-lo muda tanto o realizador quanto o destino.”
Saint Exupéry

Sempre nos perguntamos o que impede o cliente de promover a mudança tão desejada. Basta pensar no seguinte: quantos itens do nosso plano de final de ano conseguimos cumprir? Fe­lizmente para alguns, a maior parte, mas não para a grande maioria. O que pega? Se a gente quer, por que não muda? O que está faltando? Ou esperando? Que vontade é esta que está no verbal, mas não está no coração?

Por trás destas indagações, está a relação entre desejos, vontades e intenções, versus ações e mudanças planejadas. Qual o significado desta mu­dança? Onde está ancorado este desejo de mudança?

Antes de tudo, é preciso enten­der o SER humano, em todas as suas dimensões anímicas. Rudolf Steiner nos revela que o ser humano tem três dimen­sões de alma: PENSAR, SENTIR e QUERER. Ter essas dimensões alinhadas e coerentes entre si permitirá que o cliente atue e se coloque no mundo através de uma manifestação de com­pleta consciência do seu Eu.

O Pensar é constituído pelos conceitos, julgamentos, inter­pretações e representações mentais que o cliente tem de si e do contexto. O Sentir englo­ba o mundo dos sentimentos, numa extensa grade de mani­festações entre a simpatia e a antipatia. Já no Querer, o clien­te sai de um nível mais instinti­vo da cobiça e desejo, para um nível mais profundo do motivo, da intenção e da resolução.

Nosso papel enquanto coaches é, em primeiro lugar, deixar de lado todas e quaisquer inter­pretações e julgamentos – é necessário até mesmo termos um claro entendimento sobre o que é meu e o que é do ou­tro, para assumir em parceria a pesquisa das coerências e incoerências entre o discurso (pensar) e a prática (agir). Num primeiro instante pode parecer um contrato inicial de coaching, mas também é a espinha dorsal do trabalho para desvendar um cliente e seus impedimentos de mudanças - bloqueios.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Networking – as surpresas trazidas pela ciência

Apresentado no Converge por Sally Colella Nestes quase 10 anos de trabalho como coach de executivos e de profissionais que buscam construir sua identidade na carreira e ou fortalecer competências, constatei que uma das habilidades menos desenvolvidas é a construção e manutenção da rede de relacionamentos. O discurso sobre a importância do tão comentado networking como recurso... leia mais

15 minutos

Aplicação dos Conceitos Sistêmicos no Coaching

Neste artigo, o objetivo é mostrar a aplicação dos conceitos sistêmicos no coaching. Para isto, é importante contextualizar o desenvolvimento do trabalho com as constelações sistêmicas e o interesse dos profissionais que aprendem a metodologia e suas ferramentas para o trabalho do coaching sistêmico. No início do trabalho com as constelações no Brasil, depois das primeiras... leia mais

12 minutos

Uma nova tecnologia para resolver um velho dilema e as inevitáveis escolhas que temos que fazer

“TUDO VALE À PENA QUANDO A ALMA NÃO É PEQUENA – Fernando Pessoa” Como resolver da melhor forma nossas diferenças? Essa foi uma das perguntas centrais que orientou a pesquisa que trouxe para nós, seres humanos, uma das maiores novidades tecnológicas na área de resolução de conflito. Com o termo “tecnológicas”, me refiro a uma das definições encontradas nos dicionários... leia mais

13 minutos

Marketing é um superpoder.

Foi essa conclusão que cheguei quando entendi que fazer marketing era a principal forma de fazer um negócio deslanchar. Inegavelmente todo mundo precisa de marketing. Estamos vivendo a revolução digital ao mesmo tempo que estamos despertando para a expansão da consciência e vejo o quanto esses dois universos precisam viver em equilíbrio. Hoje, esse equilíbrio não existe. Ainda. ... leia mais

14 minutos

A força curativa das imagens

Em julho de 2015 fazendo uma pesquisa sobre modelos mentais, crenças, consciência, etc, apareceu um vídeo da formação de facilitadores das ferramentas Points of You®. Fiquei intrigada, mas como a formação era na Polônia, optei por postergar naquele momento. Eu sempre busco ferramentas e cursos que estejam embasados em teorias sérias e comprovadas, isso é meu, auxiliar as pessoas a... leia mais

11 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium