revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #21 - Fevereiro 2015

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial - Ed. 21

Caros assinantes,

Obstáculos são como animais selvagens. Eles são covardes, mas eles vão enganar você, se puderem. Se eles vêem que você tem medo deles ... eles vão saltar em cima de você; mas se você os olha diretamente nos olhos, eles abaixam a cabeça e vão embora.

Quantas vezes você acalentou um sonho, definiu metas, fez seu planejamento e não conseguia partir para a ação? Outras vezes, caminhava até determinado ponto e dali não saía, como se uma barreira invisível impedisse o seu avanço.

Assim funcionam nossos bloqueios, nosso tema de capa para esta edição. São muitos os motivos para o surgimento de um bloqueio e pode-se passar uma vida inteira sem descobrir como superá-lo. Boa parte dos casos que temos em nossos atendimentos de Coaching passam por bloqueios. Ajudar nosso coachee a identificar, questionar, testar alternativas e escolher um caminho para a superação de um bloqueio é parte de nosso trabalho.

Convidamos um time fantástico para compor este Dossiê, trazendo pontos de vista diferentes para a questão. A leitura dos textos foi uma deliciosa viagem pelo mundo das possibilidades e muitos olhares, nos convidando a expandir nosso olhar. Sendo humanos, foi inevitável enxergarmos a dinâmica de nossas próprias limitações tão bem apontadas e detalhadas pelos vários autores. São eles: Rosana Rodrigues, Maria Angélica Carneiro, Marco Ornellas, Ana Pliopas e Káritas Ribas que co-assina um artigo com Kau Mascarenhas.

Na coluna Coaching e Filosofia, Marcello Árias nos provoca mais uma vez com o texto sobre Aristóteles, o pai, segundo ele, do Coaching inútil. INUTILIDADE! Marcello nos mostra a construção das ideias de Aristóteles a ponto de afirmar que “Vive bem aquele que encontrou o motor de sua inutilidade”.

Carlos Legal fecha esta edição, pegando o ritmo de 2015, nos convidando a rever nosso conceito de Sucesso, tão mercantilizado pela mídia e tão associado a dinheiro, cargos e status. Deve haver algo além disto.

Tenham uma excelente leitura,

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 27/06/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 100

Caros leitores, tenho tanto a compartilhar, falar, comentar, e ao mesmo tempo, um cansaço me invade a alma. Vivemos em uma sociedade que cultua a felicidade fácil, eterna, incondicional, que até originou o termo felicidade tóxica. Vivemos os tempos do empreendedorismo rumo ao sucesso, onde em vídeos e textos, experiências fantásticas são compartilhadas, do zero aos múltiplos... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 99

Caros leitores, falar sobre Burnout é muito importante, ainda mais em tempos de confinamento, isolamento social e uma sobrecarga de trabalho cada vez mais relatada e comentada. Quando defino um tema para o dossiê, o primeiro passo é eleger quem fará a coordenação, função mais que fundamental, pois esta figura, além de notório saber sobre o assunto, necessariamente precisa possuir... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 98

Caros leitores, foi no dia 26 de fevereiro de 2021 que Christine Bona De Napoli, em uma conversa que tivemos no WhatsApp, me propõe um dossiê sobre Codesenvolvimento. Começamos a papear,  e ela, apaixonadamente, começa a falar sobre a metodologia, origem, fundadores e as possibilidades que esta abordagem pode trazer para o mundo do Coaching e de quem trabalha com Desenvolvimento Humano... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 97

Caros leitores, esta é uma edição especial e comemorativa. Ela marca os oito anos desta caminhada, iniciada em uma viagem que fiz a Canela, no Rio Grande do Sul, para participar de uma formação em Storytelling, que também já foi tema de um dossiê. Naquela ocasião, já com minha consultoria há 5 anos, pensava em minha vida e carreira, e sentia que havia um espaço a ser... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 96

Caros leitores, em seu artigo, Carolina Messias e Michelle Prazeres citam o sociólogo francês Philippe Zarifian, que conceitua o termo “comunicação autêntica” como: “um processo pelo qual se instaura uma compreensão recíproca e se forma um sentido compartilhado, resultando em um entendimento sobre as ações que os sujeitos envolvidos são levados a assumir juntos ou de maneira... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium