revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #17 - Outubro 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

A Psicologia Positiva e o Coaching de Bem-Estar

"Quando passei pelo portão, percebi que, se continuasse a odiar essas pessoas, continuaria na prisão."
Nelson Mandela


Segundo a Psicologia Positiva, o Bem­-Estar alcançado é:

- 50% Genético
- 40% Atividades Cotidianas Intencio­nais (ACI)
- 10% Circunstâncias

Em relação ao que é genético, o Coaching nada pode fazer, portanto o Wellness Coach preparado deve concentrar-se nas Atividades Cotidianas Intencionais (40%) e apoiar o seu Coachee para as Circunstâncias não controláveis (10%).

Segundo Lyubomirsky, S. (2008), ao mudar o que fazemos (comportamen­to) e o que pensamos (cognição), po­demos obter maior Bem-Estar. Para que isto ocorra precisamos de novos meios para empregar pensamentos e comportamentos (atividades inten­cionais) na conquista de nosso Bem­-Estar. Tornar-se mais feliz de forma duradoura, requer mudanças que exi­gem esforço e compromisso diário.

Um processo de Wellness Coa­ching (Coaching de Bem-Estar) é mais do que definir um nú­mero de objetivos e a forma de acompanhar e prestar contas para o alcance desses objetivos.
Wellness Coaching é sobre criar o tipo de vida que você quer vi­ver e que melhorará o seu Bem­-Estar. Para isso, o Coachee deve focar no comportamento para atingir planos concretos de ação e rastreamento; mas como Coach, ser muito amplo e sistêmico na visão do seu Co­achee e na forma de apoiá-lo para um novo olhar para a vida como um todo e todas as inter­conexões existentes.

Em nossas experiências como Wellness Coaches, temos per­cebido e experienciado que de­vemos apoiar o nosso Coachee para a ampliação da consciência dele sobre Vida Plena, quan­to e de que forma ele preten­de viver o seu Bem-Estar ... “O que quero e preciso mudar na minha vida atual para atingir o Bem-Estar em minha vida?”

O segredo está nas atividades intencionais – 40% do que faze­mos e o que pensamos. Pessoas felizes agem (procuram novas interpretações, realizações e li­dam com suas ideias e sentimen­tos, com esforço sustentado. Se o Bem-Estar aumenta, o esforço sustentado é retroalimentado.

Todas as estratégias para au­mentar o Bem-Estar e melhorar a saúde têm algo em comum: ter metas por si só está associa­do à felicidade e à satisfação. O Bem-Estar reside no que se faz, no que se pensa e nas metas que estabelecemos a cada dia.

Diagnóstico de Ajuste das Ati­vidades à Pessoa

Para que a pessoa tenha êxito no programa é preciso ajustar as atividades (interesses e valo­res), desenvolvendo motivação autodeterminada – perseguir um objetivo que esteja funda­mentado em interesses e valo­res. (Dickerhoof, 2007; Sheldon e Lyubomirsky, 2006).

Formas de ajustar as estraté­gias para aumento do Bem-Es­tar (Oxford):

  • Lidar com a ausência do Bem-Estar;
  • Reforçar os Talentos para o Bem-Estar;
  • Ajustar ao Estilo de Vida.

Certas atividades para au­mento do Bem-Estar podem abordar problemas específi­cos e/ou áreas carentes. Uma pessoa pessimista pode be­neficiar-se do cultivo do oti­mismo, assim como pessoas com colesterol alto podem e devem exercitar-se.

Trabalhar com as forças, ta­lentos e objetivos pessoais. Pessoas voltadas para a rea­lização podem beneficiar-se trabalhando com metas ou esportes desafiadores (ati­vidade/corpo), assim como uma pessoa criativa pode ex­pressar gratidão pintando ou fotografando.

Adaptar as atividades de Bem-Estar escolhidas ao seu estilo de vida.

Se meditou a vida inteira, pode aprender nova forma de me­ditação. Se tiver uma vida agi­tada e lhe falta tempo, pode escolher atividades que não tomem tempo adicional.

Definindo Wellness

well = bem e ness = estado de espírito, forma de ser.

Para ler este artigo completo...
Faça login ou conheça as vantagens de ser premium.
Faça seu login Veja as vantagens de ser Premium
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Imunidade à Mudança e Carreira

A imunidade à mudança e a velocidade na carreira.  Velocidade! É a palavra que eu mais ouço dos coachees quando uso a ferramenta ITC – Immunity to Change, elaborada por Robert Kegan e Lisa Lahey. Velocidade para chegar ao lugar que realmente trava o movimento necessário para que a mudança desejada aconteça. Tive meu primeiro contato com a ferramenta em 2014 num evento organizado... leia mais

13 minutos

Espiritualidade, organizações e pandemia

Espiritualidade A espiritualidade é fundamental na vida das pessoas e das organizações! Mas... esta afirmação é vista muitas vezes com desconfiança e pouco útil para a vida prática. Organizações precisam atender aos seus clientes, devem gerar resultados, e o lugar da espiritualidade é nos templos religiosos! Esta é uma típica reação que encontraremos ao abordar o tema. O... leia mais

13 minutos

Coaching Baseado em Pontos Fortes

A abordagem do coaching de Pontos Fortes vem sendo desenvolvida pela Gallup há décadas, baseada no sonho de Don Clifton de que pudéssemos olhar cada ser humano a partir do que tem de melhor. E tal abordagem vem revolucionando a forma como as pessoas pensam sobre desenvolvimento humano, profissional e empresarial. Talentos e Pontos Fortes O coaching orientado pelos pontos fortes dos... leia mais

13 minutos

Pen It!: Fazendo amizade com nossas vulnerabilidades.......em uma página

{"Escrevo inteiramente para encontrar o que estou pensando, o que estou vendo, o que vejo e o que isso significa, o que quero e o que temo"} Joan Didion [1] Ficar cara a cara com a nossa própria vulnerabilidade faz parte da jornada de cada pessoa ao logo da vida. O que fazemos quando estamos nesses pontos sensíveis tem sido o material para grandes poesias, filmes, músicas e histórias ao... leia mais

13 minutos

O Trabalho do Terapeuta Organizacional com base na AIT

Você acha que é possível se permitir sentir quando está trabalhando? Esta pergunta pode parecer ter uma resposta óbvia, e esta resposta vinda de sua mente poderá ser: “sim”. O que fico aqui me perguntando é que se isso parece tão óbvio, para muitos de nós, por que majoritariamente o ambiente organizacional tem se mostrado um contexto frio, insensível, composto de pessoas usando... leia mais

12 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium