revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Edição #11 - Abril 2014

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Editorial

Nesta edição, tratamos do Coaching utilizado no universo das Empresas Familiares. Este é um tema por demais importante, visto que 90% das empresas são familiares. Pequenas, médias e grandes, os problemas associados aos laços familiares também aumentam conforme cresce o porte, faturamento e as expectativas dos fundadores e dos herdeiros.

Estatísticas realizadas no Brasil e no mundo mostram que de cada 100 empresas familiares abertas, 30 sobrevivem à segunda geração e somente 15 à terceira e quarta. Várias são as oportunidades de trabalho para o coach em ambientes familiares. Nesta edição preparamos um dossiê especial que aborda as várias facetas que este tipo de negócio proporciona, com ênfase para os negócios de médio e grande porte, onde o impacto da transição geracional é grande.

Eva Hirsh Pontes escreve sobre a saída de cena dos fundadores, um processo que muitas vezes é doloroso para quem sai e traumático para quem entra. Entre decidir sair e sair, há uma grande distância. Eduardo Najjar, amigo há muitos anos e especialista nesta área, escreve sobre o processo de sucessão com especial atenção para a entrada dos herdeiros. Patricia Müller Buzolin escreve sobre a preparação dos herdeiros para a vida, algo muito mais amplo do que simplesmente colocar o foco na sucessão.

Josenice Blumenthal encerra este dossiê, e trata da separação de papéis entre família e negócios, essencial para a saúde tanto da empresa como das pessoas e das relações afetivas envolvidas.

Lúcia Navarro continua a detalhar os tipos psicológicos e nesta edição nos traz Sensação e Intuição.

Na seção Ponto de Venda, Lucila Ferraz Marques inicia uma série de artigos e nesta edição fala sobre a construção de sua marca. Três excelentes artigos na seção Para Refletir para você viajar nos pensamentos.

Carlos Legal nos brinda com mais um lindo artigo na seção Eu cada vez melhor, desta vez falando sobre equanimidade, um grande desafio para nós, ocidentais, especialmente quando inseridos no mundo da processualidade, onde o faturar, pagar contas, ter mais e fazer sucesso ganha tanto espaço de nossas vidas.

Que você tenha uma excelente leitura, muitos insights e que sua atuação como coach seja cada dia mais consciente e transformadora.

Luciano Lannes
Editor

Artigo publicado em 15/05/2017
Gostou deste artigo? Confira estes da mesma coluna:

Editorial - Ed. 100

Caros leitores, tenho tanto a compartilhar, falar, comentar, e ao mesmo tempo, um cansaço me invade a alma. Vivemos em uma sociedade que cultua a felicidade fácil, eterna, incondicional, que até originou o termo felicidade tóxica. Vivemos os tempos do empreendedorismo rumo ao sucesso, onde em vídeos e textos, experiências fantásticas são compartilhadas, do zero aos múltiplos... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 99

Caros leitores, falar sobre Burnout é muito importante, ainda mais em tempos de confinamento, isolamento social e uma sobrecarga de trabalho cada vez mais relatada e comentada. Quando defino um tema para o dossiê, o primeiro passo é eleger quem fará a coordenação, função mais que fundamental, pois esta figura, além de notório saber sobre o assunto, necessariamente precisa possuir... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 98

Caros leitores, foi no dia 26 de fevereiro de 2021 que Christine Bona De Napoli, em uma conversa que tivemos no WhatsApp, me propõe um dossiê sobre Codesenvolvimento. Começamos a papear,  e ela, apaixonadamente, começa a falar sobre a metodologia, origem, fundadores e as possibilidades que esta abordagem pode trazer para o mundo do Coaching e de quem trabalha com Desenvolvimento Humano... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 97

Caros leitores, esta é uma edição especial e comemorativa. Ela marca os oito anos desta caminhada, iniciada em uma viagem que fiz a Canela, no Rio Grande do Sul, para participar de uma formação em Storytelling, que também já foi tema de um dossiê. Naquela ocasião, já com minha consultoria há 5 anos, pensava em minha vida e carreira, e sentia que havia um espaço a ser... leia mais

4 minutos

Editorial - Ed. 96

Caros leitores, em seu artigo, Carolina Messias e Michelle Prazeres citam o sociólogo francês Philippe Zarifian, que conceitua o termo “comunicação autêntica” como: “um processo pelo qual se instaura uma compreensão recíproca e se forma um sentido compartilhado, resultando em um entendimento sobre as ações que os sujeitos envolvidos são levados a assumir juntos ou de maneira... leia mais

3 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium