revista-coaching-brasil-logo-1 icon-bloqueado icon-busca icon-edicoes icon-login arrow-down-sign-to-navigate

Blog

Localize rapidamente o conteúdo desejado

Os 3 grandes segredos dos coaches bem-sucedidos

Luciano S. Lannes Por Luciano S. Lannes em 13/07/2020

Dia desses conversava com alguns amigos da área, que produzem excelentes conteúdos, sobre as características das pessoas que buscam atualização na internet. Sabemos que atualmente temos uma avalanche de conteúdos, seja em textos, áudios ou vídeos. Com este volume massivo de informação as pessoas se sentem perdidas frente a tanta oferta, que acaba ocorrendo uma imobilização. 

Também vem um sentimento de impotência, de real consciência da incapacidade física de sorver e absorver nem uma pequena parte disto. Frente a esta situação o que fazer, então? 

Acabou nascendo um movimento de criação e consumo de conteúdo em pílulas, seja em frases, pequenos vídeos ou micro textos. A justificativa vem dos afazeres do dia a dia não nos permitir o luxo de sentar para nos deleitarmos com um bom texto. Coisas da vida moderna. 

Mas será mesmo? 

Nosso papo prosseguiu sobre como isso nos afetava pessoalmente e das estratégias que cada um adotava para selecionar o que ler, dentre tanta oferta. Dali fomos para as interações que tínhamos com outros profissionais da área de Coaching. Começamos a falar sobre a superficialidade com que a maioria trata de metodologias, teorias e conceitos, limitando-se a citar o autor e umas duas linhas sobre. Boa parte passa anos praticando sua profissão com base no que aprendeu em sala no primeiro, e muitas vezes, único curso de formação. Quando indagados sobre algum aspecto específico, o som é de “Cri, cri, cri, cri”. Silêncio, ou uma mudança no rumo da prosa, como diria o caipira, ou pior, saia algum absurdo que deixava muitos até constrangidos.  

Então mudamos o foco para as pessoas com as quais tínhamos gosto de conversar. O que havia ali, que era tão legal, que não víamos o tempo passar? Notamos que havia algo em comum com todas estas pessoas. São profissionais que respeitamos, e por este conceito, os consideramos bem-sucedidos, no sentido do reconhecimento pela comunidade e pares. Imediatamente quase que falamos juntos: “eles adoram ler e leem muito”. E o mais interessante, é que não é aquela leitura de síntese de orelha de livro, é de capa a contracapa. Chega a dar vergonha. 

Ficamos lembrando do rosário de citações de artigos, livros e autores que costumam fluir nas conversas, que longe de querer exibir ou ostentar um saber, passam pelo legítimo encantamento com a ideia ou conceito que o tal autor havia criado ou sistematizado. E como um conceito vai puxando outro, e uma coisa está ligada a outra, quando se lê muito sobre uma determinada área, passa-se a crer que aqueles autores devem ter um lugar secreto onde se encontram enquanto dormem, e que também se encontram com aqueles que já partiram. Só pode ser.

Dai vem o primeiro segredo, que nada tem de segredo. 

“Eleger fontes confiáveis de conteúdos, e criar um tempo de qualidade para uma leitura tranquila, focada e analítica.”

Prosseguindo no papo, que estava muito bom, procuramos por mais um elemento em comum entre eles. Encontramos de pronto: a facilidade e prontidão com que atendiam a uma solicitação, fosse para escrever um texto, gravar algo, participar de live ou simplesmente trocar ideia no fone. Em tempos de pandemia de lives, onde diariamente vemos um mar de falatórios rasos, por vezes até apelativos com scripts manjados, estas pessoas especiais se destacam no compartilhar a ideia na raiz. Ao fazerem uma citação, trazem e enaltecem o autor. Não se apropriam do que não foi criado por eles, mas costuram com maestria conversas que os autores nunca tiveram, alguns por estarem separados até por alguns séculos. 

Sacamos mais um segredo, que nem o é. 

“Gosto pelo saber e alegria e prontidão em poder compartilhar, contribuir, servir.”

Papo vai, papo vem, veio a terceira sacada. Notamos que outra coisa comum era ouvir dessas pessoas algo do tipo: 

“De onde saiu isso?”, 

“Não sabia! Que incrível”,

“Me passa esse autor, esse título, esse livro, esse link”, 

“Me fala mais disso, tô amando…”.  

Absoluta e espontânea cara de surpresa ao ouvir algo muito legal pela primeira vez. Cara de criança que viu brinquedo novo na loja. É a tal da humildade intelectual, que vem da certeza de ter acessado até hoje apenas algumas folhinhas da imensa árvore do conhecimento, e parece (parece não, é certeza), que a árvore cresce um monte a cada dia. Nunca vamos ver a árvore toda, mas aquelas folhinhas encantam, por talvez trazerem, cada uma a sua forma, uma projeção do todo. 

Terceiro segredo desvendado, que muitos já sabem de cor. 

“Quando não souber, diga que não sabe, e encante-se com as novas descobertas.”

Neste caminhar da Revista Coaching Brasil, tive a honra e prazer de conhecer e me encantar com muitas pessoas assim, competentes, humildes, colaborativas, empáticas, disponíveis, acessíveis, prestativas, e segue a lista. 

Quando produzimos cada edição, pensamos muito em nosso público cativo, que aprecia e se deleita com o reencontro com os autores já conhecidos, e se encanta com os novos convidados, que trazem novos ares, novas perspectivas, pessoas, que como brinco, nem sabíamos que haviam nascido. 

Pensamos também nas pessoas que podem deixar esta bolha de ignorância revestida de uma fina camada de títulos sem lastro e frases prontas,  que se orgulham em dizer que não tem tempo para ler, que possam descobrir que em poucos minutos de leitura, que não lhes custa a vida, podem deixar o porto seguro e entrar em mares nunca dantes navegados. Quiçá, surpreendam-se com os novos ares, e que este novo mundo repleto de mais perguntas do que de respostas, não lhes seja tão árido, e que possam ter a curiosidade despertada para novas aventuras. 

Encontre nossos autores aqui. e explore suas obras acolá

Quer conhecer novas terras? Adquira seu ticket

O cadastro grátis é como um passeio de pedalinho pelas margens, o que te dará uma visão excelente do foco, profundidade, qualidade e autoridade dos autores, e principalmente as sacadas que cada conversa com um dado autor pode lhe proporcionar. 

A assinatura PREMIUM te dá lugar na primeira classe, acessando todo nosso conteúdo desde 2013. Como a maioria das ideias e conceitos são atemporais, você terá um vasto repertório de textos para se aprofundar, tirar dúvidas, e ampliar seu repertório de conhecimento. 

Vamos juntos?

Veja mais:

João não sabe se dá conta de fazer coaching porque está muito abalado

Por Ana Pliopas, PhD, MCCCoach executiva e de carreira, professora universitária e pesquisadora, supervisora de coachesana.pliopas@icloud.com Nosso coach João nos traz o seguinte caso Sempre busquei cuidar de mim e me considero uma pessoa emocionalmente equilibrada, entretanto, em meio à pandemia do COVID19, estou muito ansioso: não desgrudo das notícias, a perda financeira em meus... leia mais

Março 2020
6 minutos

Coaching - guia prático para não falar bobagem

O nome completo deste texto é "Coaching - guia prático para não falar bobagem e parar de chamar de Coaching o que não é". Cresce a cada dia o número de artigos, vídeos, podcasts falando sobre o Coaching, ou fazendo citações e comentários. Como é um tema que tem ganhado repercussão, jornalistas de vários veículos da mídia, produtores de conteúdo, influenciadores digitais estão... leia mais

Março 2020
32 minutos

Em que margem do rio você está?

Olá, eu tenho me dedicado ao estudo e a prática do Coaching nos últimos 12 anos, sendo que há 6 edito a Revista Coaching Brasil.  Esta vontade de fazer uma revista sobre Coaching nasceu da minha missão de compartilhar conhecimentos e apoiar pessoas verdadeiramente interessadas em desenvolvimento pessoal.  É muito gratificante receber um feedback de que o conteúdo de um... leia mais

Fevereiro 2020
9 minutos

O que fazer quando a informação abunda?

Lembra quando você era criança e precisava fazer um trabalho para a escola? Possivelmente, como para a maioria naquela época não havia internet, você fazia suas pesquisas nas enciclopédias. Conhecer, Barsa, Larousse Cultural, Ciência Ilustrada e a lista vai.... Embora a enciclopédia completa tivesse muitos volumes que adornavam nossas salas, parecia que todo o conhecimento do... leia mais

Fevereiro 2020
5 minutos

Aqueles nove anos poderiam ter sido seis meses

Muitos já conhecem um pouco de minha história. Trabalhei em uma grande multinacional alemã por 20 anos, antes de sair para montar meu próprio negócio na área de desenvolvimento humano. Aos olhos da família e amigos um exemplo de sucesso e conquistas. Aos olhos de meus pais, em particular, ambos funcionários públicos, a certeza de uma vida segura, estável e feliz. Aos vinte e um anos,... leia mais

Janeiro 2020
12 minutos
O melhor conteúdo sobre Coaching em língua Portuguesa
a um clique do seu cerébro
Seja Premium